...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Resgatando o feminino selvagem




















Tudo o que as mulheres foram perdendo pelos séculos afora pode ser encontrado de novo se seguirmos sua pista nas sombras. 

E, acendamos uma vela para a Deusa, pois esses tesouros perdidos e roubados ainda lançam sombras nos nossos sonhos noturnos, nos sonhos diurnos da nossa imaginação, em histórias muito antigas, na poesia e em qualquer momento de inspiração.


As mulheres de todo o mundo - sua mãe, a minha, você e eu, sua irmã, sua amiga, nossas filhas, todas as tribos de mulheres ainda desconhecidas - todas nós sonhamos com o que está perdido, com o que em seguida irá surgir do inconsciente. 
Todas sonhamos os mesmos sonhos no mundo inteiro. 
Nunca ficamos sem o mapa.

Recuperar o instinto ferido, eliminar a ingenuidade e, com o tempo, aprender os aspectos mais profundos da psique e da alma, guardar o que tivermos aprendido, não voltar as costas, defender aquilo que representamos.. tudo isso exige uma resistência mística e infinita.

Quando emergimos de volta do outro mundo depois de uma de nossas incursões por lá, por fora pode parecer que não mudamos, mas por dentro reconquistamos um vasto território feminino e selvagem.

Na superfície ainda somos simpáticas, mas debaixo da pele decididamente não somos mais mansas.

(fonte: Clarissa Pinkola Estés, Mulheres que correm com os lobos)

Namastê.

Uma voz na noite



Uma voz me disse na noite, em segredo:
- Não existe tal voz que sussurra em segredo na noite.


(Haidar Hansani, poesia sufi)

Namastê.

domingo, 22 de novembro de 2009

Prece Kahuna do Perdão


Essa prece pode ser feita por quem queira perdoar alguém, e a si mesmo. O auto-perdão é a maneira mais eficiente de limpeza energética, libertação e harmonia. O perdão ao próximo é apenas uma consequência do auto-perdão

PRECE   KAHUNA   DO   PERDÃO

Buscando eliminar todos os bloqueios que atrapalham minha evolução, dedicarei alguns minutos para perdoar.
A partir deste momento, eu perdôo todas as pessoas que de alguma forma me ofenderam, injuriaram, prejudicaram ou causaram dificuldades desnecessárias. Perdôo, sinceramente, quem me rejeitou, odiou, abandonou, traiu, ridicularizou, humilhou, amedrontou, iludiu.

Perdôo, especialmente, quem me provocou até que eu perdesse a paciência e reagisse violentamente, para depois me fazer sentir vergonha, remorso e culpa inadequada. Reconheço, que também fui responsável pelas agressões que recebi, pois várias vezes confiei em indivíduos negativos, permiti que me fizessem de bobo e descarregassem sobre mim seu mau caráter. Por longos anos suportei maus tratos, humilhações, perdendo tempo e energia, na tentativa inútil de conseguir um bom relacionamento com essas criaturas.

Já estou livre da necessidade compulsiva de sofrer, e livre da obrigação de conviver com indivíduos e ambientes tóxicos. Iniciei agora, uma nova etapa de minha vida, em companhia de gente amiga, sadia e competente: quero compartilhar sentimentos nobres, enquanto trabalhamos pelo progresso de todos nós.

Jamais voltarei a me queixar, falando sobre mágoas e pessoas negativas. Se por acaso pensar nelas, lembrarei que já estão perdoadas e descartadas de minha vida íntima definitivamente. Agradeço pelas dificuldades que essas pessoas me causaram, que me ajudaram a evoluir, do nível humano comum ao espiritualizado em que estou agora.

Quando me lembrar das pessoas que me fizeram sofrer, procurarei valorizar suas boas qualidades e pedirei ao Criador que as perdoe também, evitando que sejam castigadas pela lei da causa e efeito, nesta vida ou em outras futuras. Dou razão a todas as pessoas que rejeitaram o meu amor e minhas boas intenções, pois reconheço que é um direito que assiste a cada um me repelir, não me corresponder e me afastar de suas vidas.


(Fazer uma pausa, respirar profundamente algumas vezes, para acúmulo de energia).

Agora, sinceramente, peço perdão a todas as pessoas a quem, de alguma forma, consciente e inconscientemente, eu ofendi, injuriei, prejudiquei ou desagradei. Analisando e fazendo julgamento de tudo que realizei ao longo de toda a minha vida, vejo que o valor das minhas boas ações é suficiente para pagar todas as minhas dívidas e resgatar todas as minhas culpas, deixando um saldo positivo a meu favor.

Sinto-me em paz com minha consciência e de cabeça erguida respiro profundamente, prendo o ar e me concentro para enviar uma corrente de energia destinada ao Eu Superior. Ao relaxar, minhas sensações revelam, que este contato foi estabelecido.

Agora dirijo uma mensagem de fé ao meu Eu Superior, pedindo orientação, em ritmo acelerado, de um projeto muito importante que estou mentalizando e para o qual já estou trabalhando com dedicação e amor. Agradeço de todo o coração, a todas as pessoas que me ajudaram e comprometo-me a retribuir trabalhando para o meu bem e do próximo, atuando como agente catalisador do entusiasmo, prosperidade e auto realização. Tudo farei em harmonia com as leis da natureza e com a permissão do nosso Criador, eterno, infinito, indescritível que eu, intuitivamente, sinto como o único poder real, atuante dentro e fora de mim.

Assim seja, assim é e assim será.
(do site www.xamaurbano.com.br)

Namastê.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

O Mês de Sagitário: eu vejo o Objetivo, alcanço e vejo outro Objetivo


Durante o mês de Sagitário estamos saindo de um grande buraco negro (Escorpião, que passamos antes). 
E após termos remexido emoções, descoberto talentos ou podres, após algumas decepções (as mordidas do escorpião), se tivermos enfrentado nossos medos, se tivermos lutado muito (Escorpião é um grande guerreiro) e, principalmente, se tivermos arriscado o mergulho interior, sairemos mais fortes, ou com mais consciência de nossa própria força e capacidade de resistir.

O Sol nasce prá todos!
Sagitarianos, pessoas que tem a Lua ou o Ascendente em Sagitário estarão bem mais “iluminadas” nesse período. Como todos nós temos os 12 signos, em alguma área do nosso mapa astral essa influência estará se fazendo sentir.

As características do signo de Sagitário estarão ativas durante todo o período em que o Sol transitar por ele e influenciarão todas as pessoas de alguma maneira, conforme a posição de Sagitário em seu mapa astral e, de maneira mais forte, as pessoas que têm o Sol, a Lua, o Ascendente, planetas pessoais ou angulares aí.

Geralmente Sagitário entra com uma energia de “ai que alívio!”, uma luz na escuridão. 
Chega cheio de esperança e alegria, com a certeza de que dias melhores certamente estão por aí.

Por ser do elemento Fogo não se preocupa tanto com as emoções quanto Escorpião, não fica tão “encucado”.
Por ser da qualidade mutante, se adapta muito bem a todas as situações (Escorpião é fixo, se adapta pouco e sempre vai até o fim).
Sagitário nem sempre leva tudo ao final. 
Às vezes, no meio do caminho, encontra algo mais interessante, ou tem uma nova ideia e daí.. tudo muda. 
Afinal, o Fogo de Sagitário é o Fogo Interior, vem de dentro. 
Pode ser um vulcão em plena erupção (mas a atividade oculta lá dentro é de Escorpião), pode ser uma ideia iluminada (e ele tem muitas).

Sagitário é expansivo, precisa se comunicar, precisa (ao contrário de Escorpião) colocar tudo prá fora, e é já! 
Depois é que vai pensar se falou demais ou tentar consertar. 
O principal é se manifestar, não importa o resto; o resto vem depois.

Seu símbolo, um Centauro arqueiro, apontando uma flecha, diz muito: o Centauro é metade animal e metade humano. 
Isso lembra a natureza instintiva e animal de Escorpião, porém já domesticada (a parte humana).
É um Arqueiro, sabe manejar o arco e a flecha, ou seja: raciocina, e por isso aprendeu algo importante: aprendeu a se defender, a caçar (afinal, a crise do Escorpião não foi em vão..).
E aponta a flecha para cima, ou seja: quer o que está longe, quer mais do que tem, quer aprender mais, e para que sua flecha seja certeira, ele precisa treinar muito, aperfeiçoar-se sempre mais. 
Por isso, é um signo muito ligado a todo tipo de estudo e aprendizado, principalmente aquele “que está longe”, que sai da sua rotina. 
Também é muito ligado ao estudo das previsões (inclusive as astrológicas), pois sua flecha aponta para o futuro.
Sua parte animal é incansável, de uma energia impressionante, e pode ser mesmo tão ou mais bravo como um cavalo! 
E sua parte humana é inteligente, cheia de sabedoria, ávido por mais conhecimento.

Seu regente, Júpter, era Zeus no Olimpo. 
Ele decidia todas as questões de justiça (é claro que era ele quem fazia as leis, mas adorava burla-las de vez em quando, principalmente quando o assunto eram as mulheres humanas). 
Zeus era bravo como o trovão, reinava no céu, casado com Hera, que vivia brigando com ele por ciúmes muito bem justificados. 
Zeus gostava de ser casado e gostava de ter muitas namoradas. 
Seu enorme apetite por comida, bebida e sexo era incontrolável, bem como sua fúria. 
Mesmo assim, era tido como um deus bondoso, por causa de sua generosidade: gostava de ver todos felizes, gostava de repartir suas alegrias, compartilhar seus prazeres. 
Seus castigos eram terríveis também. 
Tinha crises de intransigência. 
Mas quando usavam um bom argumento para lhe convencer, também mudava de ideia. 
Adorava interferir na vida dos humanos.

Bem, e o que temos nós com tudo isso, nós, de Áries até Peixes?

No mês de Sagitário, o clima é de um certo alívio da pressão. 
A alegria e a expansividade de Sagitário entram na vida da gente com uma vontade de abrir as janelas da casa, abrir as mentes, perceber novos horizontes, viajar (de verdade, ou mentalmente através de estudos, leituras, filmes..) Queremos mais! 
Estamos cheios de descobrir nossos defeitos! 
Já descobrimos novamente que somos fortes, que sobrevivemos às crises! 
Agora queremos viver, passear, rir muito, gastar bastante dinheiro, encontrar muita gente, conversar horas a fio, fazer o que temos vontade, estudar assuntos diferentes ou aprofundar naquilo que já estávamos estudando. 
Queremos exagerar, ficamos ambiciosos, queremos tudo ao mesmo tempo! 
E temos pressa, queremos logo, agora! (Júpter detesta esperar).
Talvez por isso o mês do Natal seja tão agitado, apressado, e o melhor mês para o comércio.

O oposto de Sagitário (o pensamento individual) é Gêmeos (o pensamento coletivo). 
Em Gêmeos, observamos e aprendemos o que é básico para a sobrevivência, e de tudo um pouco. 
Em Sagitário, aprofundamos os assuntos de nossa preferência, criamos o nosso próprio senso de valores, nossos próprios ideais.
Sagitário deve voar sempre de um lugar para o outro, procurando e encontrando a flecha que arremessou. 
Seu princípio é o constante prosseguir.
Vive em conflito entre o real e o possível, e isso lhe atormenta e estimula ao mesmo tempo. 
Precisa sempre de muitas variações e mudanças.
Enquanto busca o distante, o diferente, a liberdade ilimitada, ele não tem paz.

Por iss, para a pessoa que não se importa com nada disso, o pensamento desse mês é “E a palavra disse: que haja busca pelo alimento”.
Mas para quem realmente quer mais, o pensamento-semente do mês é:

“EU VEJO O OBJETIVO, ALCANÇO O OBJETIVO, E VEJO UM OUTRO OBJETIVO”.

Um dos problemas para os indivíduos ou mesmo para alguns grupos é descobrir um objetivo e então estabelecer outro, mais elevado.
Para que vivemos? Como descobrir nosso objetivo? Ele será físico, emocional, mental ou espiritual? Pessoal, nacional ou global?

Um objetivo é parte do Plano da Alma, ou o resumo dos melhores desejos da pessoa.

A pessoa comum – descobre o objetivo por um pequeno instante e depois o perde.
A pessoa aspirante – encontra o objetivo para uma vida, e persegue outro para uma próxima.
A pessoa “discípulo” – descobre o objetivo e cresce com ele.
O Iniciado – é um objetivo vivo em expansão.

Quem não possui pelo menos um bom objetivo na vida anda de um lado para o outro, sem direção. Um objetivo é uma luz no caminho da vida.

A energia do mês e do signo de Sagitário era usada nos antigos Templos de Mistérios para iniciar os candidatos em níveis mais elevados de conhecimento. 
As cerimônias da primeira e da segunda iniciações eram feitas na Lua Cheia de Sagitário. (No mês anterior, de Escorpião, acontecia o renascimento espiritual, quando os Mestres diziam que a Divindade “botava a mão” nos seus escolhidos e os fazia passar por provas e testes, pois só é possível chegar ao objetivo após a purificação).

Durante o mês de Sagitário, principalmente no período da Lua Cheia, a intenção é descobrir o nosso objetivo.
Cada objetivo vindo do interior da própria pessoa é uma peça no grande jogo de paciência do Universo.

Para descobrir o objetivo, no mês de Sagitário devemos ALCANÇAR O SILÊNCIO.
Os objetivos e as grandes idéias são encontrados no silêncio.
Mas como? Em um período tão cheio de festas, música, barulho, compras...

Você provavelmente já escutou algumas pessoas mais velhas dizendo que os Natais de antigamente eram tão belos, apesar de menos barulhentos, que agora está tudo virado num comércio, etc, etc
Acredito que sim. Mas acredito também que temos que viver o nosso tempo da maneira como ele se apresenta.

O pensamento-semente para a pessoa que não se importa é “que haja busca pelo alimento”. 
Portanto, há mesmo uma busca incessante, um exagero nas coisas durante esse período, que culmina no Natal, cheio de coisas materiais e contas prá pagar depois... (Capricórnio vai cobrar...)
Mas quando “EU VEJO O OBJETIVO, ALCANÇO O OBJETIVO E VEJO UM OUTRO OBJETIVO”, é porque eu pratiquei o SILÊNCIO.
Esse silêncio não é ficar sempre calado, mas começar pensando naquilo que dizemos e como dizemos. 
Começa assim.
E continua com a prática da meditação, por exemplo.
Alguns minutos de silêncio por dia, para “ouvir a si mesmo” são suficientes.
Para lançar a flecha é preciso relaxar em meio a tensão.
E o principal elemento no controle da palavra é um coração amoroso.

Em Sagitário temos a oportunidade de desenvolver mais o pensamento independente, livre de padrões coletivos e objetivos egoístas. 
Com o pensamento independente, vem junto a expansão espiritual (para os ateus, expansão psicológica ou mental).
Quando Sagitário ainda não está amadurecido, ficará dogmático, buscará sempre impor sua opinião e dar a última palavra. 
Com essa atitude de “já sei tudo” ou “encontrei a verdade”, atrasa o seu próprio aprendizado, sua própria evolução. 
Por isso, é importante ser flexível e permanecer aberto (buscar mais um objetivo).

É importante durante o mês de Sagitário desenvolver e, se você já tem, aumentar a CONCENTRAÇÃO.

A ascensão espiritual oculta-se em Sagitário (no meio das compras, da comida e do sexo, dos prazeres em geral) e nos leva a iniciação, em Capricórnio, a uma perspectiva superior de observação da vida.
Então, nada perturba, Sagitário não vaga na escuridão, pois sabe o que fazer.

Sugestões para desenvolver Sagitário em sua vida (você o tem em algum lugar, no seu mapa astral):

- O elemento é o Fogo: tome banhos de Sol (em horários apropriados)
- Ainda com o Fogo: acenda uma vela da cor de sua preferência (pode ser perfumada) e celebre alguma coisa, ou faça a meditação da chama da vela.
- Faça muitos exercícios físicos (a parte animal de Sagitário e o Fogo); vá na academia, faça caminhadas, pedale uma bicicleta ao ar livre, faça uma bela faxina na casa, etc, etc
- De alguma maneira, entre em contato com o mundo das leis: assista filmes, informe-se sobre alguma lei, assista ao vivo os políticos que fazem as leis, ou algum julgamento, e pense a respeito disso, pense qual a sua opinião sobre o que viu.
- Viaje. Se não puder fazer isso fisicamente, veja filmes, leia livros a respeito de outros países e culturas bem diferentes da sua. Ou ainda viaje em sua imaginação.
- Estabeleça metas em sua vida. Podem ser físicas, emocionais, mentais, espirituais, pessoais, nacionais ou globais.
- Depois disso, descubra quais os principais obstáculos que lhe impedem ou atrasam no alcance dessas metas. São físicos, emocionais, mentais, espirituais, pessoais, nacionais ou globais? E trabalhe nisso.
- Celebre, festeje, presenteie-se, cada vez que alcançar uma de suas metas, seja ela grande ou pequena.
- Vá ao zoológico e observe os animais, principalmente os de 4 patas e grandes. Se possível, observe ou até mesmo ande a cavalo.
- Estude alguma filosofia ou religião.
- Participe de algo formal ou cheio de cerimônias.
- Permita-se prazeres e diversões, e saiba quando parar.
- Você tem crenças ou preconceitos? Está satisfeito com suas crenças? Elas são adequadas a seu momento ou necessitam de uma reavaliação?

Visualização de Sagitário:
Estou no espaço infinito, no céu escuro da noite. O silêncio é total. Estou só. 
Vejo à minha frente uma estrela branca e brilhante, e caminho decididamente em sua direção. 
Eu a alcanço, vejo uma outra estrela, à qual me dirijo novamente. “Eu vejo o objetivo, alcanço o objetivo e vejo um outro objetivo”. 
Então, escuto a mim mesmo. 
A princípio, é um som fraco dentro de mim, que me chama. 
Como o raio de uma luz que procura, eu concentro os meus pensamentos e os dirijo como uma flecha para as profundezas. 
Lá, contemplo uma luz branca e pura, na qual eu me integro. 
A luz se espalha em meu corpo, penetra pelos poros e forma uma aura brilhante ao meu redor.

Outra visualização de Sagitário:
Sente-se tranquilamente. Acalme sua respiração. 
Você agora vai viajar para um país estranho e exótico, absolutamente desconhecido. 
Diga a seu Espírito; “Conduza-me de volta a meu lugar!” 
Deixe que sua Alma retorne naturalmente a seu local de origem. 
Deixe sua imaginação comandar. 
Como é o país da sua Alma? Ele lhe agrada? 
Você se sente aconchegado ou como um estrangeiro?
Depois, compare o País da sua Alma à sua própria vida. 
Onde você prefere estar? 
Existe muita diferença entre os dois? 
O que você pode fazer para diminuir essas diferenças? 
De que maneira você pode trazer para sua vida concreta e material o Reino do seu Espírito?
A gente se encontra por lá.

Namastê.

Hércules em SAGITÁRIO: Os Pássaros Devastadores

Objetivo: tomar consciência da existência da Alma.

Depois do Oitavo Trabalho, em Escorpião, Hércules ainda continua nos pântanos. 

Agora ele está de frente para outro pântano, mas povoado por uma grande quantidade de pássaros que causam destruição por todo o lugar que passam. 

Hércules observa, e acha a tarefa impossível, mas o Instrutor insiste, que uma luz além da mente indicará um caminho seguro.


Os pássaros gritam, bem alto, num coro dissonante, ameaçador e agressivo, que é ouvido por toda a parte. 
Seus bicos são de ferro, e parecem uma espada. 
Suas penas são lâminas de aço, e as garras parecem uma arma letal.

Percebendo a presença de Hércules, 3 dos pássaros se aproximam dele e tentam ataca-lo. 
Hércules consegue se desvencilhar, mas acaba sendo atingido por um deles. 
Nosso herói fica espantado observando enquanto uma das penas do pássaro que ele tinha alvejado caem e se fixam no chão, provocando um barulho ensurdecedor e aterrorizante. 
Por causa disso, os outros pássaros se afastam por um momento, mas Hércules sabe que voltarão logo.

Parado de frente para o pântano, ele pensa numa maneira de livrar aquele lugar desses horríveis pássaros. 
Tenta usar suas flechas, mas é inútil. 
Os pássaros são em tão grande número que quando voam juntos chegam a encobrir o Sol e escurecer o dia. 
Hércules recorre à sua habilidade em fazer armadilhas, e coloca algumas dentro do pântano, da mesma maneira que fez no Trabalho da Captura do Javali (Libra).
 Mas quando entra no pântano para coloca-las seus pés afundam e ele constata que uma boa solução usada no passado, nem sempre é útil no momento presente.

Hércules pára e pensa. 
Lembra das palavras do Instrutor “além da mente há uma luz que vai lhe indicar o caminho”. 
Assim, consegue ficar quieto, e consegue voltar-se para além da mente, além dos pensamentos, para dentro de sua própria consciência, e consegue olhar para si, ver-se a si mesmo. 
Tem então uma idéia nova: 
pega 2 sinos de bronze, que emitem um som mais estridente do que o dos pássaros, um som sobrenatural que não encontramos nesse mundo. 
O som é perturbador e áspero, e consegue penetrar no plano astral, nos níveis sutis do planeta Terra e seus indivíduos. 
Para Hércules, que a essa parte do caminho já está bem desenvolvido e consegue perceber vibrações mais elevadas, aquele som é perturbador e intolerável. 
Por isso, ele cobre os ouvidos com tampões, e põe os sinos a tocar bem alto.

É o momento do pôr do Sol, e o pântano está denso e escuro pela presença maciça dos pássaros. Hércules aproveita esse momento e faz soar os sinos bem forte e várias vezes. 
Aquilo nunca tinha sido ouvido naquele lugar e os pássaros ficam perturbados e desesperados, aquela vibração deixa-os muito confusos e eles fogem, tentam escapar com toda a pressa possível daquela vibração horrorosa, para nunca mais voltarem. 
Mesmo quando eles já estão distantes, Hércules continua tocando a todo o vapor.

E depois o silêncio invade o pântano. 
Os pássaros horrorosos desapareceram.
E o Instrutor fala: “Você conseguiu expulsar os pássaros. O Trabalho está concluído.”

Voltando ao início, em Áries, no Primeiro Trabalho, vemos que Hércules, ao assumir o Trabalho com as Éguas Devoradoras agiu apenas com a sua personalidade e muita coisa ficou mal feita, embora tenha conseguido concluir. 
Agora, com os pássaros, Hércules confronta-se novamente com o problema da mente. 
A diferença é que agora, já com o controle sobre seus pensamentos, consegue captar uma idéia que vem do fundo de seu próprio ser. 
Por isso, o Trabalho acaba sendo melhor executado.

Nesta etapa, o som tem um papel importantíssimo. 
Esse trabalho está associado ao elemento Ar (os pássaros e o som). Som e Ar (onde os pássaros voam) simbolizam a mente do homem e os pássaros daqui representam todo o conjunto de pensamentos e palavras negativas criados no passado, que se acumulam no pântano (subconsciente).

Os três pássaros que se destacaram representam: 
- o primeiro, a tagarelice, que é inconsciente, 
- o segundo, as informações reveladas aos que não estão prontos para ouvi-las, 
- e o terceiro, o falar continuamente de si próprio de maneira egoísta com a finalidade de enaltecer-se ou se valorizar as custas do rebaixamento dos outros.

No Nono Trabalho de Hércules destaca-se a importância do som e das palavras. 
Muitas vezes nem nos damos conta do grande poder que tem o som, e de todas as possibilidades contidas nas palavras pronunciadas. 
A palavra humana pode ajudar a evoluir ou a destruir. 
Não é sem motivo que no jogo de Tarô o elemento Ar está associado ao Naipe de Espadas: as palavras podem ser afiadas, cortantes e usadas como instrumento de guerra.

A fala superficial é um ruído devastador que tem como base os níveis mais baixos do inconsciente. Esse som se espalha no ar produzindo o caos, semelhante aos pássaros destruidores que tinham o pântano (inconsciente) como base e causavam destruição.

Além do controle na escolha das palavras, se espera nesse Trabalho, que o herói aprenda a pronuncia-las num tom natural. 
O sino representa o uso adequado do som, que nada tem a ver com passividade, mas simboliza a ação correta e de caráter construtivo. 
Quem afugenta os pássaros é “inofensivo” pois está construindo aquilo que eles não estavam permitindo.

A mensagem aqui é a necessidade de transformar e elevar o nível de nossa fala, para que no futuro consigamos escutar também aquilo que se passa no interior de nós mesmos. 

O tempo, o espaço, o som e as vibrações tornam-se perceptíveis sob diferentes formas e em outros ritmos, na medida em que nos interiorizamos e conscientizamos da vida que há em nosso interior.

Isso começa com um pouco de autocontrole, passando a refletir antes de falar, pois só assim teremos tempo disponível para pensar.

Depois, continua com a reflexão, quando selecionamos melhor as palavras, evitando a compulsão na conversa, e passando a emitir sons e palavras mais construtivos e inteligentes. 
Isso faz com que nos demos conta antes de emitir algum som ou palavra destrutivos e modifiquemos antes de manda-los para fora, antes de exteriorizar ou manifestar.

E no caso de termos emitido algo desagradável ou destrutivo, a reflexão tem o poder de recuperar isso também, com a produção de um som ou palavra de qualidade oposta, restaurando assim o equilíbrio das energias. 
Esse equilíbrio e desequilíbrio não acontecem apenas no mundo externo, no ambiente em que esses sons foram lançados, mas começam a se manifestar inicialmente no nosso interior, de onde eles vieram.

Esse controle não deve ser repressivo. 
Como diz o metre tibetano: “o principal elemento no controle da fala é um coração amoroso”.

Com a seleção da palavra, nossas metas e objetivos ficam mais claros. 
Deixamos de desperdiçar energia com futilidades e liberamos mais espaço dentro de nós mesmos para aquilo que realmente é importante para nós, que nos leva para a frente.

Dessa maneira é possível manifestar a energia de Sagitário: unificar a personalidade e a alma, expandir a consciência e estabelecer metas claras em nossa vida.

Namastê.


quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Oi! Sinta-se em casa




Namastê.

Paco de Lucia, um pouco de Flamenco prá relaxar



clássico, lindo, vem da alma

O Medo e a Coragem

Um grande rei pediu a seu mago que lhe trouxesse o homem mais corajoso do mundo, para uma missão perigosa.
O mago lhe trouxe três homens, para fazerem um teste.

Todos foram a um campo onde havia um celeiro na extremidade oposta. O mago disse:
- Vocês têm que ir até o celeiro e trazer o que estiver lá dentro. Vai um de cada vez.

O primeiro homem começou a atravessar o campo, muito seguro de si, mas de repente caiu uma tempestade terrível, que fez o chão todo tremer. O homem teve medo, mas continuou. A tempestade foi aumentando, fazendo um barulho ensurdecedor. O homem não aguentou a intensidade das chuvas e tremores, e caiu ao chão.

O segundo homem observou a situação e decidiu atravessar o campo correndo. Logo ultrapassou o outro, caído no chão. Continuou correndo, mas a inundação e os raios erram horrendos. Um buraco abriu no chão, e o segundo homem também caiu.

O terceiro homem decidiu caminhar bem devagar, testando seus passos. Estava tremendamente apavorado, mas seu maior medo era ser chamado de covarde. Ultrapassou o primeiro homem e pensou “Até aqui estou bem.” Continuou lentamente, enquanto o céu escurecia ainda mais e o campo estava quase virando um lago. Chegou perto do segundo homem e pensou “Até aqui estou bem”. Vagarosamente, alcançou o celeiro, que já estava quase desmoronando, e pensou: “Se continuo bem até aqui, continuarei avançando.”

Entrou no celeiro e ali havia um cavalo branco selado, e uma armadura de prata. O homem vestiu a armadura, montou o cavalo e foi ao encontro do rei e do mago, se apresentando:
- Senhor, estou pronto para a missão.
O rei perguntou:
- Como você está se sentindo?
- Até aqui, estou bem.

Namastê.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Depressão.. (recebi por email)

Uma mulher que trabalhava num banco havia muitos anos, caiu em desespero.
Estava tão depressiva que poderia ter um esgotamento nervoso.
Seu médico,buscando um diagnóstico, lhe perguntou:
– Como se chama a jovem que trabalha ao seu lado no banco?
– Cíntia – respondeu ela.
– Cíntia do quê? – Eu não sei. – Sabe onde ela mora? – Não.
– O que ela faz?
– Também não sei.

O médico entendeu que o egoísmo estava roubando a alegria daquela pobre mulher.
– Posso ajudá-la, mas você tem que prometer que fará o que eu lhe pedir.
– Farei qualquer coisa – afirmou ela.
– Em primeiro lugar, faça amizade com Cíntia. Convide-a para jantar em sua casa. Descubra o que ela está almejando na vida, e faça alguma coisa para ajudá-la. Em segundo lugar, faça amizade com seu jornaleiro e a família dele, e veja se pode fazer alguma coisa para ajudá-los. Em terceiro, faça amizade com o zelador de seu prédio e descubra qual é o sonho da vida dele. Em dois meses, volte para me ver.

Ao fim de dois meses, ela não voltou, mas escreveu uma carta sem sinal de melancolia ou tristeza. Era só alegria! Havia ajudado Cíntia a passar no vestibular, ajudou a cuidar de uma filha doente do jornaleiro e ensinou o zelador a ler e escrever, pois era analfabeto. "Nunca imaginei que pudesse sentir alegria desta maneira!", escreveu ela.

Os que vivem apenas para si mesmos, nunca encontrarão a paz e a alegria, pois somos chamados por Deus para ser a benção na vida dos outros. Você já descobriu este segredo?
Espero ter colaborado para a alegria na sua vida, hoje.

Namastê.




quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Lua Nova do dia 16/11/2009 (em Escorpião)

A Lua Nova de 16/11/2009, segunda-feira, as 16:13h (17:13 hor. verão) acontece a 24 graus de Escorpião. Regida por Marte, mostra um período de início, novas coisas, novo ciclo.


O astral estará em “ebulição”, a tendência é um humor impulsivo e agitado, com possibilidade de exageros e dramaticidade, lutas de poder, guerras de egos, paixões exacerbadas.


Pouco sentimental, os desejos e apetites estão colocados acima da ética e do bom senso. Há uma tendência a desafiar a autoridade não por um motivo determinado, mas pelo simples prazer de desafiar e competir para ver quem é o mais forte.

E nessas disputas sem sentido há ainda uma tendência a ilusões e enganos, delírios de poder e uma avaliação sonhadora e utópica da realidade.

Saturno ingressou em Libra em 30/10/2009 (ainda estou devendo esse comentário..) e estará em quadratura exata com Plutão nessa Lunação. Isso indica uma luta acirrada entre a justiça e o poder nas altas esferas do planeta. A nível pessoal seus efeitos começam a ser sentidos a partir de uma busca exagerada pela perfeição, dificuldade em perdoar as falhas humanas (como se houvesse alguém que não as tem) e a tendência a condenar irrefletidamente pequenos erros com uma frieza que beira a crueldade.

É um momento bem difícil para as relações pessoais, pois as pessoas estarão, em sua maioria, desconfiadas, gananciosas e utópicas.

A saída será usar a energia transformadora de Escorpião que, por ser justamente um signo ligado ao poder, ao acúmulo e às crises, tem em si mesmo a chave para resolver essas questões (se quiser complementar, leia "O Mês de Escorpião"). Simplificando: os bons aspectos de Urano em Peixes ao Sol e a Lua de Escorpião sugerem a necessidade de se desligar um pouco da luta material pela sobrevivência e focar de vez em quando na capacidade de perdoar, na humildade que a raça humana deveria ter (somos apenas hóspedes desse planeta, e temos agradecido a essa hospedagem muito mal) e, se isso também for possível, na espiritualidade de cada um.

A transcendência dessas energias pesadas de disputas sem sentido pode ser conseguida com o sentimento de fraternidade que deveria reinar entre nós, percebendo a comunidade planetária como passageiros do mesmo navio, lembrando que se o navio afundar todos terão problemas.

A posição da Lunação e mais Mercúrio na casa 8 sugerem uma revisão de valores e uma justa partilha dos recursos materiais. Há um potencial transformador a nível interno nessa Lunação, que permite acessar nossos tesouros ocultos, nossos dons e talentos que estavam adormecidos. Mas isso só será possível àqueles que não se concentrarem apenas no aspecto material da casa 8 (acúmulo de riqueza e a dificuldade em partilhar).

A Lua Cheia acontece a 02/12, quarta-feira, às 4:30h (5:30 hor. verão), com o Sol a 10 graus de Sagitário e a Lua a 10 graus de Gêmeos, nas casas 1 e 7, respectivamente. Na Lua Cheia, quando as coisas ficam mais claras e os verdadeiros conflitos aparecem teremos uma oportunidade de dialogar abertamente, negociar soluções e chegar a acordos. A tendência aos exageros, dramas e ilusões continua, mas nesse momento haverá uma disposição mais aberta para encontrar soluções criativas e vislumbrar novos caminhos. Com a clareza da Lua Cheia, essas situações chegam a seu clímax, e mesmo que ocorram explosões temperamentais, é só colocando as coisas para fora que podemos trabalha-las. Para quem já tem algum grau de autoconhecimento, esse acúmulo de energias pode ser interiorizado, e depois direcionado para outros objetivos.

Assim vamos levando a vida até a próxima Lunação, em 16/12, quando a disposição para fazer acordos justos estará mais presente e, provavelmente estaremos resolvendo lá os problemas gerados aqui.

Namastê.

terça-feira, 10 de novembro de 2009

As 12 Tarefas

Esse texto foi escrito por um astrólogo inglês, e de tão lindo, virou um clássico na astrologia. 
Talvez alguns de vocês já o tenham lido, mas mesmo assim eu não poderia deixar de citar essa obra-prima, que consegue de uma maneira simples, porém muito verdadeira, definir os 12 signos e seu papel na mandala astrológica:

 

... E naquela manhã, Deus compareceu ante suas doze crianças e, em cada uma delas, plantou a semente da vida humana. Uma por uma, cada criança deu um passo à frente, para receber o dom e a função que lhe cabia.

Para ti, ÁRIES, dou a primeira semente, para que tenhas a honra de planta-la. Para cada semente que plantares, mais outro milhão de sementes se multiplicará em tuas mãos. Não terás tempo de ver a semente crescer, pois tudo o que plantares crescerá cada vez mais e mais para ser plantado. Tu serás o primeiro a penetrar no solo da mente humana levando Minha Idéia. Mas não cabe a ti alimentar e cuidar dessa idéia, nem questiona-la. Tua vida é ação, e a única ação que te atribuo é a de dar o passo inicial para tornar os homens conscientes da Criação. Por este trabalho, eu te concedo a virtude do Respeito por si mesmo.”
Silenciosamente, Áries retornou a seu lugar.


Para ti, TOURO, Eu dou o poder de transformar a semente em substância. Grande é a tua tarefa, e requer paciência; pois tem que terminar tudo o que foi começado, para que as sementes não sejam dispersas pelo vento. Não deves assim questionar; também não deves mudar de idéia no meio do caminho, nem depender dos outros para a execução do que te peço. Para isso, Eu te concedo o dom da Força. Trata de usa-la sabiamente!”
E Touro voltou a seu lugar.


A ti, GÊMEOS, Eu dou as perguntas sem respostas, para que possas levar a todos um entendimento daquilo que o homem nem vê ao seu redor. Tu nunca saberás por que os homens falam ou escutam, mas em tua busca pela resposta encontrarás o meu dom, reservado a ti: o Conhecimento.”
E Gêmeos voltou a seu lugar.


A ti, CÂNCER, atribuo a tarefa de ensinar aos homens a emoção. Minha idéia é que provoques neles risos e lágrimas, de modo que tudo o que eles vejam e sintam desenvolva uma plenitude desde dentro. Para isso, Eu te dou o dom da Família, para que tua plenitude possa se multiplicar.”
E Câncer voltou a seu lugar.


A ti, LEÃO, atribuo a tarefa de exibir ao mundo Minha Criação em todo o seu esplendor. Mas deves ter cuidado com o orgulho, e sempre lembrar que é Minha a Criação, e não tua. Se o esqueceres, serás desprezado pelos homens. Há muita alegria em teu trabalho, basta fazê-lo bem. Para isso, eu te concedo o dom da Honra.” E Leão voltou a seu lugar.


A ti, VIRGEM, peço que empreendas um exame de tudo o que os homens fizeram com minha Criação. Terás que observar com perspicácia os caminhos que percorrem e lembrá-los de seus erros, de modo que, através de ti, Minha Criação possa ser aperfeiçoada. Para que assim o faças, Eu te concedo o dom da Pureza.”
E Virgem voltou a seu lugar.


A ti, LIBRA, dou a missão de servir, para que homem esteja ciente dos seus deveres para com os outros; para que ele possa aprender com a cooperação, assim como com a habilidade de refletir o outro lado de suas ações. Hei de te levar onde quer que haja discórdia e, por teus esforços, Eu te concederei o dom do Amor.”
E Libra voltou a seu lugar.


A ti, ESCORPIÃO, darei uma tarefa muito difícil. Terás a habilidade de conhecer a mente dos homens, mas não te darei a permissão de falar sobre o que aprenderes. Muitas vezes, te sentirás ferido por aquilo que vês e, em tua dor, te voltarás contra Mim, esquecendo que não sou Eu, mas a perversão da Minha Idéia, o que te faz sofrer. Verás tanto e tanto do homem enquanto animal, e lutarás tanto com os instintos em ti mesmo, que perderás o teu caminho; mas quando, finalmente, voltares, terei para ti o dom supremo da Finalidade.”
E Escorpião voltou a seu lugar.


A ti, SAGITÁRIO, Eu peço que faça os homens rirem, pois entre as distorções da Minha Idéia, eles se tornam amargos. Através do riso, darás ao homem a esperança e, por ela, voltarás seus olhos novamente para Mim. Chegarás a ter muitas vidas, ainda que por um só momento; e, em cada vida que atingires, conhecerás a inquietação. A ti, Sagitário, darei o dom da Infinita Abundância, para que possas expandir o bastante, até atingir cada recanto onde haja escuridão, e levar aí a luz.”
E Sagitário voltou a seu lugar.


De ti, CAPRICÓRNIO, quero o suor da tua fronte, para que possas ensinar aos homens o trabalho. Não é fácil a tua tarefa, pois sentirás todo o labor dos homens sobre os teus ombros; mas, pelo jugo de tua carga, te concedo o dom da Responsabilidade.”
E Capricórnio voltou a seu lugar.


A ti, AQUÁRIO, dou o conceito de futuro, para que através de ti o homem possa ver outras possibilidades. Terás a dor da solidão, pois não te permitirei personalizar o Meu Amor. Para que possas voltar os olhares humanos, Eu te concedo o dom da Liberdade, de modo que, livre, possas continuar a servir a humanidade onde quer que ela esteja.”
E Aquário voltou a seu lugar.


A ti, PEIXES, dou a mais difícil das tarefas. Peço-te que reúnas todas as tristezas dos homens e as traga de volta para Mim. Tuas lágrimas serão, no fundo, Minhas lágrimas. A tristeza e o padecimento que terás de absorver são os efeitos das distorções impostas pelo homem à Minha Idéia, mas cabe a ti levar até ele a compaixão, para que possa tentar de novo. Por essa tarefa, Eu te concedo o dom mais alto de todos: tu serás o único de Meus doze filhos que me compreenderá. Mas este Entendimento é só para ti, Peixes, pois quando tentares difundi-lo entre os homens, eles não te escutarão.”
E Peixes voltou a seu lugar.


Então Deus completou: cada um de vós é perfeito, mas não compreendereis isso até que vós doze sejais Um. Agora vão”
E lá se foram as doze crianças executar suas tarefas da melhor maneira.
(astrólogo Martin Schulman – inglês)

Namastê.

domingo, 8 de novembro de 2009

Música, e Mensagem das Plêiades

Número do Destino, a data de nascimento - interpretações


Seguem as descrições do Número do Destino, aquele que encontramos somando a data de nascimento.

Essas interpretações servem para a análise de qualquer data de início de alguma coisa (criação de empresa, soma de duas datas em uma interpretação de relacionamento, casamento, data de mudança de residência, etc).


1 - CAMINHO DO PIONEIRO

Trabalho duro e dedicação sem limites à sua tarefa são as características de quem tem esse número no Destino. Se tiver paciência e estiver disposto a lutar até o fim, obterá o que quer. Deverá sempre tomar suas próprias decisões. abrindo mão dos “conselheiros” que estiverem por perto. Não se revolte com as responsabilidades que vierem a cair sobre seus ombros. Evite seguir o grupo por caminhos já conhecidos, pois você deverá abrir seu próprio caminho sozinho, sem contar com muita ajuda externa. Procure não se repetir, e mantenha sempre sua posição de líder e guia. Enfrente com calma os obstáculos e escolha com cuidado seus colaboradores, pois se você se deixar dominar pelos outros, cavará sua própria ruína. De personalidade poderosa, entusiasmada, enérgica, capaz de vencer com facilidade os problemas, você é pouco influenciável e não ouve muito os outros. Somente com suas próprias experiências e sofrimentos você será levado a refletir e mudar alguma coisa. A espiritualidade é capaz de domá-lo, transformar seu orgulho em nobreza de alma, e então você conseguirá observar seu próximo com olhar benevolente e protetor.

2- CAMINHO DA COOPERAÇÃO
Sua felicidade vem de sua calma interior, da mente serena. Posições autoritárias e grandes responsabilidades não são para você. Seu caminho é o da associação com os outros, da paz, da diplomacia e da cortesia. Procure usar muito a sua intuição e seu dom para trabalhar com grupos e unir pessoas. Você viverá melhor se aceitar o caminho do grupo, do que se quiser abrir o seu próprio. Seus erros são quase sempre causados por falta de prudência. Você tem talento para detectar e corrigir as falhas de quem já seguiu pelo caminho antes do que você. Precisa muito de companhia, e é muito sociável e gentil, tem muita consideração pelos outros. Seu sucesso vem de ajudar os outros sem esperar recompensas, mas você precisa tomar cuidado para não se transformar em um capacho. Tem ótimo senso de ritmo. Geralmente se casa. É apegado ao lar, à família e ao passado. Adora detalhes. Gosta de música. Embora não goste de ser comandado, aceitará isso pelo fato de ser muito dependente e gostar de ficar em segundo plano. Associar-se a você é uma garantia de paz e sorte. Como você é dual, instável e imaginativo, se voltar-se para o lado espiritual poderá satisfazer sua sede de conhecimento e adquirir ou reforçar a sua natureza interior.

3- CAMINHO DA EXPRESSÃO
Seu otimismo lhe permite ver o lado alegre da vida, mesmo quando as coisas estão difíceis. Sabe que o bem e o mal existem juntos, e aceita isso naturalmente. Procure espalhar pela vida sua alegria e seu otimismo. Sua maior virtude é se comunicar muito bem. Procure apenas não se impôr demais aos outros, mas convencê-los usando a sua grande simpatia. Acredite na sorte. Você tem talento para comunicação, escrita, e onde quer que possa ser criativo. Seu caminho é agradável. Você é entusiasmado, feliz, criativo, intuitivo, imaginativo, versátil e enérgico. Intelectual, otimista e líder. Tem sempre idéias novas e originais para resolver seus problemas. Não é complicado, e foge de brigas e também das armadilhas. Gosta de atividades tranquilas, ligadas à beleza, harmonia, ou à cor. O 3 produz os inventores. Siga sempre suas intuições e pressentimentos.

4- CAMINHO DA ORGANIZAÇÃO PRÁTICA
Você não poderá tomar atalhos, deverá percorrer passo a passo o caminho mais difícil e trabalhoso. Suas principais virtudes deverão ser a constância e a paciência. Não é um número de sorte, mas de trabalho e esforço. Não se arrisque muito, prefira caminhos seguros e já testados anteriormente. Sua principal qualidade é lançar bases sólidas; uma vez atingido esse objetivo, não se canse, e continue no mesmo trabalho e no mesmo método. Seu sucesso é lento, mas inabalável. Você tem capacidade de planejamento e de fazer previsões lógicas. Você é honesto, sincero, conscencioso, organizado e prático. Assume as responsabilidades, e geralmente os outros vêm lhe pedir conselhos e apoio. Constrói a partir dos alicerces. Gosta dos detalhes, e pode vir a ser muito rigoroso. Gosta de economizar dinheiro e ama sua casa e seu lar. Sua vida poderá ser um pouco limitada, por vontade própria ou não. Mas tem força de caráter, é inabalável, e não se contenta com planos ou sonhos, prefere transforma-los em realidade. É bastante inteligente, sua maneira lógica e prática lhe facilitam trabalhar com Contabilidade, Química, Física, Eletrônica, qualquer tipo de cálculo. As vezes ficará muito inquieto e tenso e sentirá vontade de descarregar em ações físicas, mas isso não lhe adiantará completamente, é preciso usar a razão.

5- CAMINHO DAS MUDANÇAS
É também o caminho da experiência própria. Sua vida será uma constante renovação. Você poderá dar a volta ao mundo, pois além do seu espírito de aventura, você ama tudo que é novo. Só não se esqueça de suas raízes, e de cultivar a responsabilidade de vez em quando. Deverá se adaptar sempre a mudanças rápidas e revoluções inesperadas. É bom aprender idiomas estrangeiros, e se habituar a lidar com pessoas diferentes de você. Não se prenda a uma única atividade, nem hesite em tentar novos caminhos, pois sua intuição sempre levará ao lucro. Diante dos obstáculos, use todos os seus recursos para contornar e superar, evitando focar as energias num único ponto. Nunca perca seu bom humor, as coisas nem sempre lhe correrão bem, apesar de sua grande sorte, mas sua alegria lhe ajudará a superar eventuais crises. Você gosta de ser livre para ir e vir quando e onde quiser. É ativo, inquieto, impaciente, pensa rápido e gosta de variedade. Faz coisas demais, e geralmente ao mesmo tempo. Suas melhores oportunidades estão ligadas ao público. Tentará experimentar tudo, pelo menos uma vez. Cuide para não dispersar suas energias. Muito impulsivo, poderá abandonar o assunto pelo qual se apaixonou ontem. Vive intensamente, e por todos os poros, tudo o que lhe acontece. Possui muito charme, e seduzirá quem lhe rodeia. Se chegar a casar será muito fiel, mas antes terá muitas aventuras sexuais. Cuidado com os abusos, que poderão lhe fazer sofrer.

6- CAMINHO DA RESPONSABILIDADE
Você veio ao mundo para ajudar os outros. Estará sempre intermediando conflitos. Diplomático e carismático, faça muitos amigos, mas trabalhe sua tendência ao ciúme e possessividade - não é bom nem mesmo para você tornar os outros dependentes de você. Tem talento artístico, gosta de embelezar o ambiente a sua volta. Você é uma pessoa que promove a paz, a ordem e a harmonia perto de si. Evite usar a força, negocie sempre. A maioria dos 6 se casa. Alguns deles têm o casamento em tão alto conceito que acham que não fazem jus a ele, e acabam se casando bem tarde, ou não se casando. Preocupa-se com as crianças, os velhos e os fracos. É humanitário, professor, e muitas vezes médico. Seu sucesso está ligado ao lar, e todas as atividades ligadas a ele, e ainda as instituições, à comunidade e à educação. Conquistas as pessoas, e geralmente é confiável.

7- CAMINHO DO RACIOCÍNIO E DA SABEDORIA
Você busca a verdade por trás das aparências. Tem muita profundidade de pensamento. É altruísta. É o número dos místicos, dos filósofos e sacerdotes (ou sacerdotisas). Deverá sempre cultivar uma moral elevada. Seu objetivo principal não é enriquecer, pois o dinheiro chegará a você através da cultura, do conhecimento e dos estudos. Deverá apreciar o valor da solidão, não deverá ter pressa. Seu objetivo é procurar a verdade e a sabedoria, e só depois de encontra-las para você mesmo é que poderá passa-las aos outros. Vai passar muita parte de sua vida buscando conhecimento, estudando, testando, provando e obtendo fatos sobre o que lhe é desconhecido, sobre o invisível e sobre o não-provado. É uma pessoa observadora e analítica. Provavelmente vai passar muito tempo sozinho. Precisa sair do segundo plano e compartilhar, mas as lideranças e as sociedades não servem para você. É misterioso, e muito difícil de ser compreendido. Para ser feliz, deve policiar-se para ser sempre positivo e aprender a amar as pessoas diferentes de você, pois assim conseguirá exteriorizar sua grande sensibilidade. Você só se enfurece quando sua competência é posta em dúvida.

8- CAMINHO DO DINHEIRO
A organização leva à prosperidade. A auto-disciplina e a determinação são suas chaves. Sua estrada é a da prosperidade, mas não pela sorte, e sim pelo árduo trabalho e dedicação de sua parte. Tem intuição financeira e comercial. Você é ambicioso e cheio de energia. Terá ótimas oportunidades, e as pessoas que escolher nessa subida poderão lhe servir de apoio mais tarde, elas provavelmente serão gratas a você por tê-las ajudado a subir do nada. Procure apenas cultivar o lado mais afetuoso, já que o dinheiro não é tudo na vida. A maneira de administrar seu dinheiro pode lhe levar ao sucesso, ou a ruína. Como você prefere liderar a seguir, deve de preferência ter o seu próprio negócio, ou então ser gerente, diretor ou supervisor. Grandes negócios lhe atraem, pois você faz tudo de maneira grandiosa. A metafísica lhe interessa. É um lutador, precisa de um combate interior, mas também de um combate pela existência. Tem sede de justiça e retidão. Não se deixa seduzir por adulações, subterfúgios, títulos ou pompa exterior. Detesta injustiças, tanto para os outros como para si próprio, mas é capaz de se tornar injusto se sofrer mau tratamento. Tem muita resistência física, mas seu caminho é duro e difícil desde o início, você deverá lutar constantemente. Dificilmente os outros lhe compreendem, muitas vezes lhe acham superficial, inferior, incapaz, poque afinal você também não se mostra muito. Você é muito sensual, mas pouco afetivo. Procure não se tornar materialista demais.

9- CAMINHO DA COMPAIXÃO E DA ABNEGAÇÃO
É o número dos grandes reformadores (apenas procure reformar a si mesmo, antes de reformar os outros). Tem a tendência a pensar em projetos a longo prazo. Cuide apenas para não se perder em sonhos. Vincule-se a pessoas mais práticas do que você, para conseguir realiza-los. Seu sucesso virá quando usar suas grandes capacidades para ajudar os outros. Seu caminho não é o da riqueza, mas sempre terá o suficiente para viver. Deve aprender que os outros têm a sua própria maneira de viver, e você não pode esperar que eles estejam sempre à altura dos seus ideais. Você é intelectual, talentoso, compreensivo, inspirador, intuitivo e generoso. Vai ter muitas experiências emocionais. Seu sucesso está ligado ao serviço altruísta e desinteressado, e à capacidade de compreender os outros. Pode fazer o papel de guia ou de pioneiro, assumindo grandes responsabilidades, já que tem o dom de aconselhar bem e é capaz de desempenhar um papel no plano mundial. Se mostra distante, reservado, parecendo tímido e condescendente, mas se estiver à vontade falará bastante e se revelará um verdadeiro mestre. Orientado para a espiritualidade, evolui para uma sabedoria universal. Sua atitude é quase sempre positiva. Você jamais sofrerá de depressão: não terá tempo para isso. Mas deve desconfiar de sua impulsividade e seus devaneios, que podem levar você a ilusões.

11- CAMINHO DA INTUIÇÃO
Duas coisas são importantes para você: confiar na sua intuição e achar o equilíbrio entre o material e o espiritual. Procure não se impor, aceitando as pessoas como elas são (ninguém é perfeito, nem enxerga tão longe como você). Terá muitas situações delicadas a enfrentar e oposições a seus planos, onde a intuição será necessária. Pode encontrar em seu caminho a filosofia e o misticismo. Você é muito inspirado. Seu lugar é diante do público, no centro das atenções, como conferencista, pregador, diplomata, embaixador, crítico ou conselheiro espiritual. É idealista e tem habilidades psíquicas. A ambição pessoal pode ser a sua ruína pois seu sucesso vem do conhecimento, da inspiração, da revelação, e da liderança em relação à humanidade. Seu exemplo de vida inspira os outros, e por isso, você deve se transformar na verdade que lhe for revelada. Pode ser artista, cientista, professor, escritor, reformador, terapeuta, psicólogo. sua inteligência parece sobrenatural. Tem grande força interior que lhe ajuda a dominar a si mesmo (principalmente sua natureza altamente emocional) e a ultrapassar os obstáculos externos. Mas sua sabedoria não é inata, você deve adquiri-la. O 11 não é um número fácil de ser vivido, e por isso muitas pessoas acabam vivendo o 2. Esse número não deve ser forçado. É um dos números-mestres. É um número que cansa, e sempre que a pessoa cansa, relaxa e se refaz vivendo temporariamente a vibração primária, nesse caso o 2.

22- CAMINHO DA REALIZAÇÃO
Deve se acostumar a raciocinar grande, pensar profundamente. Não se intimide, lance suas energias, use sua capacidade de construir, assuma o comando e deixe os outros cuidarem dos detalhes. Apenas não perca o senso prático e ponha limites à sua imensa imaginação, para não se tornar irrealizável. Você estará constantemente em contato com os poderosos. Esse número está carregado de grandes responsabilidades; deve, portanto, cultivar o idealismo, o otimismo, e se voltar para o bem comum e o melhoramento universal. Seu sucesso trará inovações em grande escala, e seu destino é servir à humanidade, não apenas a si mesmo. É o número do mestre-construtor, do engenheiro e do arquiteto. Seu interesse está nos assuntos mundiais, nas questões internacionais, nas grandes associações. Faz tudo com grandiosidade. Trabalha melhor diante do público, ou por ele. Sua visão deve ser universal e não pessoal. Os que seguem esse caminho fora do comum são de uma inteligência superior, que se iguala ao 11, mas além disso há uma finalidade de melhoria a nível mundial. Há pouco lugar para a vida pessoal. Sua adaptação ao mundo que o cerca pode lhe ser uma grande provação. É quase sempre não compreendido, a sociedade lhe teme, você tem grande honestidade, é sincero, tem uma fé inabalável, é um pouco sonhador, altamente emotivo, mas mantém os pés sobre a terra. Estará sempre tentando se superar.. Terá períodos tensos e nervosos, pois tem muitos dons, mas seus desafios também serão grandes. O 22, como o 11, não é um caminho fácil, e por isso muitas pessoas acabam vivendo o 4. Também não deve ser forçado. E também cansa, e quando a pessoa cansa, relaxa e se refaz vivendo temporariamente a vibração 4.

Namastê.