...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

sábado, 14 de agosto de 2010

Agosto 2010, astrológico e numerológico 2

O mês inicia com o Sol em Leão e a Lua em Áries, no finalzinho da fase Cheia.

A configuração de aspectos tensos formada pelos planetas lentos continua desafiando a paciência dos pobres mortais. Nos signos Cardinais, seu efeito é rápido, impulsivo, dá uma tendência a avançar sem pensar nos custos.

Antes de tudo, estamos todos no mesmo barco: a nave mãe Terra.

Em Áries, a conjunção de Júpter e Urano quer iniciar coisas novas, proporciona uma visão de futuro e tem pressa, quer colocar na prática as ideias geniais e os insights de futuro que lhe acompanham.
Em Libra, Saturno e Marte, com uma rápida passagem de Vênus, desafia essas ideias arrojadas com muita burocracia, regras e detalhes que não combinam com a sensação de urgência que paira no ar.

Sem contar que Urano e Saturno (o “novo” e o “velho”) estão no auge do seu ciclo, num impasse do tipo “ou vai agora ou não vai mais”. A passagem de Marte intensifica essa luta ainda mais, pois ao desafiar Júpter traz consigo a falta de limites e os exageros de muitos tipos. O resultado disso é uma espécie de rigidez mental que não aceita críticas, apressada, com a certeza de estar com a verdade na mão, disposta a não ouvir nenhum ponto de vista diferente nem considerar outra hipótese senão a sua própria.

Pra melhorar um pouco, Plutão em Capricórnio participando dessa grande configuração, quadra os dois pólos, ou melhor: desafia ao mesmo tempo Urano e Júpter em Áries e Saturno e Marte em Libra. E ele vem com aquele vontade de controlar, dominar, acumular e ditar a lei. Para conseguir isso, trará à tona velhas mágoas e todos os podres que puder encontrar no passado, nas hierarquias, nas estruturas de poder e organização da vida.

E o signo de Câncer, o último afetado dos 4 Cardinais, recebeu o eclipse do Sol, comentado no mês de julho.

As sugestões para julho ainda estão valendo: perdoar, seguir a vida, não se prender a mágoas e assuntos intermináveis do passado, usar de sensibilidade ao lidar com as pessoas..

É complicado lidar com tantas energias fortes atuando ao mesmo tempo.

Muito tem se falado a respeito dessa configuração, referindo-se ao final dos tempos.

Com tanta coisa chocante acontecendo em tantas partes do planeta, temos a impressão de que “os tempos” estão no fim mesmo. Estamos terminando um ciclo. Esses acontecimentos chocantes, infelizmente, não são novidade, eles já acontecem há séculos. Plutão está fazendo uma faxina geral nas energias corrompidas e, para isso, traz à tona tudo o que é sujo, feio, insuportável. O objetivo de Plutão não é chocar, é limpar, mudar, transformar.

Nós só podemos mudar aquilo que conhecemos.

Enquanto as coisas ficam ocultas, nada muda.

E Plutão em Capricórnio exigirá mudanças estruturais e radicais da humanidade, se quisermos sobreviver.

Plutão traz também aqueles tesouros ocultos (veja no texto dos 12 Trabalhos de Hércules, o Trabalho do Signo de Escorpião). E junto com acontecimentos terríveis, estaremos descobrindo tesouros internos talvez de solidariedade e fraternidade, que estavam soterrados pelo consumismo, ganância e ilusões.

Plutão é vida e morte, sobrevivência. E embora não traga de imediato aquela sensação de urgência que vem com Áries, Marte ou Urano, mexe com a sobrevivência, algo fundamental. E trabalha lentamente, parece até sem importância no início, porque não gosta de aparecer, trabalha no submundo, invisível, oculto. Quando se mostra, exige uma tomada de decisão forte e mudanças duradouras.

Por isso, repito, aquele velho conselho continua valendo: tenha paciência, tente perdoar, siga a vida numa boa, corrija o que for possível, e esqueça aquilo que não é mais possível corrigir.

Lua Minguante acontece a 03/08, terça-feira, 1:58h, Sol em Leão e Lua em Touro.
O ciclo de lunação fecha com uma necessidade de segurança, representada pela Lua em Touro. Netuno, lá em cima do Meio do Céu traz muita ilusão, alguns enganos e uma vontade grande de sonhar.
Os planetas lentos estão todos em movimento retrógrado, com exceção de Saturno, mostrando uma tendência a reconsiderar posições, refazer coisas, consertar. Tendência a gastar loucamente o dinheiro, com a ilusão de que mais dinheiro aparecerá milagrosamente na conta bancária.

Lua Nova acontece a 10/08, terça-feira, 0:07h, Sol e Lua em Leão.
Favorece a busca do conhecimento de si mesmo, pois a lunação acontece na casa 4.
Mercúrio em Virgem, único planeta não desafiado nesse mapa, sugere que uma boa comunicação, aperfeiçoamento técnico, muito trabalho e persistência, bem como a atenção aos detalhes trarão economia de tempo e nos aproximarão mais de nossas metas.
Vênus domiciliada em Libra, está mandando na grande configuração, sugerindo mais diálogo e equilíbrio. O envolvimento pessoal em situações conflitantes não deve ser confundindo com envolvimento emocional. Podemos nos envolver pessoalmente na solução de conflitos sem permitir que nossas emoções sejam prejudicadas, se conseguirmos manter aquela postura de neutralidade, um pouco de distanciamento, enquanto buscamos uma solução possível.
A busca por segurança continua sendo muito importante, já que o Ascendente é Touro. Aquário no Meio do Céu pressupõe que mudanças estão por aí, e pede mais fraternidade.

