...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

eclipse total da Lua, 27/09/2015

Temos eclipse total da Lua em 27/09/2015, domingo.
Será visível no Brasil, em todas as Américas, na África e na Europa.
A Lua Cheia acontece às 23:50h, em Brasília, com Sol a 4° Libra na casa 4 e Lua a 4° Áries na casa 10.
O eclipse inicia às 23:11h e termina a 00:23h do dia 28/09. O máximo do eclipse acontece às 23:47h.
Em astrocartografia, no Brasil, as linhas do Sol e da Lua cruzam o Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Luis do Maranhão, a linha do Nodo Norte cruza São Paulo e Brasília, a linha de Kíron cruza Manaus e a linha de Mercúrio cruza Fortaleza, locais onde seus efeitos tem mais tendência a se materializar.
Para o Brasil, no mapa do dia 02
a Lua oculta faz conjunção com Plutão natal na casa 5, enquanto Sol e Mercúrio lhe fazem oposição. Bons aspectos com Júpter natal na casa 6, enquanto Marte cruza o Meio do Céu. Mudanças de dentro para fora, quase impostas. Atuação forte do congresso, muita polêmica sobre leis, conquistas dos trabalhadores. Marte no Meio do Céu também indica ações fortes tanto vindas por parte do governo, quanto cobradas e/ou quase impostas. Com Plutão sendo tocado é difícil prever, já que Plutão se refere ao que está oculto, e também anuncia acontecimentos marcantes e transformadores, para o bem ou para o mal.
Esse mapa está bem mais difícil do que o outro, nos trânsitos. Com Saturno na casa 12, Plutão na casa 2, Netuno na casa 4, temos instabilidade financeira e insegurança por muito tempo. Urano na casa 5 e regendo a 3 mostra a força da comunicação, da internet e da tecnologia crescendo cada vez mais.

Para o Brasil, no mapa do dia 07:
Lua oculta em conjunção com Plutão natal na casa 2, enquanto Sol e Mercúrio lhe fazem oposição. Bons aspectos a Jupter e Lua natal na casa 4, enquanto quem está na casa 10 é Saturno. Simbolismo semelhante no que se refere aos planetas lentos: mudanças de dentro para fora, quase impostas, e a conjunção com Plutão indicando acontecimentos marcantes e transformadores, para o bem ou para o mal. Mas nesse mapa, ao invés de atuação forte, o congresso está em lutas de poder com a passagem de Plutão aí, enquanto Urano ingressando na casa 3 não deixa nada debaixo do tapete. As casas envolvidas, 2 e 8, levam a atenção principal para a situação financeira, que fica extremamente delicada, com chance de falências e inadimplência, muita briga aí. Os aspectos harmônicos à Lua e Júpter natais indicam conquistas e avanço para a população, apesar da crise. Porém essas conquistas e avanços estão ocultas na casa 8, sendo gestadas, portanto é para o futuro próximo, enquanto que financeiramente, apesar do bom aspecto da Lua, ela oculta na casa 2 simboliza que o dinheiro esperado ainda não vem. Mesmo assim, os aspectos benéficos à casa 4 e à Lua natal "poupam" o nosso povo sofrido de problemas ainda maiores.
A duração dos efeitos desse eclipse é de aproximadamente 1 mês, por 2 meses antes e 2 meses depois.
Para complementar, o simbolismo é o mesmo da Lua Cheia de 27/09, no post de setembro, não vou repetir aqui.

A Lua entra na penumbra às 21:12h, e na sombra às 22:07h. Sai da sombra às 1:27h do dia 28/09 e sai da penumbra às 2:22h.

No eclipse da Lua, ela é coberta (eclipsada) pela Terra que está entre a Lua e o Sol, num ângulo de oposição, próximo dos graus dos Nodos. (para maiores detalhes, veja o texto "Eclipse, o que é isso?")

Temos o passado, os instintos e emoções "soterrados" pelo ego, a visão de futuro, vitalidade e força física, e a vontade de obter sucesso.

Sol libriano ocultando a Lua em Áries desconecta da criança interior.
É possível que novos projetos, novas ideias e novos caminhos sofram atrasos e obstáculos temporariamente, sendo necessária uma profunda revisão antes de serem retomados.

Há tendência a frieza e falta de empatia, focando somente no "politicamente correto", nas aparências, na intenção de agradar, ser aceito, não levando em conta as necessidades internas: seguir a corrente, não importa o que esteja sentindo, sem questionar.

Discussões importantes a respeito de leis também devem dominar esses dias, já que Libra também se refere às leis.

Muita polêmica para provar quem tem mais razão ou menos, possivelmente sem chegar a conclusões ou acordos importantes ou muito inteligentes, pois Mercúrio, regente do mapa, está retrógrado e combusto, desfavorecendo a lógica.

Não é um momento bom para decidir coisas importantes, mas para seguir a maré, ir levando a vida da melhor maneira possível.

Ainda estamos sob efeito do eclipse solar anterior, então as coisas se misturam um pouco.
Os sentimentos e emoções que estavam sendo despejados quase que de maneira irresponsável, agora são duramente reprimidos e recalcados até o fundo do inconsciente.
A consequência disso é uma sensação de frustração, sem saber de onde vem.

A resposta a essa frustração pode vir agressiva, já que Urano, também em Áries, não fica oculto. E, mesmo retrógrado, insiste que é necessário fazer coisas novas e diferentes; retrógrado, parece "cobrar" o por quê isso não foi feito ainda.

A energia ariana não é destruída, mas ocultada, e continua buscando expressão de maneira invisível, enquanto o Sol libriano aponta para a tomada decisões importantes, fazer escolhas, sair "de cima do muro" e seguir o que é correto.

No dia 02/11/2015 os regentes do Sol e da Lua (Vênus e Marte) desse eclipse estarão em conjunção a 22/23° Virgem, próximos ao eclipse anterior, do Sol pela Lua, ocorrido a 20° Virgem.

Durante esse movimento (até início de novembro/2015), teremos os resultados mais importantes desses dois eclipses.

Até a conjunção de Vênus e Marte a 22/23° Virgem, Mercúrio (regente do eclipse anterior a 20° Virgem) fica retrógrado de 15 a 0° Libra e entra em movimento direto a partir de 09 de outubro (11:56h); ainda durante a conjunção Vênus/Marte, Mercúrio ingressa em Escorpião (no dia 02/11 às 4:06h).

Me parece um período bastante tenso, com necessidade de revisar muita coisa, consertar, dialogar e compartilhar também, buscando acordos e consenso com o objetivo principal de fazer a vida funcionar, além de buscar novos caminhos (Virgem, Libra e Áries).

Isso não me parece fácil, principalmente no período de Mercúrio retrógrado (17/09 a 09/10/2015) pois nesse período a comunicação fica muito difícil, tanto por não se expressar adequadamente quanto por não ser bem compreendido, além das intrigas e fofocas que esse movimento costuma causar, principalmente quando as pessoas estão em baixo nível espiritual.

É importante manter em ordem tanto a vida interior, como os papéis e a burocracia, as gavetas e as máquinas, dando um passo de cada vez, para não acumular probleminhas que depois viram problemões.

Isso tende a aliviar a partir do momento em que Mercúrio, já direto, passa do seu ponto de retrogradação, a partir de 24 de outubro, quando a comunicação já está mais clara e a tendência natural passa a ser entrar em acordo com as pessoas, ou pelo menos os acordos estarão mais fáceis, já que depois dessa data Mercúrio também sai da quadratura que fará com Plutão e da oposição com Urano (mais escândalos e agitação).

Então.. obstáculos à vista novamente, principalmente ligados à comunicação.

Decisões importantes deveriam ser deixadas para depois.

Na época da conjunção Vênus/Marte, com Mercúrio entrando em Escorpião, decisões importantes provavelmente serão tomadas, e veremos o resultado mais prático desse período.

Esses dias tensos e confusos servem principalmente para revisar a vida, as decisões que precisamos tomar, as escolhas que queremos, e as opções que temos. São tempos de muito aprendizado (outro assunto de Mercúrio).

Acima de tudo, é preciso ter cuidado com a pressa, aquela vontade de resolver tudo no mesmo dia (passa anos parado e depois sai correndo com pressa.. questione isso).

Também é bom cuidar com as palavras, com a possibilidade de ser mal interpretado e a tendência de falar sem pensar. Mais do que isso, ser coerente.

Durante esse período, em 23 de setembro, teremos o equinócio de Primavera no hemisfério Sul (Outono no hemisfério Norte) que geralmente também marca mudanças, pois inicia e termina ciclos.

Não precisamos temer nenhum eclipse, mas fluir com a energia.

As pessoas com Sol, Lua, Ascendente ou outros pontos pessoais importantes do mapa natal a 20° Virgem, 20° Peixes, 4° Áries e 4° Libra (com orbe de 5° para mais ou para menos) sentem mais a intensidade desses eclipses, de acordo com os planetas tocados e as casas que eles ocupam e regem.
E apesar dos aspectos desafiantes, se o eclipse formar aspectos harmônicos em seu mapa, está indicando boas oportunidades de mudanças e benefícios.

A nível geral, é necessário prestar mais atenção na comunicação, organizar e consertar o que for necessário, descarregar energia física para não se intoxicar com agressividade recalcada, buscar empatia e compreensão nas situações, e equilibrar isso com suas necessidades individuais.

É importante buscar esse equilíbrio entre as necessidades individuais e as necessidades coletivas, assunto do eixo Áries/Libra.

Durante o período do Sol em Virgem é tempo de aparar as arestas do ego leonino, plantar sementes, gestar nossas ideias e usar a poderosa energia virginiana para reequilibrar o caos no planeta.

Quando entra em Libra, o Sol direciona para "passar entre as duas grandes linhas de força" (ver texto do Mês de Libra), quando nascemos como parceiros e precisamos conviver, observamos que não estamos sozinhos, que só sobrevivemos em grupos, e precisamos dar mais atenção à vida social e à atuação conjunta.

Mas em Libra precisamos tomar uma decisão muito importante: vamos para Escorpião ou voltamos para Virgem? Ou vamos ficar perdendo tempo no “olho por olho e dente por dente” da corrida pelo equilíbrio dos pratos da balança?
O eclipse em Libra/Áries reforça essa necessidade de se posicionar perante a vida, tomar decisões.

Temos todo o período da passagem do Sol por Libra para refletir sobre isso, e é importante que tomemos decisões sim, mas com bastante reflexão antes, já que nesse ano as energias estão quase caóticas, como se estivessem testando nossa capacidade de resistência, de bom senso e equilíbrio interno.

No coletivo, isso reflete na imagem de líderes isolados e fortes x governo de união de forças, ou grupos. Confrontos entre governo e população. Questionamento da ordem e das hierarquias. Mudanças nos rumos do governo. Acontecimentos climáticos e políticos fortes.

Além disso, devido a Lua eclipsada reger a casa 2, reflete novamente na situação financeira, com instabilidades, falências, inadimplência, "apagões financeiros", perdas.



Esse eclipse pertence à série Saros 137 de eclipses lunares. O primeiro da série aconteceu em 17/12/1564 no eixo Capricórnio/Câncer, e o último acontecerá em 20/04/2953 no eixo Touro/Escorpião. Se move do Sul para o Norte.
Composta de 78 eclipses, o atual é de número 26.

Na série saros 137 o primeiro eclipse (17/12/1564) ocultou a Lua em Câncer, e o último (20/04/2953) ocultará a Lua em Escorpião, os dois parcialmente visíveis no Brasil, o primeiro no fim do eclipse e o segundo no seu início.

Duas Luas de Água sombreadas por Terra.
Iniciou no Sul , onde as coisas terminam, sombreando os instintos de segurança, aconchego, intimidade e proteção em detrimento da organização social, do status, do dever.
E terminará no Norte, onde as coisas começam, sombreando os instintos mais agressivos do ser individual em detrimento da vida prática e da segurança.

Faz um caminho contrário, do fim para o começo, mostrando um potencial para gerar algo novo e, ironicamente, começa reprimindo a necessidade de segurança para terminar enfatizando essa mesma necessidade.

Saturno, o Senhor do Tempo, é o único planeta a dar uma assistência benéfica nesse eclipse.
Ingressando em Sagitário, o Velho Mestre que é tão apegado ao passado, aponta para o futuro, para a abertura da mente, a busca de conhecimentos.
Chama para o dever, a lei, o respeito às hierarquias e regras da sociedade, além de estimular o crescimento pessoal e o intercâmbio com pessoas de culturas, raças, religiões, ideias ou costumes diferentes dos nossos.

Saturno está em sextil com o Sol e trígono com a Lua contribuindo com um pouco de estabilidade nesses dias turbulentos, estabilidade baseada na capacidade de seguir em frente, se adaptar às mudanças e necessidades atuais e ter esperança no futuro, temas sagitarianos, território que ele está ingressando.

Mostra a opção da paciência, do estudo, da busca de mais conhecimento antes de tomar decisões importantes e principalmente da visão que abrange o conjunto das situações, tomando as responsabilidades futuras pelas consequências de nossas escolhas, sejam elas quais forem.
Namastê.


terça-feira, 8 de setembro de 2015

eclipse parcial do Sol 13/09/2015

Em 13 de setembro/15, domingo, teremos um eclipse parcial do Sol por ocasião da Lua Nova. A Lua Nova acontece às 3:41h.
O eclipse inicia a 1:42h (horário do Brasil) e termina às 6:06h, com seu máximo previsto para 3:54h.
Não será visível no Brasil, mas ao Sul da África, sul de Madagascar, sul do Oceano Indico e na Antártida.
No eclipse do Sol, ele é coberto (eclipsado) pela Lua.
Conforme já expliquei em outro texto ("Eclipse, o que é isso?" republicado para facilitar explicações), com o Sol oculto, a força maior será da Lua, emocional, instintiva subconsciente.
Os efeitos desse eclipse serão de 4 meses e meio, principalmente nos locais onde ele for visível (ao Sul: sul da África, sul de Madagascar, Oceano Indico e Antártida), mas também nos mapas das pessoas ou países em que o eclipse formar conjunção ou oposição.

O grau é 20° Virgem.
Observe no seu mapa se tem planetas pessoais ou fortes nesse grau ou próximo dele (numa orbe de no máximo 5 graus para mais ou para menos).
Observe também a casa do mapa onde o eclipse se situa, no seu mapa natal, será uma casa importante, e terá reflexos na casa oposta também.
Observe também o grau 20 de Peixes (com orbe de 5 graus para mais ou para menos), já que a oposição também funciona com força.

Já comentei a Lua Nova de 13/09 no post do mês de setembro, e o simbolismo é o mesmo, acrescentando a força do eclipse. Se quiser aprofundar, junte os dois significados.

Bem, é um eclipse parcial, está no Nodo Norte, em oposição próxima de Kíron e quincuce com Urano.

A primeira coisa a observar é que estará forte a energia emocional e subconsciente: tendência a agir e reagir de maneira automática, instintiva, emocional e buscando segurança.

A Lua, forte no Nodo Norte, e regendo o Ascendente, estará levando as atenções para o passado.
Em Virgem, a tendência será cobrar o passado, esmiuçar em detalhes, tentar consertar o passado.
Racionalmente, sabemos que não é possível modificar o que já aconteceu.
Podemos, sim RE SIGNIFICAR o acontecimento para nós: no caso da Lua em Virgem, purificar e organizar a experiência dentro de nós mesmos.

Não caia na armadilha de se mudar para o passado e tentar viver por lá.

Outro simbolismo desse fenômeno é que as emoções ficam mais fortes e buscaremos compreender e analisar o que sentimos.
De alguma forma será mais tranquilo lidar com as emoções devido ao apoio, mesmo distante, recebido de Saturno (que tende a estabilizar e colocar o pé no chão), através de um sêxtil um pouco distante (9 graus), mas aplicativo.

Esse apoio de Saturno pode se manifestar em buscar apoio no outro, já que Saturno está ainda em Escorpião. Nos seus graus finais, é como se buscássemos o apoio para transpor alguma fronteira ou nova etapa em nossas vidas.
Mas a lição principal de Saturno é contar conosco mesmos, antes de contar com o outro.
Mesmo recebendo apoio, só estaremos realmente bem se estivermos contando em primeiro lugar conosco mesmos.

A oposição com Kíron força a dar atenção às feridas emocionais e psicológicas (Kíron está em Peixes) que ainda precisamos curar.
Se suas fraquezas lhe saltam aos olhos, está na hora de lhes dar atenção, tratar e fortalecer isso.
Cuidado para não cair numa poça de lágrimas e aí ficar.
Quando algo volta para nós carregado de emoção, não é para que nós revivamos a experiência, mas sim um sinal de que isso não foi bem resolvido dentro de nós mesmos, e também que é o momento de lidar com o assunto.

O quincuce com Urano demonstra instabilidade, sentimento de estar despreparado para mudanças (Urano está em Áries, é portador de mudanças, e a Lua em Virgem sente necessidade emocional de se preparar bem para elas).
É bom desenvolver ou usar bastante a capacidade de cada um para se adaptar e continuar fluindo em clima de incerteza, já que Urano, o Despertador, seguirá abrindo portas e caminhos diferentes.

Por último, um trígono separativo e um pouco distante (7 graus) formado com Plutão mostrando muita força disponível, vinda de lições aprendidas no passado (Plutão está retrógrado em Capricórnio).

Eu costumo colocar os mapas das lunações e outros acontecimentos para as coordenadas de Porto Alegre, local onde eu moro.
Mas observando com as coordenadas de Brasília, capital de nosso país, esse eclipse acontece com o Ascendente em Leão, indicando que o momento não é de coisas novas por aqui, mas de continuidade e coisas que vão até o final, enfim, prosseguimento do que já vem acontecendo, e do que já plantamos.

Na casa 2, os assuntos financeiros continuam importantíssimos. A oposição formada com a casa 8 também indica necessidade de acordo e muitas negociações difíceis a respeito de tributos, taxas e dívidas.

Os eclipses do Sol, a nível mundial, são mais fortes para os governos, já que o Sol representa o Rei, Chefe, Presidente, Primeiro Ministro, etc
Por isso, quando em aspectos tensos, podem coincidir com muita instabilidade e mudanças importantes, mesmo se o eclipse não for visível naquele local. Mas se for visível e ainda formar aspectos importantes (fáceis ou difíceis) então a força é ainda maior.

Para nós, brasileiros, a questão financeira se mostra importante, já que no mapa do eclipse, para Brasília, ele acontece na casa 2, que se refere ao dinheiro, Ministério da Fazenda, Bancos, PIB, Produção, Comércio, capital das empresas, investidores, lucros, riqueza, lucros ou perdas, capacidade econômica, poupança, orçamento, estoques, pensões e aposentadoria, perspectiva financeira do país e da população, capacidade de ganhar e gastar dinheiro, pobreza ou riqueza.

A perspectiva é de acontecimentos importantes repercutindo no nosso poder aquisitivo e na capacidade econômica do país.
O Sol, regente do Ascendente, será ocultado pela Lua, regente da casa 12, simbolizando dissoluções, falta de direção ou de controle, dificuldades grandes, sacrifícios, acontecimentos com repercussão internacional, drogas, criminalidade, prisões, conspirações, perseguições, retiros, ocultação, segredos, poder oculto, busca por espiritualidade, dificuldade de ações práticas, mudança brusca de planos e objetivos por força maior.

Bem, pelo menos não é visível por aqui, o que de alguma forma atenua e suaviza um pouco isso tudo.

Tenho observado 2 mapas do Brasil, relacionados com a Independência: o do dia 02/09/1822, 11:40h, São Paulo, quando foi oficialmente assinada a nossa independência, pela Imperatriz D. Leopoldina, e o do dia 07/09/1822, 16:20h, São Paulo, quando D. Pedro deu o famoso "grito do Ipiranga".
Ainda não me decidi por um dos dois, pois até o momento, para mim, os dois parecem funcionar. Não consegui ainda observar suficientemente o passado para me decidir, mas o mapa do dia 02 me surpreendeu em termos de acertos até o momento. Mas o mapa do dia 07, como falei, também acerta bastante, e eu necessito estudar mais para decidir entre um ou outro. Por enquanto, vou observando os dois. Vamos ver, continuo estudando sempre que dá.

Para quem quiser estudar:
(observando os mapas do Brasil)

No mapa do dia 02: 
Eclipse cai na casa 10, o que significa ser muito importante, pois influencia o governo diretamente.
O único aspecto do eclipse é com a Lua natal, que representa o povo. Em oposição, está simbolizando confrontos, insatisfação, faltas, necessidade urgente de negociar para entrar em acordo.
Está em quadratura com o Ascendente, mostrando muito desacordo, tensão, reforçando conflitos.
A casa 10 se refere ao Poder Executivo, Presidente, Governo, Líder, Partido do Poder, reputação, honra, estabilidade do país, Ministérios, Alto Comando do Exército, Classes dominantes, pessoas famosas, chefes partidários, todas as autoridades, apresentações públicas, crédito pessoal, imagem social, protetores, recompensas, responsabilidades, superiores hierárquicos, prédios altos, locais cercados, prédios públicos, favelas, polícia, coisas velhas, frio.

Nesse mapa, a Lua rege a 8ª casa e oculta o Sol que rege a 9ª, os dois situados na 10ª casa.
Entre várias coisas, encontro o seguinte:
- os servidores públicos (Lua) pressionam o governo (Sol) de maneira muito forte, por questões financeiras (casa 8) e legais (casa 9)
- a dívida nacional (casa 8) está sendo cobrada e ficará muito pesada (casa 9), sendo necessário rever metas fiscais. Pode ser que seja anulado algum regulamento, decreto, norma, etc.
- o eclipse na casa 10 afeta a estabilidade do país, bem como a credibilidade, a reputação e o destino, além de simbolizar escândalos também, pois afeta justamente aquilo que lhe dá prestígio.

No mapa do dia 07:
O eclipse acontece na casa 8, levando o significado maior para as finanças, taxas, impostos e assuntos secretos que podem vir à público (aí se incluem delações premiadas e espionagens também).
A casa 8 é uma casa de crises, reconstrução e renascimento, além de mostrar subsídios e suporte financeiro.
Se refere às dívidas nacionais, à repercussão financeira de assuntos internacionais (para o bem ou para o mal), fundos de investimento, seguro desemprego, previdência privada, impostos, pesquisas, subornos, taxa de mortalidade, fome, acidentes, indústria de armas, lixo, poluição, petróleo, produtos da terra, projetos de financiamento, cirurgias, remédios, farmácias, indústria farmacêutica, inundações, contaminações.

Nesse mapa, a Lua rege a casa 6 e boa parte da casa 5, enquanto o Sol rege a casa 7 e boa parte da 6, os dois situados na casa 8.
Sol e Lua em conjunção com Mercúrio natal, sêxtil com o Meio do Céu, quincuce com o Ascendente.
Traz para as atenções principais a eficiência dos Serviços Públicos em geral, disputas entre trabalhadores, desemprego, aumento de trabalho, anúncios importantes, negociações intensas, pequenas mudanças no país. Apesar da má fama dos eclipses, nesse mapa, do dia 07/09, o eclipse parece favorecer o governo, com uma boa oportunidade de se reconstruir, encontrando saídas para a grande crise que estamos vivendo.

Individualmente para nós, pobres mortais, pode ser um momento de transcendência, insights, compreensões superiores, principalmente se esse momento for utilizado para fortalecer nossa conexão com a divindade.

Namastê.

eclipse, o que é isso? (publicando novamente)


(publicando novamente, esse texto é de 13/01/2010)

Eclipses são fenômenos naturais, atualmente explicáveis pela ciência.

Os eclipses podem acontecer com qualquer planeta, mas nós, aqui na Terra damos mais atenção aos eclipses do Sol e da Lua, porque são visíveis para nós.

Eclipsar significa “ocultar”

Então, num eclipse do Sol, ele fica oculto, e num eclipse da Lua, ela quem permanece escondida.

Existem pontos fictícios no céu, chamados Nodos

Não são corpos celestes, mas são pontos onde se cruzam as órbitas do Sol com a da Lua. 
Se fosse possível, o Sol e a Lua se chocariam quando cruzassem os pontos dos Nodos. Mas isso não acontece porque estão muito distantes um do outro (só prá lembrar, seria impossível a Lua chegar tão perto ao ponto de se chocar com o Sol, pois ela derreteria ou explodiria antes disso).

Os Nodos são dois: Nodo Norte e Nodo Sul, pois um é oposto ao outro. 

São pontos fictícios ao Norte e ao Sul do espaço sideral.
Os antigos chamavam esses pontos de Cabeça (Nodo Norte) e Cauda (Nodo Sul) do Dragão. 

Para melhor explicar o simbolismo astrológico dos Nodos, é como se ali existisse um Dragão, com sua cabeça ao Norte e sua cauda ao Sul. Então, ele se alimenta pelo norte (onde a energia entra) e libera pelo sul (onde a energia sai).

Os eclipses só são possíveis de acontecer no local dos Nodos, a uma distância máxima de 18 graus para cada lado do grau exato do Nodo.


Por isso, para quem é leigo, verifique os graus zodiacais de cada eclipse durante um ano: verá que os eclipses sempre acontecem no mesmo signo, e depois começam a acontecer no signo imediatamente anterior, e vizinho. Isso porque os Nodos se movimentam em sentido zodiacal contrário.

Sabemos que o tamanho do Sol é muito maior do que o tamanho da Lua. 

Mas, daqui do ponto de vista da Terra, vemos o Sol e a Lua do mesmo tamanho, e algumas vezes o diâmetro da Lua nos parece ainda maior do que o do Sol. Claro! A Lua está mais próxima de nós. 
Enfim, por causa disso também são possíveis os eclipses (ocultações). Pois, como poderia a Lua ocultar o Sol, se ela é infinitamente menor? Mas aqui da Terra ela é vista do mesmo tamanho e até maior as vezes, por causa da distância. O Sol é enorme, mas está muito mais longe!

Outra coisa importante: os eclipses só acontecem durante a Lua Nova ou a Lua Cheia. Eles não são possíveis de acontecer em Lua Crescente ou Minguante. E acontecem no momento exato da mudança da fase.

Eclipses do SOL: Só acontecem na Lua NOVA.
Eclipses da LUA: Só acontecem na Lua CHEIA.

Os eclipses fazem parte de um ciclo de “relacionamento” do Sol com a Lua

É chamado de ciclo metônico, em homenagem ao seu descobridor, o astrônomo grego Meton, no século V a.C. 
O ciclo metônico (dos eclipses) tem 19 anos de duração e contém 235 ciclos de lunações (luas novas e cheias). 
Esse ciclo informa a ocorrência de eclipses no mesmo grau do signo zodiacal, mas não informa se os eclipses serão visíveis ou não, apenas diz que ocorrerão em tal grau zodiacal. 
Explicando: a cada 19 anos, o eclipse do Sol ou da Lua repetirá sua posição exata de 19 anos anteriores!

As Luas Novas, separadamente, têm um ciclo de 29 anos, mas dessas, somente algumas serão eclipses.

Os eclipses só são possíveis de acontecer quando o Sol e/ou a Lua estão cruzando o ponto dos Nodos, Norte ou Sul, a uma distância de no máximo 18 graus para o Sol, e 12,5 graus para a Lua.
O Sol cruza esses pontos 2 vezes por ano: uma vez no Nodo Norte e outra vez no Nodo Sul. E somente nesses períodos é que os eclipses acontecem.

Astrologicamente, consideramos os eclipses como uma “guerra” (principalmente se forem totais) ou uma “pequena discussão” entre o Sol e a Lua, (ou entre o passado e o futuro).


São momentos em que a humanidade fica dividida entre ir para a frente ou voltar para trás. 

E não é uma simples dúvida, geralmente é algo bastante radical: ir para a frente, num eclipse, significa largar o passado mesmo que ele seja importante, desconsiderar a experiência, pensar somente no que vem e não pensar se pode-se estar arrancando as próprias raízes. 

Da mesma forma, voltar para trás, nesse caso, quer dizer, se fechar para tudo o que for novidade, agarrar-se à tradição, ao que é seguro, relembrar (e as vezes cobrar) mágoas e experiências desagradáveis que já se foram, etc.
Porque num eclipse, o Sol e a Lua estão em confronto direto, ou seja, no simbolismo astrológico: a mente e a emoção, o futuro e o passado, o ego e a família, o brilho pessoal e a intimidade, o aprendizado e a experiência, etc, etc

ECLIPSES DA LUA

Acontecem SEMPRE na LUA CHEIA
Para que a Lua Cheia seja também o fenômeno Eclipse, é necessário que a Terra passe entre o Sol e a Lua, no grau zodiacal exato, e lance sua sombra sobre a Lua.
Podem ser totaisparciais ou penumbrais.


Astrologicamente, a Lua representa o passado e as emoções.


Portanto, se o eclipse é da Lua, o passado, as emoções, a sensibilidade e toda o simbolismo da Lua fica escondido, reprimido, e a tendência é agir friamente, sem sensibilidade, usando apenas a lógica, e o ego fica sobressalente.


Nos eclipses da Lua, com a Lua oculta, perdemos o contato com nossa sensibilidade e nos voltamos para o futuro. 

Caso não nos tornemos frios nesse período, é um ótimo momento para deixar de lado crenças antigas, mágoas, rancores, e fazer novos planos para o futuro, se abrir a novas possibilidades.

Em astrologia mundial, eclipses da Lua correspondem a reviravoltas, greves, rebeliões e agitações da massa, do povo.

ECLIPSES DO SOL

Acontecem SEMPRE na LUA NOVA
Para que essa Lua Nova seja também Eclipse, é necessário que a Lua passe entre a Terra e o Sol, no grau zodiacal exato, e faça sombra ao Sol, lançando sua sombra sobre a Terra.
O número máximo de eclipses do Sol, por ano, é 5, e isso acontece a cada 300 anos, aproximadamente.

Podem ser totaisanulares ou parciais.

Astrologicamente, o Sol representa o ego, o brilho, a mente, o raciocínio, a razão, o futuro.


Por isso, se o eclipse é do Sol, a tendência é que o ego, a racionalidade e o brilho pessoal fiquem ocultos e reprimidos, e a tendência é agir compulsivamente, somente pelas emoções e pelas referências do passado.


Pode ser um bom momento para refletir a respeito do nosso passado, já que o Sol está oculto e a Lua que aparece mais


A tendência é nossa mente ser invadida por recordações, e, caso não sejam recordações felizes, é um bom momento para reavaliar, perdoar e se libertar disso tudo. 

Devemos tomar o cuidado para não agir sem racionalidade, ou compulsivamente, mas pode ser ótimo para avaliar com clareza nosso passado e emoções.

Em astrologia mundial, eclipses do Sol correspondem a agitações dos governantes, com crises políticas de difícil solução, e grandes mexidas no clima, com fenômenos naturais tipo terremotos, maremotos, etc, nos locais onde o eclipse é visível.

Tanto para o Sol como para a Luaos eclipses que terão mais influência, que mais serão sentidos, são os totais

Quanto maior for o fenômeno, mais forte será a influência sobre os mapas pessoais e principalmente sobre os países e regiões onde eles são visíveis.

A tendência é que em locais onde o eclipse não seja visível, se acontecer algo ligado a ele, deve ser passageiro, e será mais marcante quanto mais visível for o fenômeno.

Em mapas individuais, além da força, e da visibilidade, há também o trânsito (principalmente a conjunção e oposição) que o eclipse fará com o mapa pessoal, e em que parte. Para maiores informações, consulte um astrólogo (a).

Principalmente se você já passou dos 19 anos, saiba que já viveu um ciclo completo de eclipses, com todos os pontos zodiacais possíveis de eles acontecerem, e com apenas a diferença de magnitude e intensidade.
Se você tem mais de 38 anos, já passou 2 vezes pelo ciclo completo dos eclipses.


Não se assuste com os eclipses. 

Se você permitir a si mesmo ficar com medo desses fenômenos naturais, estará aumentando a possibilidade de ser muito mais afetado emocionalmente (como foi descrito antes, essa já é uma possibilidade, mesmo se você não se assustar). 
Será muito mais produtivo para você, se por ocasião desses acontecimentos praticar meditações, relaxamentos ou outras técnicas que você prefira, para aproveitar as energias ao máximo, canalizando para o seu bem estar, e o das pessoas próximas a você.

Namastê.

sábado, 5 de setembro de 2015

setembro 2015, astrológico

"-Syrio fuja! Ela gritou. -A Primeira Espada de Bravos não foje, ele cantou."
"O homem que teme perder, já perdeu."
(Crônicas de Gelo e Fogo, Livro Um, A Guerra dos Tronos, Arya)

Setembro chega com o clima da Lua Cheia de 29/08 (post do mês anterior), suas tensões e suas soluções, emoções à flor da pele contrabalançadas pela necessidade de se apresentar bem.
05/09/2015, sábado, 6:54h : LUA MINGUANTE
Sol a 12° Virgem na casa 12 conj.1 e Lua a 12° Gêmeos na casa 9
Ascendente 17° Virgem e Meio do Céu a 22° Gêmeos
"O Reino em festa observa o domador de trovões."
Concluindo o ciclo iniciado em 14/08 (Lua Nova em Leão), saindo do auge da Lua Cheia, a Lua Minguante é a última parte do ciclo, boa para limpar, purificar, organizar e concluir.

Mercúrio em Libra rege o Sol, a Lua, Ascendente e Meio do Céu.
Dias cheios de atividades, muito dinâmicos, com saídas criativas e inteligentes para os problemas que se apresentam.
Sua quadratura com Plutão mostra a necessidade de muita diplomacia para lidar com pessoas e situações de intransigência, autoritarismos, instrigas e manipulações.

É importante manter uma comunicação clara e tranquila, tanto para evitar mal entendidos quanto para não ver distorcido e mal utilizado o seu pensamento, suas palavras.

É importante manter o foco, a atenção naquilo que é mais importante para você, pois Netuno se opondo ao Sol e quadrando a Lua (formando quadrado em T) traz incertezas, dúvidas, insegurança, sensação de estar à deriva e sem direção.
Muitas distrações no meio do caminho, tendência a fugir para o mundo da fantasia, onde se tem a impressão de estar tudo bem, mas na verdade é apenas uma ilusão.

Essa quadratura em T tem a Lua como ponta, mostrando a importância de manter a frieza, os pensamentos tranquilos e usar o raciocínio lógico, já que a Lua se encontra em Gêmeos.

Plutão em Capricórnio em trígono com o Sol e quincuce com a Lua aumenta a capacidade de transformar situações, buscar seus objetivos com mais força, e reforça a importância de manter a saúde boa. Formam um Yod (também conhecido como "dedo de Deus"), cuja ponta é Plutão, enfatizando ainda mais a necessidade de controle interno, uso de suas capacidades e talentos pessoais, domínio próprio, força de vontade e persistência.

Além disso a questão da distribuição dos recursos e da renda está bem forte, já que Plutão trata disso também.

Apesar dos obstáculos e alguns transtornos, o bom humor deve voltar, pois a Lua geminiana faz belos sextis com Vênus, Marte e Urano. O bissextil formado entre eles mostra progresso, boas oportunidades, além de estimular a mente, o raciocínio lógico, as novas idéias e o romance.

O Ascendente Virgem leva as atenções para a eficiência e a organização da vida.
O Meio do Céu geminiano mostra período agitado com muitos acontecimentos ao mesmo tempo.
Muitos planetas na casa 12 (Vênus, Marte, Júpter e Sol) indicam muitas reividicações na Saúde Pública, problemas com a população marginalizada e com a população carcerária.
Além disso mostram também que a maioria das atividades estão ocultas, as negociações são secretas. Mas Vênus e Marte aí, e regendo as casas 9 e 3, mostram ainda a possibilidade de mais escândalos (???) expostos na mídia.

Os desafios de Mercúrio e de Júpter indicam problemas no trânsito e nas comunicações, com acidentes/engarramentos e outros problemas no trânsito e bloqueios/quedas/espionagem nas comunicações.

A Lua na casa 9, próxima da 10, mesmo minguando, mostra a força dos movimentos sociais, com a população se manifestando e conseguindo se fazer ouvir mais, além da maior participação das mulheres e das famílias nos acontecimentos. Mas a quadratura dela com Netuno sugere um sentimento de desorientação, insegurança e falta de direção.

A caridade estará presente.
Apesar dos exageros e das emoções fortes (mas passageiras) Júpter na casa 12 estimula a ajudar e apoiar a quem precisa e que possamos fazer alguma coisa.
Também sugere a necessidade de buscar mais profundamente a espiritualidade, vivendo na prática a crença que você escolheu.

astrometeorologia: aumentam as chuvas, com chance de temporais e trombas d'água. Alternância de frio e calor. Instabilidade, variações, dias claros.

13/09/2015, domingo, 3:41h: LUA NOVA em VIRGEM
ECLIPSE parcial do SOL
Sol e Lua a 20° Virgem na casa 2
Ascendente 26° Câncer e Meio do Céu a 13° Touro
"O espírito de Gaia germina, sorrindo, e abre um caminho de flores para os casais passearem."
Novo ciclo virginiano, estão enfatizados todos os assuntos desse signo: a organização mais eficiente da vida, os cuidados com a saúde e com o corpo, a produtividade, a técnica, a rotina equilibrada, a ecologia, as terapias naturais.

Estamos com o Sol em Virgem desde o dia 23/08, e concluímos o ciclo de Leão à maneira de Virgem.
Mas os inícios de Virgem se dão a partir da Lua Nova.
Portanto, novas maneiras de tratar a saúde, novas tecnologias, inovações na organização da rotina, novidades no trabalho em geral, assuntos ecológicos, terapias naturais estão mais estimuladas aqui.
Essa é uma Lua Nova especial, porque acontece um eclipse parcial do Sol, que será tratado em texto separado.

Na casa 2, a necessidade maior é de organizar as finanças e os recursos que temos para sobreviver.
Também sentiremos necessidade de investir e valorizar mais a saúde, principalmente a saúde emocional e psicológica, já que Kíron está em oposição bem próxima da lunação.

É um período onde o objetivo principal é melhorar a qualidade de vida.
Nesse caminho, pode ser comum a pergunta "o quanto vale", questionando nossos valores, como gastamos e como ganhamos nosso dinheiro. (Vale mais o prazer de uma festa ou a saúde do dia seguinte? Será que preciso de tanto dinheiro? Será que preciso de mais dinheiro? Vale a pena investir ou gastar? Estou com vontade de mudar de emprego? Como anda meu corpo, como andam minhas emoções ? É essa a rotina que eu gosto de viver? O que na minha vida está fluindo com eficiência, e o que está precisando de uma revisão?)

A questão da segurança (física, emocional, financeira, etc) é muito importante aqui, já que a Lua rege o mapa e predomina o elemento Terra.

Virgem tem dois extremos: excesso de humildade/submissão e excesso de crítica/julgamento. Para não cair em nenhum dos dois, é bom focar no que interessa mais ao signo: eficiência, não desperdiçar nada (nem tempo, nem dinheiro, nem emoções), pois o melhor desse signo é fazer as coisas funcionarem realmente, encontrar soluções práticas, eficientes e rápidas para o momento que estamos vivendo.

Vênus e Marte em Leão, exuberantes, estimulam a vida social, a beleza, romance e sensualidade. Também estimulam a gastar, mas aí teremos alguns problemas (mais ???) porque Mercúrio, regente do dinheiro está oposto a Urano, indicando imprevistos financeiros, e em quadratura com Plutão, indicando sérios obstáculos financeiros, além de Júpter estar na casa 2, oposto à Netuno estimulando o pensamento mágico (depois eu vejo como pagar..). Super cuidado com suas finanças.

Saturno nos últimos graus de Escorpião ainda está de bom humor, mas segue em direção a quadrar Netuno nos próximos meses. Então no final do processo de encarar a si mesmo e viver com o essencial (veja o texto de Saturno em Escorpião), nos preparamos também para um novo ciclo de Saturno (ainda não fiz esse texto, estou me recuperando da cirurgia, e, portanto, continuo lenta).
E Saturno na casa 4, ativando a nossa conexão interior, mostra a importância de contar consigo mesmo, com sua força e firmeza interior.

É uma lunação bastante instável, principalmente por ser eclipse.

A maioria dos planetas pessoais à Leste mostra o foco em si mesmo e em suas próprias necessidades, enquanto os planetas transcendentes à Oeste acima indicam bastante pressão social.

Nodo Norte em Libra indica um caminho de diálogo e busca por equilíbrio. Não significa passividade, mas é muito importante saber ceder (onde, e como ceder) e evitar a tendência de impor sua vontade, não abrindo mão de seguir as regras, respeitar hierarquias e fazer o que acha correto (Libra), manifestando-se de maneira calma, verdadeira e equilibrada.
A partir de 11/11 passará para o signo de Virgem (os Nodos se movem ao contrário, nos signos), quando a necessidade de eficiência na vida ficará ainda mais forte.

Virgem também é o signo da discriminação, no bom sentido: separar o que presta do que não presta. Por isso é muito importante você escolher muito bem as sementes que quer plantar nessa Lua Nova.

astrometeorologia: clima temperado e úmido, com chuva, vento forte, possibilidade de tempestades. Mudanças súbitas, rápidas e passageiras. Dias claros.

21/09/2015, segunda-feira, 5:59h: LUA CRESCENTE
Sol a 28° Virgem na casa 1 e Lua a 28° Sagitário na casa 4
Ascendente 20° Virgem e Meio do Céu a 24° Gêmeos
"A Senhora do Fogo baila com o espírito do Sol. O Mensageiro se perde no caminho, ao parar para observar as luzes do céu."
A Lua cresce em Sagitário, buscando ampliar as soluções práticas, lógicas e rápidas, muito impaciente com a burocracia, com a ineficiência ou incompetência, e questionando regras, buscando fazer grandes mudanças.

O Ascendente Virgem, no grau exato do eclipse passado, reforça o stress (Mercúrio em oposição com Urano). Portanto, temos mais uma semana para treinar a paciência.

Há uma tendência à pressa e às discussões, palavras agressivas e impulsivas.
Muitos problemas com os trabalhadores em geral, principalmente os funcionários públicos e os serviços públicos em geral.

A máquina pública parece um caos (Netuno na casa 6 em oposição Júpter na casa 12), por isso precisamos ser realistas (Netuno sonha demais), manter a calma e a frieza sem abrir mão dos nossos objetivos práticos e materiais.
"Ordem e Progresso" é o lema escrito na nossa bandeira, e são objetivos de Virgem, signo da Independência do Brasil.
A oposição disso é o caos, algo que todos perdem, em maior ou menor grau.

São dias de mais escândalos na mídia, que estará recheada, confusa e contraditória.
Na vida pessoal, cuidado com as palavras impulsivas, que podem gerar rompimentos desnecessários.
A mente muito acelerada contribui para a impaciência, pressa e stress.
Então.. medite!
Não o dia inteiro, vá trabalhar também, mas use 10 minutos, meia hora, quanto você puder por dia, para relaxar a mente e tranquilizar seus pensamentos, se possível com meditação, ou de outra forma que você prefira.

Uma mente confusa e abarrotada de preocupações empaca a vida, atrapalha as realizações práticas.
Quanto mais simplicidade, melhor: Virgem bem equilibrado é prático, eficiente e simples.

Mas além da impaciência e da pressa, também melhoramos um pouco o humor nesses dias: Marte em trígono com a Lua contribui para encorajar e aumentar esperanças, impulsionando as pessoas a acreditarem que é possível melhorar a vida.

Planetas importantes na casa 12 (Vênus, Marte e Júpter) mostram que a situação não está sob controle, que não podemos fazer tudo como gostaríamos, que nem tudo depende exclusivamente de nós e de nossos esforços pessoais.
Precisamos lidar com isso de uma maneira mais positiva possível, para não gerar mais problemas ainda.

Casas espirituais ativadas mostram a importância de melhorar a si mesmo, recarregar as energias internas, melhorar sua conexão com a divindade, ou fazer alguma jornada.
Nem sempre podemos mudar o exterior, mas no nosso interior quem deve mandar somos nós, e mais ninguém.

astrometeorologia: Vento forte, temperatura média. Umidade, mas dias claros. Chuvas mais no final do dia ou à noite.
27/09/2015, domingo, 23:50h : LUA CHEIA
ECLIPSE total da LUA
Sol a 4° Libra na casa 4 e Lua a 4° Áries na casa 10
Ascendente 15° Gêmeos e Meio do Céu a 27° Áries
"O Guerreiro se prepara para a batalha enquanto a Senhora das Profundezas protege o Reino."
Muito importante essa Lua Cheia, para nós, brasileiros, porque o eclipse total será visível por aqui. Farei um texto em separado, espero que antes do eclipse, já que a recuperação dessa cirurgia me impede de digitar por muito tempo, tenho que ir devagar.

O regente do mapa, Mercúrio, está retrógrado em Libra, o que pressupõe muita contradição nesses dias.
Estaremos focados no Sol em Libra, direcionados para o futuro, enquanto Mercúrio, também em Libra, leva a nossa atenção para o passado.

Por isso, trabalhe muito e.. continue meditando! Relaxe a mente, sempre que possível.

Em períodos confusos, precisamos da mente clara e tranquila.

Continue cuidando com muito carinho de suas finanças. A Lua eclipsada está regendo a casa do dinheiro, o que pode significar falências, calotes, imprevistos desagradáveis, atrasos, etc

Essa Lua Cheia sugere confrontos entre governo e população ou governo e oposição. A
agressividade dará efeito contrário e ruim, pois a direção é Libra: o caminho da negociação, da verdade e do respeito.
Libra, entre outros simbolismos, se relaciona com os processos na Justiça.
Recorremos à Justiça quando não conseguimos resolver algum assunto nós mesmos entre as partes. Nesses casos, precisamos de algum mediador com a cabeça fria e que siga as leis de onde vivemos.
Embora embates fortes possam acontecer, não é permitido, em uma audiência, usar palavras ofensivas, baixas, e atitudes violentas.
Esse é o caminho de Libra, nesse momento: mesmo entre contradições, confusões e disputas, é necessário que as pessoas lutem pelo que acreditam respeitando as regras da sociedade e sem ofender nem agredir seus opositores.

Ainda há possibilidade de problemas energéticos, explosões com gás, falta de água, etc

Ao mesmo tempo, Saturno ingressa em Sagitário, dando início a um ciclo que 2 a 3 anos em que estaremos questionando leis, religião, imigração, só prá resumir, já que um dia esse texto sai.

A quadratura de Saturno com Marte indica disputas fortes, intransigência, rigidez, até violência. Portanto, descarregue sua agressividade na academia ou na faxina, para não acaber rompendo relacionamentos importantes por motivos fúteis.

Mas nem tudo são espinhos, graças aos deuses!
As muitas discussões e questionamentos dessa Lua Cheia/eclipse também tem seus aspectos harmônicos, oferecendo novos caminhos e oportunidades de melhorar a vida.
Vênus em trígono com Urano contribui com uma sensação de encantamento e esperança por dias melhores, aumentando a fraternidade, a busca por relacionamentos com afinidades além do sexo, a união de grupos baseados em valores comuns e à busca de soluções conjuntas e inéditas baseadas na cooperação.
No nível pessoal, uma sensação de felicidade e quem sabe até de euforia.

Saturno em trígono com a Lua e sêxtil com o Sol, já tendo entrado em Sagitário, contribui para acreditar em um futuro melhor (Sagitário), principalmente para quem consegue contar consigo mesmo, e conseguiu fazer razoavelmente bem a travessia desse planeta por Escorpião. Principalmente as pessoas que "aliviaram a bagagem" de mágoas, medos e raivas passadas e, conscientes de que entramos e saímos sozinhos desse planeta, não terão medo de novos caminhos apontados pelo Velho Mestre nos próximos anos.

Júpter em Virgem, mesmo debilitado, recebe um trígono de Plutão (parte de um ciclo maior, também) trazendo força e bênçãos aos trabalhos e aos esforços.
Plutão remexe estruturas, então deveremos ver surgir novas técnicas e métodos incorporados ao nosso dia a dia, facilitando o nosso trabalho.
E o simbolismo de cura desse trígono fala de novos recursos para tratar doenças (Virgem se relaciona com as terapias alternativas e naturais, plantas e toda a força da Natureza), talvez mais simples e eficientes do que aqueles que conhecemos até o momento. Pelo menos a busca disso estará muito forte.

Kíron também recebe o sêxtil de Plutão, abrindo e curando feridas emocionais e físicas, buscando tratamento para doenças que ainda não conseguimos curar.
Talvez isso aconteça em resposta a alguma necessidade, já que a oposição de Netuno com Marte também pode simbolizar epidemias e contágios, geralmente quando Virgem está envolvido isso acontece por descuidos básicos (higiene, etc)

Marte em Virgem oposto a Netuno em Peixes e retrógrado, também é fator de confusão e ilusões, além de aumentar o stress.
Uma boa sugestão para esse Marte é fazer o que dá, e uma coisa de cada vez. Procurar manter a vida em ordem, não se sobrecarregar de tarefas e nem abraçar as preocupações.

Nesses dias vale a sabedoria oriental: "Se o problema que te preocupa tem solução, por quê te preocupas? E se o problema que te preocupa não tem solução, por quê te preocupas?"

astrometeorologia: frio, vento e mudanças. Chuvas fortes, dias nublados.

Namastê.