Lua Crescente em 16/08. segunda-feira, 15:13h, Sol em Leão e Lua em Escorpião.
Turbulência, ainda a necessidade de segurança, dessa vez o Ascendente é Capricórnio, indicando que a tendência é buscar a segurança no passado, na família, naquilo que já é conhecido e tradicional. Vontade de não mudar nada, deixar como está. As mudanças estão vindo de dentro para fora, com Áries na casa 4.
Favorece a vida interior e o auto conhecimento.
Cuidado com os exageros financeiros e aquela sensação que seu cartão “mágico” vai dar conta de tudo o que você quer ou vê.
Meio do Céu em Libra com Saturno, Marte e Vênus, mostra rupturas e separações na vida pública, envolvendo governos ou pessoas famosas, políticos, etc. Necessidade de fazer acordos difíceis de se por em prática, para o bem de todos.
Mercúrio em Virgem continua sendo o único não desafiado e que atua de maneira mais positiva, ou seja: ser prático, eficiente, usar a inteligência, não perder tempo com bobagem, procurar ser útil aos outros, dar atenção aos detalhes, cumprir suas obrigações e ser humilde.
Será que conseguimos?

Lua Cheia em 24/08, terça-feira, 14:04h, Sol em Virgem e Lua em Peixes.
Os signos envolvidos pedem para equilibrar o Sagrado e o Profano, o que é do mundo e o que é do astral, ou ainda: a matéria e o espírito.
Um necessita do outro para sobreviver. O espírito anima a matéria enquanto a matéria realiza o espírito. Cá entre nós, é uma troca justa.
O Ascendente em Capricórnio ainda busca segurança (precisamos mesmo).
As configurações tensas dos planetas lentos continuam a pleno vapor, e tudo o que foi escrito no início continua valendo para esse período também.
Os relacionamentos e a capacidade de fazer acordos serão muito importantes, enquanto Mercúrio exaltado em Virgem continua positivo, porém solitário, insistindo que ser produtivo e eficiente sem chamar muito a atenção, cumprindo suas obrigações e sendo útil aos outros ainda é muito bom.

E assim passa o mês de Agosto, exigindo superação em vários níveis.
A Lua Minguante acontecerá em 01/09, de maneira que só fecharemos esse ciclo no próximo mês.

Na Astrometeorologia, o clima continua louco. Plutão em Capricórnio mexe nas entranhas da terra, movimentando placas, rochas, montanhas, vulcões, como estamos percebendo. Júpter e Urano em Áries trazem acontecimentos rápidos e fortes vindos do céu, tipo tempestades e raios. Saturno em Libra poderia ser um “frio equilibrado” ou um “calor harmonioso” (onde é verão), pois estará buscando o equilíbrio das estações e do clima nesse signo, mas está desafiado demais por forças maiores, então teremos extremos. Entre Plutão, Urano e Júpter brigando, alguns dias “normais”, porque ninguém é de ferro.
Após a Lua Cheia parece que as águas se agitam novamente, seja em forma de chuvas abundantes ou mares revoltos. Os extremos parecem uma constante enquanto essa configuração tensa estiver se manifestando.

Em Numerologia, temos agosto/2010 como mês Universal 2 (dois) em conjunto com 11 (onze, Número Mestre).
Enquanto precisaremos conviver, fazer acordos e nos unir, estaremos vivendo também um período de solavancos onde é difícil de sermos bem interpretados. Onze é um número de grandes mensagens, insights, ideias renovadoras e visão de futuro, o número dos gênios. Tem uma energia difícil de conviver no dia a dia, não é nada prático e dificilmente é compreendido. Geralmente compreendemos sua mensagem somente algum tempo depois que ela já passou por nós.
Mas a energia do número Dois é sensível, busca intimidade, convívio com a família, segurança, aconchego, carinho.
Por isso, no dinâmico Três de 2010, agosto é um bom momento para diminuir o ritmo, refletir, pedir desculpas se isso for necessário, repetir toda a explicação novamente se isso também for necessário, cuidar da saúde, dar atenção às crianças e à família, rever aquele amigo ou amiga que você tanto gosta mas nunca tem tempo pra botar a conversa em dia.
Todas as atividades mais calmas e com menos público estão favorecidas, incluindo estudar, meditar, assistir todos os DVDs que tem em casa, ler, ouvir música, dormir, descansar, cuidar da casa, cuidar dos bichinhos de estimação, cuidar da saúde, ter aquela conversa importante em uma parceria de casamento ou negócios.
Para individualizar a Numerologia, compare com seus números pessoais em “Meses Pessoais” e “Ano Pessoal”.

Namastê.





Nenhum comentário: