...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Eclipse na virada do ano de 2010.. até 15 de janeiro


Você já deve ter ouvido ou lido algo a respeito do eclipse que acontecerá no dia 21/12/2009.

Eclipses são algo bastante comum no céu.

Sua influência é fortemente sentida nos locais onde ele é visível.

Em um mapa individual, os eclipses têm importância apenas quando tocam pontos importantes e sensíveis daquele mapa.

Eclipses também formam seu ciclo próprio, e acontecem sempre nas Luas Novas (eclipses do Sol) e nas Luas Cheias (eclipses da Lua).

Além disso, acontecem sempre nos signos onde estão os Nodos Norte ou Sul, a uma distância de até 12,5 graus do grau exato do Nodo.

Eclipsar significa "esconder". 
Se o eclipse é do Sol, então ele fica escondido.
 Da mesma maneira se for da Lua, ela é quem fica oculta.

Nosso eclipse de Ano Novo acontece em 31/12/2009, quinta-feira, as 16:12h (17:12 hor.verão), com o Sol a 10 graus de Capricórnio e a Lua a 10 graus de Câncer.

O Sol está no Nodo Norte, e a Lua está no Nodo Sul. Estão a uma distância aproximada de 11 graus do ponto exato. Portanto, não é um eclipse tão forte. Ele se torna mais forte e mais visível quanto mais próximo estiver do grau exato dos Nodos.

É um eclipse da Lua, ela é quem fica oculta durante algum tempo, e não é total. A Lua no Nodo Sul é o fator passivo do eclipse, e o Sol está mais forte, posicionado no Nodo Norte.

A nível de influência geral no comportamento da população, isso quer dizer que todo o simbolismo da Lua em Câncer fica enfraquecido.

Facilitando: a tendência é de a maioria das pessoas ficarem menos sensíveis (alguns já são insensíveis por natureza..). Os valores de intimidade, laços familiares, segurança emocional, proteção, sentimentos maternais, cuidados protetores com o outro e contatos com seu Eu interno e suas raízes ficarão todos para segundo plano, como que esquecidos.

No lugar destes, ficarão mais fortes os valores do Ego, do pensamento voltado para o futuro e o desprezo pelo passado, a vontade própria acima de tudo, e o acúmulo pessoal de bens materiais (o Sol está na casa 8) e a vontade de exercer o controle sobre os outros de maneira não claramente manifestada, isso tudo reforçado pela conjunção do Sol com Mercúrio (sua opinião própria é que vale, é melhor falar do que ouvir o outro), com Vênus (busca o próprio prazer a qualquer custo) e com Plutão (controle e manipulação dos outros).

Enquanto tudo isso acontece, Saturno em Libra, quadra implacavelmente o eclipse, como que pedindo limites e justiça, respeito ao ser humano e equilíbrio nos relacionamentos.

Mas na Lua Nova de janeiro, em 15/01/2010, sexta-feira, as 4:11 h (5:11 hor. verão), a Lua se "vinga" e eclipsa o Sol. Estarão os dois luminares em 25 graus de Capricórnio, a uma distância de 5 graus do ponto exato dos Nodos.

A Lua no Nodo Norte estará mais forte, e o Sol estará passivo.

Então a tendência será contrária: voltar-se para o passado, deixar os planos futuros se dispersarem, relembrar mágoas, agir impulsivamente, raciocinar pouco e agir e falar com a emoção no comando, ficar confuso em meio a lembranças e emoções. Também no eixo da posse, o eclipse acontece na casa 2, ressaltando ainda mais os valores materiais e a vontade de acumular dinheiro e poder. Vênus em conjunção exata ainda traz um toque de superficialidade, egoísmo e busca do prazer próprio sem se importar com as consequências de nada. Esse segundo eclipse encerra esse ciclo e é mais visível por aqui do que o outro. O efeito dos dois em conjunto poderá se estender por no máximo 6 meses.


Por isso é muito importante manter a calma durante as festas da virada. Aquele precioso conselho (beba com moderação) e outros mais serão muito úteis nesse momento.

Mas, acima de tudo, escrevo isso para lembrar a quem estiver lendo que é possível passar por esse periodo de maneira tranquila e serena, aproveitando essas energias para se auto-observar e auto-conhecer melhor, é possível se divertir com as festas sem ferir ninguém, sem magoar ninguém, aproveitando a claridade da Lua Cheia para reabastecer as nossas energias sutis que já devem estar precisando de alguma recarga a essa etapa do ano.

Por isso, não se preocupe. Sabendo que o significado desse posicionamento pode ser tão negativo, você deve saber também que isso pode ficar tão negativo quanto você deixar que seja (ou não deixar).

Todos nós temos a força da Fênix, representada pela casa 8 do nosso mapa astral, pelo posicionamento de Escorpião e Plutão na nossa mandala pessoal. E podemos usar essa força como uma usina de transformação, que se utiliza das energias em sua maneira bruta para criar felicidade.


A decisão é sua, está em suas mãos.


Feliz 2010.

Namastê.



A Verdade




" A verdade o libertará.




Mas primeiro vai incomodá-lo muito. "




(Gloria Sinem)

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

compartilhando.. Meditação das Doze Noites Santas

As Doze Noites Santas é o período que vai da noite de Natal até o dia de Reis.

Ao longo deste período, através da luz espiritual que brilha das estrelas do Zodíaco, dádivas se derramam sobre todos aqueles que oram e vigiam.

Dos pés em direção a cabeça vivenciamos uma transformação de pessoas terrenas e materialistas em pessoas espiritualizadas, que olham o mundo com uma visão espiritual.

Esta é uma tradição da sabedoria antiga.
Quando se acendeu no céu a estrela há muito tempo esperada, os Reis Magos iniciaram a jornada até a criança que seria o novo Sol do Mundo.
Após doze noites, consideradas a partir de então sagradas, Eles puderam alcançá-la e ofertar em nome de toda a Humanidade, o incenso, a mirra e o ouro, acompanhados dos votos de que o espírito divino pudesse viver no pensar, sentir e querer humanos.

A cada Natal temos a chance de um novo nascimento.
E a cada ano, a oportunidade de uma nova vida.
Não podemos nos esquecer disto, pois precisamos urgentemente de forças espirituais, não apenas para cada um de nós individualmente, mas para o bem de todos.

Na meditação das noites santas podemos colocar na alma as sementes da Esperança em relação aos doze meses de 2009.

Dos pés em direção à cabeça podemos almejar a consolidação das forças do nosso ser e a transformação destas forças em qualidades verdadeiramente humanas.

DIA 25 DE DEZEMBRO: Na madrugada ou ao amanhecer do dia 25, acenda uma vela.
Deixe o silêncio e a devoção penetrarem na alma e a luz frágil da vela iluminar o seu espaço interno onde na vivência de seu próprio Eu, a verdadeira luz solar do Eu do Cristo se faça presente.
Nesta noite, da região de Peixes, os sábios da humanidade derramam suas bênçãos de sabedoria sobre você. Eles formam um círculo protetor em sua volta emanando a força que você precisa para se firmar nos próprios pés e tomar seu destino nas próprias mãos. Abra os braços e as pernas formando com o próprio corpo uma estrela de cinco pontas e diga:

Com firmeza eu ocupo meu lugar no mundo,
Com certeza eu caminho pela vida,
Com amor no íntimo do meu ser,
Com esperança em tudo que eu faço,
Com confiança no meu pensar,
Forças jorrem do meu coração.

Nas noites seguintes repita este passo. Aqueles que se sentem críticos e frágeis lembrem-se do estábulo de Belém onde em meio às condições mais adversas, de frio e penúria, nasceu a Criança divina.

DIA 26 DE DEZEMBRO: Nesta noite pense no que você quer alcançar em 2009 e olhe também para o seu estado de saúde.
Da região de Aquário, o Anjo que tem sido o seu guia espiritual através de suas sucessivas vidas, irá iluminar suas metas individuais para o ano que se inicia e fortalecer a qualidade pessoal através da qual você se tornará o agente de sua própria saúde.

DIA 27 DE DEZEMBRO: Nesta noite anseie pelo bem de todos. Elevando a alma às alturas espirituais e se unindo ao ser do Cristo, a visão do seu lugar no mundo e do que você precisa realizar se tornará mais clara.
Da região de Capricórnio, os Arcanjos, espíritos das cosmovisões lhe trarão Coragem para alcançar suas metas.

DIA 28 DE DEZEMBRO: Nesta noite reavalie as suas qualidades pessoais.
Da região de Sagitário, os Arqueus, espíritos da personalidade lhe trarão as forças da inteligência que lhe erguem, lhe sustentam e apontam a direção do futuro. Eles injetam clareza no seu pensar para que você perceba e assuma o compromisso com o que há de melhor de si.

DIA 29 DE DEZEMBRO: Nesta noite procure ficar em paz consigo.
Da região de Escorpião os Exusiai, espíritos da forma, lhe trazem a capacidade de renascer das crises e de todos os processos de perda, impotência, dor e desespero.

DIA 30 DE DEZEMBRO: Nesta noite reconheça quais os pontos de equilíbrio de sua vida.
Da região de Balança, os Dynamis, espíritos do movimento, lhe trazem a capacidade para equilibrar na alma as forças de dispersão e ter uma vida coerente e harmoniosa.

DIA 31 DE DEZEMBRO: Nesta noite concentre-se, como o faz a semente, na essência do que você quer realizar.
Da região da Virgem, os Kyriotetes, espíritos da sabedoria, lhe trazem a capacidade de encontrar forças a partir do seu próprio interior para fazer desabrochar a sua vida.

DIA 1 DE JANEIRO: Nesta noite, abandone o medo dos desafios que você tem pela frente.
Da região de Leão, os Tronos, espíritos da vontade, lhe trazem poderosas forças para vencer as provas que as suas escolhas lhe trazem.

DIA 2 DE JANEIRO: Nesta noite deixe de lado a apreensão pelo que está em transição na sua vida.
Da região de Câncer, os Querubins, espíritos da harmonia lhe trazem a força de se harmonizar com o novo e criar aconchego para os momentos de transição.

DIA 3 DE JANEIRO: Nesta noite abra o seu coração, reconheça o bem em si e nos outros.
Da região de Gêmeos, os Serafins, espíritos do amor lhe trazem impulsos para vencer a barreira do individualismo e da solidão e encontrar sentido na união e na fraternidade.

DIA 4 DE JANEIRO: Nesta noite deixe seu olhar buscar novos horizontes para a sua vida.
Da região de Touro, o Espírito Santo lhe traz a força da persistência que leva ao progresso.

DIA 5 DE JANEIRO: Nesta noite pense em uma graça que você quer alcançar.
Da região de Áries, Cristo, o próprio filho de Deus, lhe traz a liberdade de ser você mesmo.

Fonte: Kabbalah Group
Texto original de Edna Andrade
© Permitida a reprodução em qualquer mídia, desde que citada esta fonte e mantidos integralmente todos os demais créditos.



Namastê.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Ano Pessoal Numerológico


O Ano Pessoal é a mais forte das vibrações pessoais, nas previsões numerológicas.

A cada Ano Universal, mudamos nossa vibração, assim como muda a vibração do Universo, no calendário.


O Ano Universal é o ano do calendário.


O Ano Universal influencia de uma maneira geral, superficial e igual a todas as pessoas, e serve para prever acontecimentos gerais, ligados a grupos, política, etc.

O Ano Pessoal está ligado a sua data de nascimento, é o seu ciclo pessoal. É parte de seu ciclo pessoal de 9 anos.
O Ano Pessoal se repete a cada 9 anos e também pode acontecer de muitas pessoas terem Anos Pessoais iguais. 

Mas eles não serão vividos da mesma maneira porque outros números do mapa daquelas pessoas não serão todos iguais (é praticamente impossível colocar aqui todos os números secundários de um mapa numerológico). 
Além disso, cada um decide o que fazer com suas energias, cada pessoa usa a energia de forma diferente.

O Ano Pessoal terá, além do número da essência, outros números importantes também, que são o ponto máximo do ano e os desafios.

Para calcular o Ano Pessoal (a essência) :
Some os algarismos de seu dia e mês de nascimento com os algarismos do ano em questão.


Exemplo: na data de nascimento 26 de julho de 1985, usaremos o dia (26) e o mês (julho = 7).
Para o ano de 2010, fica assim : 2 + 6 + 7 + 2 + 0 + 1 + 0 = 27, e 2 + 7 = 9
Portanto, é um Ano Pessoal 9.
Esse Ano Pessoal 9 vem das essências 2 e 7, que também serão importantes durante o Ano Pessoal 9, como influências de “pano de fundo”, sutis.

Podemos comparar o ciclo dos Anos Pessoais ao de cultivo das plantas, com cada fase sendo importante para o ciclo todo. 

Vai desde o preparo do solo até a colheita. Se negligenciarmos uma parte do ciclo, todo ele será prejudicado.


ANO PESSOAL 1 (um) : PLANTANDO A SEMENTE, TEMPO DE NOVOS COMEÇOS

É um ano de começar coisas novas, e vai estabelecer o padrão para os 9 anos seguintes. 
É a melhor época para começar qualquer coisa, e romper com o passado definitivamente, tentando caminhos ainda não trilhados. 
Use sua originalidade, tenha iniciativa e coragem. 
Tudo o que você iniciar aqui tende a exercer influência por 9 anos. 
Para ter sucesso nesse ciclo, você precisa ser independente, rápido, determinado, ousado, concentrado, e seguir muito a sua intuição, mais do que os conselhos de outros. 
Mas preste atenção a impulsividade, aos exageros, e mantenha uma saudável autodisciplina, se quiser conquistar algo. 
Reforce sua vontade. 
Planeje o futuro. 
O que você quer para os próximos 9 anos? 
É esse o momento de se aventurar, se especializar, decidir um caminho, por sua nova idéia em prática. 
Se não for seu momento para algo radical, esse é pelo menos um período para efetuar mudanças importantes. 
Você deve procurar se manter muito positivo e esforçado, encontrará obstáculos que serão superados apenas por você mesmo, pelo seu esforço e seu trabalho. 
Se você não tiver iniciativa e se esperar pelos outros, ficará parado e não vai aproveitar esse momento. 
Não seja preguiçoso. 
Se você se concentrar e se mantiver positivo, achará que os obstáculos são brincadeira de criança. 
Se for preciso, comece sua vida de novo. 
Você está plantando as sementes. Portanto, deve pensar no futuro. 
Talvez o resultado não apareça agora. 
Examine todas as novas oportunidades, faça contatos, alargue seu círculo de relacionamentos, clientes ou sócios. 
Experimente coisas diferentes. 
As viagens são favorecidas. 
Você deve ser muito seletivo e usar de discernimento, pois o que iniciar aqui exercerá influência durante os próximos 9 anos. 
Seja prudente nas escolhas e sábio nas decisões. 
As consequências de seus atos poderão se prolongar por mais tempo do que você esperava. 
As sensações e sentimentos experimentados aqui também tendem a se prolongar, por isso se aconselha tanto a ser positivo no Ano Pessoal 1. 
Evite a pressa, não faça promessas que não vá cumprir, analise bem as coisas antes de se comprometer. 
Cuidado para não ficar esgotado, hiperativo ou exagerado. 
Não deixe que decidam nada por você, e não decida nada com pressa. 
Procure ser objetivo e claro. 
Sua energia física e mental estará em alta.


ANO PESSOAL 2 (dois) : A SEMENTE CRIA RAIZ, TEMPO DE CONCILIAÇÃO

Esse é um momento que poderá relaxar um pouco mais, esperando os resultados do Ano Pessoal 1. Aproveite para corrigir com calma algo que tenha passado sem você perceber. 
É um ano para se manter mais receptivo, esperar pelos outros. 
Esse ano favorece muito os relacionamentos e amizades. 
Também a vida familiar e o casamento. 
Escute as idéias dos outros, e procure ficar mais em segundo plano. 
Você deve ser mais delicado, compreensivo, diplomático e cooperativo, pois esse é um ano em que as coisas não estão dependendo tanto de você como no Ano 1, mas dos outros. 
As pessoas e situações precisam ficar favoráveis a você, por isso você deve ser muito diplomático. 
Se você conseguir, surgirão novas oportunidades e propostas vindas de fora. 
Você estará mais sensível e mais dependente. 
Procure não ficar hipersensível, cultive a autoconfiança, combata a timidez e não imite os outros 
É um ano muito bom para fazer sociedades, parcerias, coisas em conjunto, inclusive casar ou separar, pois você estará mais disposto a compartilhar e dialogar. 
Tenha paciência, pois as coisas serão um pouco mais lentas. 
Procure fazer amigos, recolha informações. 
Você terá mais ajuda do que no Ano 1. 
As ofertas de trabalho, propostas profissionais ou oportunidades virão de seus relacionamentos. Favorece qualquer trabalho ou atividade em equipe, em conjunto. 
Pode acontecer casamento ou divórcio. 
É também um ótimo ano para estudar, aumentar a sua cultura e informações, enriquecer o espírito. 
É um ano de proteção, se você usar bem essa energia. 
Sorte em pequenos assuntos, do cotidiano. 
Talvez você sinta vontade de se recolher, ter mais vida pessoal do que social. 
Você estará mais observador, e, portanto, mais crítico. 
Procure fazer seus aperfeiçoamentos e críticas com delicadeza, para não se envolver em discussões fúteis. 
Como estará mais sensível, não se deixe levar por lisonjas e não se magoe por bobagens, evite fazer tempestade em copo d'água. 
É um ótimo ano para a vida interior, para os estudos de qualquer tipo, aquisição de conhecimentos, para tudo o que está mais oculto. 
Mas evite se isolar, porque nesse ano você precisará de apoio, mais do que de iniciativa pessoal.


ANO PESSOAL 3 (três) : SURGEM OS PRIMEIROS BROTOS, TEMPO DE SE EXPRESSAR.
Muita sorte! 

É um ano rápido, divertido, mental, criativo, expansivo e também prático. 
Melhor ano para se projetar, “aparecer”, mostrar sua personalidade, dar opinião. 
É ótimo para os artistas, políticos, oradores, professores, estudantes, etc. 
Tudo o que for mostrado aqui tende a ficar visível até o Ano Pessoal 9. 
Cultive os relacionamentos, aceite os convites, ande em grupo. Seu bom humor será muito importante, cultive a alegria. 
Mesmo se sua vida for monótona, procure embelezar a si mesmo e seu ambiente, mas cuidado com os exageros. 
Comunique-se bastante, seja através de palavras, conversas, escritos, artes, criações pessoais, pintura, música, enfim, o que for mais agradável para você. 
É um ano de muitas atividades sociais, e possíveis viagens. 
Ouça a sua intuição, e se mantenha fiel aos planos feitos no Ano Pessoal 1, pois algum resultado já começa a aparecer. 
Você terá muitas novas e criativas idéias. 
É um ano alegre, de sorte, saúde, romance, amizade, diversões. 
Aproveite, um ano assim só daqui a 9 anos. 
É muito bom para se melhorar, em todos os sentidos. 
Mas tenha cuidado com os exageros, pois eles serão cobrados no próximo ano. 
As alegrias e oportunidades que surgirem aqui você deve direcionar para suas metas, caso contrário não aproveitará o período e tende a dispersar suas energias. 
Ganhos e lucros inesperados devem acontecer nesse ano. 
Você deve abrir sua mente e ampliar horizontes e possibilidades, para se preparar para os próximos 3 anos, quando lhe será exigido ter maturidade, organização, e lidar com desapontamentos. 
Aproveite esse momento de sorte, mas pense no futuro também. 
O ano pessoal 3 é o ano das atividades sociais, culturais e artísticas muito agradáveis. 
Procure não fofocar muito e se mantenha fiel a suas metas (não se disperse, a tentação é grande). 
Não pense que já alcançou tudo, porque alguns resultados podem aparecer aqui, mas ainda tem mais lá na frente. 
Melhore a si mesmo, trabalhe as emoções e a impulsividade, e.. aproveite. 
Só não se deixe levar demais pelo astral alegre ao ponto de ficar superficial, leviano ou inconsequente. 
Evite as extravagâncias, mas mostre o seu melhor, brilhe, é o ano mais social e cheio de sorte do ciclo todo.


ANO PESSOAL 4 (quatro) : BUSCA DE ESTABILIDADE, TEMPO DE TRABALHAR MUITO, SER PERSISTENTE E SE ORGANIZAR MUITO BEM.
É um ano de trabalho, de formar bases sólidas, mexer com as estruturas, fortalecer-se, consolidar sua posição. 

Você precisará de autodisciplina e além disso deve cuidar um pouco mais da saúde, pois é um ano desgastante e exigente. 
Do ponto de vista econômico, é o menos favorável, porque não há um crescimento acelerado, mas uma consolidação. 
É bom você não arriscar seu dinheiro, e só fazer investimentos seguros. 
O ano é favorável aos planos de longo prazo, rever as coisas, se organizar bem, trabalhar duramente. Favorece os estudos, a experiência própria e o aumento de conhecimentos práticos. 
Não favorece as mudanças, principalmente aquelas que surgem de última hora. 
Use mais o raciocínio do que a intuição, você estará bem prático, com os dois pezinhos no chão. 
Não estará simpático nem sedutor como no ano anterior, portanto, não é bom para tentar persuadir ninguém, mas para argumentar com lógica e prática, mostrando resultados e eficiência. 
Não fique pessimista, é um ótimo ano para ganhar mais experiência. 
As melhores oportunidades virão através do seu trabalho e esforço próprio, por isso seja sério e paciente. 
Não é momento para a preguiça e talvez você não tenha muito tempo ou dinheiro para se divertir. Avalie bem sua vida, e veja o que pode ser melhorado, pois os efeitos do seu trabalho serão recompensados mais adiante, quase no final do ciclo. 
Repito: cuidar da saúde é muito bom, pois você tende a se sobrecarregar de trabalhos e obrigações. Não confie na sorte, confie em você mesmo. 
Para contar consigo mesmo, lembre-se que é importante estar com o corpo, as emoções e a mente saudáveis, e você está com tendência a esquecer de si mesmo, das amizades e das diversões. 
Por isso, é um ótimo conselho tratar os cuidados consigo mesmo e os relacionamentos com seus amigos como se fosse uma obrigação a mais. 
De outra forma, você ficará esgotado. Nesse ano, colocamos as bases do ciclo todo. 
Ate agora foi feito o plantio e já vislumbramos resultados e oportunidades, mas se não cuidarmos da plantinha, ela pode não chegar até o final do ciclo e termos que começar tudo novamente no meio do caminho. 
Por isso, os esforços feitos aqui serão tão importantes. 
Além disso, você poderá fazer o papel de pessoa forte em alguma situação. 
Sentindo segurança em você, algumas pessoas poderão lhe procurar pedindo ajuda e apoio. 
Faça uma boa seleção, e evite aqueles que só se encostam. 
Outra possibilidade é a família precisar mais de você. 
Além disso, o ano favorece todas as atividades com imóveis, prédios, construções e reformas da casa. Não deixe essa vibração se tornar pesada, se acomodando. 
Como é um ano de estruturação, bases e organização, pode ser que você fique preguiçoso, acomodado e lento. 
É um ano da paciência, mas não de atraso. 
Faça da necessidade uma oportunidade e da paciência uma vantagem. 
Não é ano de conforto, prazer pessoal ou preguiça. 
Com disciplina, você poderá realizar muitas coisas, não em grande escala, mas coisas importantes e que lhe darão segurança, estabilidade, tranquilidade e experiência. 
Mantenha a sua atenção focada nos detalhes. 
É um ótimo ano também para consertar coisas do passado, sejam assuntos pessoais mal resolvidos ou coisas mal feitas, pois dessa maneira você estará fortalecendo seu futuro. 
Não deixe nada para depois, nem para o ano seguinte, pois no próximo ano você precisará estar bem firme e seguro para se abrir novamente. 
Se tiver que resolver pendências deixadas para trás, ficará empacado no próximo ano correndo atrás da sorte como aquele coelho branco de Alice no País das Maravilhas.


ANO PESSOAL 5 (cinco) : SE VOCÊ TRABALHOU NO ANO ANTERIOR, AQUI AS COISAS VÃO GERMINAR, EXPANDIR, É TEMPO DE MUITAS MUDANÇAS .
Esse ano pode começar mal no início, mas geralmente terminará bem. 

Quanto pior no início, melhor no final. 
Coisas inesperadas, aventuras, esteja pronto para se adaptar a tudo, e não faça planos de longo prazo. Aproveite as muitas mudanças que pintarem para criar oportunidades. 
Sempre que puder, descanse um pouquinho. 
Não mude por mudar, deixe que a mudança venha até você. 
Tenha cuidado com a impulsividade, a falta de concentração e os exageros. 
Você estará muito carismático e charmoso. é um ano de dar início a novos métodos, principalmente se os últimos 4 anos tiverem sido difíceis, é o momento de salvar o que pode ser salvo. 
Você terá muita liberdade pessoal. 
As novidades nem sempre serão coisas duradouras, mas atrairão outras novidades, também positivas. Pode haver mudança de casa, emprego, estado civil, etc, etc. 
Cuidado com os excessos sexuais, eles poderão ter repercussão no ano pessoal 7. 
Muitas oportunidades ótimas estarão esperando você longe do lar e da sua rotina. 
Esse é o ano da “virada”, sua vida poderá sofrer guinadas repentinas e você começar de um novo ponto de partida, aquilo que já estava planejando antes. 
A sorte virá a seu encontro, mas será muito rápida. 
A velocidade desse ano é impressionante, por isso você deve combater a ansiedade e a impulsividade. Seus interesses também podem ir mudando junto com as situações que se abrem na sua frente. 
Por isso, talvez você volte a estudar, ou comece a estudar algo que nunca tenha tentado antes. Mantenha-se bem informado. 
Tente não fazer coisas demais ao mesmo tempo, para não se espalhar demais. 
É um ótimo momento também para fazer propaganda. 
Seu charme estará em alta novamente, e talvez você fique mais conhecido ou famoso do que esperava. 
A sorte vem, vai embora, vem novamente.. 
Tudo é muito rápido, interessante, divertido, sedutor. 
Tente agarrar as coisas boas para que elas criem raízes. 
Não faça planos a longo prazo, nem se comprometa com coisas para o ano seguinte, pois isso não se harmoniza com essa vibração. 
Procure levar as coisas boas para o próximo ano, mas sem se comprometer nesse, pois o comprometimento e a responsabilidade é para o ano seguinte. Se você conseguir compreender o caráter mutável e errante desse ano não se perturbará tanto com os altos e baixos, e ainda conseguirá ficar em vantagem após tantas mudanças. 
Sua mente estará super estimulada, por isso é importante descansar antes que sobrecarregue seu físico também. 
Você não estará disposto a seguir muitas rotinas e horários rígidos, mas tente pelo menos manter alguma organização durante esse ano. 
É um ano de mudanças, mas elas não devem ser provocadas por você. 
Você só deve fluir com elas, aproveitar o melhor que elas lhe trouxerem. 
Não é bom para você trocar de emprego, casa ou relacionamento por algo mirabolante, pois sua mente estará sonhadora e pouco prática. 
Nos relacionamentos, esse ano favorece as paixões e os relacionamentos sociais mais superficiais. 
Os casamentos e relacionamentos estáveis poderão sofrer turbulências, mas se você tiver paciência e não ultrapassar os limites, poderá haver reconciliação no próximo ano. 
É muito importante manter a calma.


ANO PESSOAL 6 (seis) : TEMPO DE FLORESCER, TER RESPONSABILIDADE, E EQUILIBRAR A VIDA.
Ótimo ano para comprar casa própria ou melhorar o lar. 

Aqui são previstas novas responsabilidades e, se os anos anteriores tiverem sido bons, elas serão acompanhadas de lucros. 
É um ano bom para equilibrar o lado financeiro, há mais facilidade para receber ou quitar dívidas. Esse ano favorece todos os relacionamentos pessoais e comerciais. 
Seu lado sentimental estará exaltado. 
Será fácil encontrar apoio, consolo e serenidade, e mais provável que lhe peçam apoio também. 
Sua casa estará mais relaxante. 
Nesse ano procura-se instintivamente companhia - você será mais procurado, e quando se sentir solitário não hesite em procurar seus afetos.
Procure não ficar ciumento, invejoso ou possessivo. 
Além disso, prepare-se para ser o “ombro” dos seus amigos. 
Na família, as responsabilidades aumentam, pode ser que algum parente precise de ajuda. 
Também é um dos anos bons para o casamento, família, filhos e até mesmo o divórcio (pois há uma tendência a fazer as coisas em conjunto, ceder, conciliar, fazer as pazes e dialogar, e é melhor divorciar dessa maneira do que brigando). 
Evite se meter na vida dos outros, a menos que você seja mesmo chamado, pois poderá se incomodar - você estará mais "intrometido".
 As recompensas financeiras e sentimentais virão, mas não vá atrás delas, é tempo de trabalhar bastante, principalmente com detalhes, o reconhecimento vem depois.
Você poderá estar cansado dos últimos 3 anos, e o ano anterior deve ter sido bem agitado, mas está numa fase de subida. É comum ficar mais cansado nos períodos 6.
Deverá tomar decisões importantes esse ano, por isso, é um ano de equilíbrio, partilha, harmonia. Deve ter clareza para decidir e se possível ter também um “plano B”. 
Todo o amor e compreensão que você der, receberá de volta. 
Mesmo que o lar, a família ou alguém da comunidade lhe traga mais responsabilidades, você estará rodeado de calor e afeto. 
É o melhor período para cuidar da família e da casa, porque há disposição para ajudar os outros. 
Todos os relacionamentos e acordos (inclusive processos judiciais) estão favorecidos. 
As alianças que você firmar aqui tem a tendência de ficarem permanentes. 
Você dará maior importância aos sentimentos. 
Os artistas e o pessoal que trabalha com entretenimento estão favorecidos. 
Nesse ano também se manifestam talentos pessoais.
É um ano de amor, de aprofundamento do ano anterior, por isso de mais responsabilidades.
É tempo de selecionar o que permanece ou não em sua vida, e o que você vai consertar ou aperfeiçoar.
Pode ser cansativo e um pouco desgastante, porque também é o "ano de consertar" as coisas.
Saúde mais sensível, tendência ao stress.
Procure relaxar, não se preocupe demais.


ANO PESSOAL 7 (sete) : O QUE VOCÊ PLANTOU DÁ FRUTOS, TEMPO DE INTROSPECÇÃO, CONHECIMENTO E SABEDORIA.
Esse ano traz uma tendência ao isolamento e ao repouso. 

Tente não fugir do mundo e se refugiar naquela ilha da fantasia particular. 
É o melhor ano para se realizar uma corajosa auto-análise. 
Não arrisque seu dinheiro. 
Também favorece a pesquisa, a espiritualidade, as criações artísticas, os amores clandestinos ou ocultos, a caridade, os relacionamentos por afinidade de idéias ou afinidade espiritual. 
Procure não se sentir vítima, perdoe as ofensas, não se desespere em descobrir seus erros e, por favor, atenha-se a realidade. 
Não é um ano bom para investimentos, novos negócios ou comércio. 
Mas pode ser bom para viagens, estudos, espiritualidade, reflexão, ciência, e também para cuidar da saúde. 
Há uma tendência de a saúde física estar mais fragilizada nesse período, por isso, ela merece uma atenção mais especial. 
Pode ser que você seja muito criticado, pode acontecer injustiças também, mas se você agir corretamente, pode ser um período maravilhoso e ainda lhe trazer o reconhecimento dos outros. 
A energia do 7 é uma energia vencedora, mas não é a energia de um guerreiro, por isso no ano pessoal 7 não é favorável correr atrás do dinheiro, do lucro, nem ter atitudes fortes e ousadas, ao contrário, favorece uma atitude paciente, de espera, com fé, com aquela certeza de que no final acontecerá a justiça. 
E é o que geralmente acontece: as coisas são esclarecidas de uma maneira ou de outra, e quanto ao dinheiro, se você seguir sua vocação, e trabalhar amando o que faz, o dinheiro virá como consequência. 
Financeiramente, esse ano é negativo para arriscar e ousar, e também para jogar, é melhor para poupar. 
Também há possibilidade de ganhos inesperados por herança, doações, valorizações inesperadas de bens já possuídos ou trabalhos já realizados. 
No ano 7 você precisa refletir, parar prá pensar, e deixar que as coisas aconteçam, seguindo a corrente e o fluxo das energias, pois é um ano de intuição, fé e autoconhecimento. 
No amor, favorece o encontro da “alma gêmea”, aquele relacionamento quase perfeito, que inclui físico, emocional, mental e espiritual. 
Por outro lado, também há uma tendência a relacionamentos ocultos, clandestinos e secretos, onde se vive meio fora da realidade, e corre-se o risco de se desiludir depois. 
Mas se você ficar solitário, isso significa que precisa de espaço e tempo para cultivar algum talento especial. 
Os mistérios da vida podem atrair sua atenção, e você também estará ótimo para pesquisar e estudar. Outra possibilidade é descobrir alguma vocação ou novo caminho em sua vida.


ANO PESSOAL 8 (oito) : COLHENDO O QUE VOCÊ PLANTOU, TEMPO DE CONQUISTAR E REALIZAR.
Esse ano favorece o dinheiro e a subida social. 

O trabalho de 9 anos antes dará frutos aqui, e o trabalho feito aqui poderá dar frutos ainda maiores. Mesmo assim, avalie a situação muito bem, para não desperdiçar nenhum tostão. 
O ano favorece o relacionamento com pessoas influentes, chefes, gerentes, autoridades, etc. 
Não se exiba muito e lembre-se de distribuir e compartilhar com os outros os benefícios recebidos. Não perca a noção das proporções e o senso de valores. 
Não seja frio, seja afetuoso. 
Esse ano favorece os relacionamentos e os casamentos de interesse comercial ou financeiro. 
É um momento muito bom para investir e fazer economias. 
Os negativos sofrerão grandes perdas financeiras. 
Pode acontecer também de você ter grandes despesas, e vai precisar fazer frente a isso. 
É um ano de muita ação, e de trabalhar sozinho. 
Não se agarre às coisas materiais que já tenham perdido a utilidade. 
A presunção pode causar sua ruína. 
Cuide da saúde o ano inteiro, pois as vezes o ano pessoal 8 é um ano de revezes (o número 8 forma uma lemniscata, simbolo da eternidade, que não tem começo nem fim, e vai e volta sempre pelo mesmo caminho). 
Tente não ser dominador, ciumento e nem manipular os outros na sua vida amorosa. 
Você estará com os pés bem plantados no chão, ao contrário do ano anterior. 
Por isso, é um ótimo período para correr riscos. 
Você estará colocando em prática tudo o que tem aprendido ou estudado. 
Muitas forças estão a sua disposição: energia física, emocional e mental. 
Você terá astúcia, raciocínio rápido, senso de oportunidade e disposição. 
Aprenda a sorrir, e agradeça a quem tem lhe apoiado desde o início. 
É bom fazer um bom planejamento financeiro desde o início do ano. 
Apesar de a vibração 8 favorecer bastante o material, o dinheiro, é muito importante se manter focado nos detalhes, porque é frequente também perder grandes quantias por detalhes. 
Por isso, tenha sua situação financeira sempre bem clara e equilibrada, sob o seu próprio controle. Cuide para não ficar avarento, ou excessivamente ambicioso. 
Não se descuide do seus afetos. Essa energia do 8 é mais conhecida por sua influência material e financeira, mas a lemniscata também traz profundas transformações interiores (invisíveis aos outros, só perceptíveis para você), muito estímulo sexual e interesse em ocultismo e coisas misteriosas.


ANO PESSOAL 9 (nove) : PREPARANDO A TERRA (PURIFICAÇÃO) PARA O NOVO PLANTIO E ENCERRANDO MAIS UM CICLO, TEMPO DE FINALIZAR, CONCLUIR.
Esse ano conclui o ciclo de 9. 

Portanto, está aberto a todas as soluções. 
Tudo desemboca nesse ano. 
É o momento de pressionar, tomar decisões finais, eliminar tudo o que for supérfluo ou inútil de sua vida. 
Tenha prudência, trabalhe o que ficou pendente há tempo, abrindo os caminhos para o novo ciclo que começa no ano seguinte. 
Se tiver sido fiel aos seus planos, você terá a disposição agora os frutos do seu trabalho. 
Dê o toque final, todas as coisas boas que tiver conquistado serão muito bem aproveitadas no próximo ciclo, quando você terá oportunidade para ampliar, remodelar, reinvestir, expandir. 
Não comece nada a longo prazo. 
Apenas comece coisas que podem ser terminadas ainda nesse ano. 
Esse ano também pode trazer alguma perda, pois é tempo de retirar as antigas pedras do seu sapato, e pode acontecer de desmanchar sociedades, perder amigos (que no final das contas não eram tão bons amigos..), ou pessoas queridas se mudarem para lugares distantes. 
Seja tolerante, tenha muita compaixão, pois é hora de também fazer algo pelos outros, fazer caridade e trabalho desinteressado. 
Se você ficar se lamentando e for muito exigente poderá sofrer grandes perdas. 
As viagens estão muito favorecidas e também os planos para o futuro. 
É um ótimo ano para cuidar e restabelecer a saúde. 
Favorece todo o tipo de estudo e o auto-conhecimento. 
Nesse ano, pode ser que você seja invadido por lembranças passadas mais do que normalmente. 
Sua mente estará fervendo, mas o físico vai pedir mais repouso. 
Nos momentos difíceis, poupe-se: faça um retiro, tire férias, durma, deixe passar. 
Não tente segurar ninguém e nenhuma situação pelos cabelos. 
O que sair de sua vida nesse ano é bom que saia, você vai reconhecer isso a longo prazo. 
Faça as coisas que sente que devia ter feito há muito tempo, mas que vinha adiando por preguiça ou acomodação. Ponha sua vida em ordem, e faça um balanço de final de ciclo. 
Agradeça as experiências que viveu, a tudo o que aprendeu e a tudo o que conquistou. 
Esse é um ano em que sua vida começa a ficar mais pública do que pessoal. 
Sua imagem terá mais importância, e favorece o bom olhar e os favores de chefes e autoridades. 
Seu poder e influência tem a tendência de aumentar nesse ano, talvez você atraia mais “público” do que gostaria e se sinta sem espaço para si mesmo. 
Outra possibilidade é de chegar a você coisas distantes e diferentes, de países e culturas distantes, sejam pessoas, conhecimentos ou viagens. 
É uma energia que atrai professores, estudantes, intelectuais.


ANO PESSOAL 11 (onze) : TEMPO DE MUITA INSPIRAÇÃO.
É o ano da iluminação e da realização espiritual. 

No ano pessoal 11 não estão favorecidos os ganhos financeiros nem pessoais, pois seu sucesso estará relacionado com a espiritualidade, a religiosidade, a literatura, as artes. 
É um ano para pensar inteiramente nos outros. 
Seus ideais estarão sendo postos à prova, para serem vividos na prática. 
Pessoas virão até você em busca de orientação. 
Poderes psíquicos e intuição estarão em alta. 
Você poderá ficar muito sensível, tenso, nervoso e emotivo. 
As pessoas que vivem nessa vibração são sábias, interessadas nos outros, falantes mas bom ouvintes, com grande capacidade de orientar e ajudar apenas ouvindo os outros. 
As vezes ajudam até mesmo no silêncio. 
Nesse ano, você poderá ter idéias geniais, e muita coisa inesperada, não planejada e não compreendida poderá vir até você (são as revelações). 
Você não estará nada prático durante esse período, e as poucas coisas que conseguirá colocar em prática ou usar para si mesmo provavelmente virão através de pessoas com números pessoais 8, 9, 1 ou 22.
Esse é um ano muito difícil de se viver para quem não tem nenhum 11 nos números pessoais (do nome ou da data). 

Mesmo aquelas pessoas que tem o 11 no nome ou no destino não viverão todo o tempo nessa vibração, porque é uma energia difícil e desgastante, e repousarão no 2. 
Por isso, leia também o ano pessoal 2.


ANO PESSOAL 22 (vinte e dois) : TEMPO DE SERVIR Á HUMANIDADE.
Todas as vibrações do número 11 também são encontradas aqui, e ainda reforçadas. 

Mais uma vez, se não conseguir viver essas vibrações, estará vivendo um ano pessoal 4, e as pessoas que tem o 22 nos números pessoais também repousarão no 4 ocasionalmente durante esse ano. 
É um ano muito bom para as pessoas cujos projetos beneficiam a humanidade, ou o mundo. 
Quando as preocupações pessoais forem deixadas de lado, você poderá realizar muito, sem limitações. 
Há tendência de chegar em uma posição de liderança, administrando ou chefiando algum grande projeto ou uma grande empresa. 
Financeiramente, esse é um ano favorável para o grande empresário, e mesmo para o pequeno, mas que tem um grande projeto. 
Tudo aqui acontece em grande escala, ganha o mundo. 
É bom para aqueles que querem levar adiante suas causas, compartilhando com o mundo todo o seu imenso conhecimento. 
Tudo o que for muito pessoal ou egoísta será fracassado e, nesse, caso, voltará ao 4, à rotina e ao trabalho. 
Portanto, se você não tem afinidade com essa vibração, ou se tem mas não convive bem com ela, trate de viver bem o ano pessoal 4, colocando bases em seus projetos e não tentando novidades. 
Mas se você tem afinidade com o 22, saiba que nesse ano, seus caminhos se abrem ao infinito, ganham o mundo, você está com um toque especial que lhe dá grande capacidade de materializar as coisas, e elas crescem rapidamente enquanto você olha espantado pensando como foi que conseguiu tanta coisa..

Aproveite ao máximo o seu momento pessoal dentro do ciclo numerológico.

Namastê.

sábado, 19 de dezembro de 2009

O mês de Capricórnio: a Iniciação



As pessoas que aniversariam nesse período, as que têm a Lua, o Ascendente ou planetas pessoais (Mercúrio e Vênus) nesse signo sentem mais a sua influência do mês de Capricórnio. 
Todos temos esse signo em algum local do nosso mapa astral, com mais ou com menos força.


O signo de Capricórnio ocupa o local mais elevado do Zodíaco, corresponde ao chamado Meio do Céu, ou casa do Destino. 
Seu habitat é o alto da montanha. 
Seu objetivo de vida é chegar lá.

No nosso mapa astral, onde está Capricórnio e onde está o planeta Saturno é onde sofremos mais restrições e dificuldades, mas, se as vencermos, é o local mais alto materialmente falando, que alcançamos.


O nosso máximo em termos materiais está em Capricórnio, Saturno e a Décima Casa.

No mês de Capricórnio, o pensamento semente é “E a palavra disse: Que governe a ambição e a porta seja larga”.

Em sua oitava superior, o pensamento semente é 'MERGULHADO ESTOU NA LUZ ESPIRITUAL, PORÉM VOLTO AS COSTAS PARA ESSA LUZ”.

Em Capricórnio, após a euforia de Sagitário, prá começar, Capricórnio cobra a conta. 

Em segundo lugar, quer mais: em Sagitário, se obtém o pensamento independente, pouco influenciado pelo coletivo e em Capricórnio se acrescenta a isso a energia da Vontade.

As verdades descobertas em Sagitário são postas à prova da realidade em Capricórnio. 
As compras feitas são pagas.
A expansão de consciência adquirida em Sagitário se estabiliza em Capricórnio.

Capricórnio, junto com Câncer (seu oposto), participa do Eixo da Individualidade. 

Numa ponta está a família, e na outra ponta a vida profissional. 
Nesse caminho, a pessoa desenvolve e integra sua individualidade.

Capricórnio é um signo que se contrai, comprimindo num espaço mínimo o seu conteúdo (o conteúdo das experiências anteriores). 

Contrai, atrai, conserva e cristaliza as coisas. 
Fortalece as estruturas e cria as essências, capazes de alcançar profundos resultados com a energia da Vontade.

A energia de Capricórnio é muito forte, são as bênçãos concretas da vida, a prosperidade, abundância, bênçãos espirituais, mais expansão da consciência. 

O objetivo é conduzir à transformação e esclarecimentos. 
É uma oportunidade de iluminação.

Capricórnio também tem 3 níveis de energia:


1- A Cabra: o nível puramente material e mais egoísta do signo. A Cabra é esforçada e persistente, porém egoísta. Tudo faz para conseguir alguma vantagem material, e até mesmo suas amizades são interesseiras. É vingativa, sectária, egoísta e materialista. Fria de sentimentos pelos outros, apenas os tem por si mesma. Vive apenas para seu próprio prazer, satisfação e segurança. Enquanto a Cabra não se “ajoelhar” (Capricórnio rege os joelhos) com humildade diante daquilo que é maior que ela, ou que transcende a matéria, não sai dessa.


2- O Crocodilo: é o nível intermediário. Vive na água (sentimentos) e na terra (matéria). Por causa dos sentimentos, o Crocodilo tenta evoluir. Para isso, enfrentará alguns (5) testes:

a)dominar a matéria (isso inclui o dinheiro, sexo, tudo o que lhe dê muito prazer). O Crocodilo não precisa renunciar à matéria, apenas não deve deixar que esta o suborne, poluindo seus sentimentos e até mesmo ideais. Deve ser livre para usar a matéria, e não seu escravo.
b) expandir sua consciência para além de sua própria personalidade: é uma espécie de renascimento; viver uma vida criativa em contato com outras consciências além da sua própria é meio difícil, mas ele consegue. Principalmente através das artes e das várias formas de beleza. Isso aprimora suas emoções e constrói pontes entre as pessoas.
c) vencer o medo da solidão: a incerteza, as dúvidas, o medo de ficar sozinho, de ser abandonado e não conseguir sobreviver. Isso acontece quando cai a ficha do Crocodilo: a pessoa sempre está só, não importa quantos amigos tenha, quão grande seja sua família, se não tiver contato consigo mesma, com seu próprio eu, seus sentimentos verdadeiros. Com esse contato, a solidão desaparece, e o medo dela também. Afinal nascemos e morremos sós, mas tudo está sempre em contato com tudo (olha a Física Quântica por aí..)
d) dominar o orgulho e a ambição: o orgulho do Crocodilo se baseia na ilusão de possuir um grande poder, e que somente por causa desse poder ele deve ser muito respeitado (não por ser simplesmente um ser humano, isso não é suficiente). Consegue dominar o orgulho quando descobre que as pessoas são belas em suas essências e que ele não é o centro do universo, mas uma parte importante dele.
e) manter o nível: é o mais difícil, manter o que conquistou, um nível alto de amor, compreensão e auto-realização, um nível alto de espiritualidade também.

3- O Unicórnio: é o símbolo dos antigos Iniciados. A Iniciação sempre acontecia nas montanhas mais elevadas (subir a montanha significava vencer as dificuldades e quanto mais alto, mais espiritual e mais poderoso, embora também mais afastado da matéria). Conhece seu objetivo e não se desvia dele. O Unicórnio é um servidor da humanidade. Ele permanece na montanha iluminada do seu Ser, mas volta as costas para as necessidades puramente materiais, e irradia essa luz para auxiliar e ser útil. Oferece um serviço de alta qualidade, não contaminado por corrupção, suborno ou egoísmo, e pode ser um alto dirigente.


A montanha de Capricórnio forma um triângulo espiritual: pureza, beleza e integridade. 

E para alcança-la precisa de disciplina na vida, purificação do corpo e da mente e relações humanas corretas.

A Cabra cria guerras e conflitos com as energias que recebe.

O Crocodilo tenta estabelecer as relações humanas equilibradas e estabelecer uma harmonia.
O Unicórnio traz união, luta contra a injustiça, doenças, ignorância e corrupção. Busca a cooperação e a unidade.

A política, a comunicação, as finanças e economia são os campos preferidos de Capricórnio. 

Durante o período em que o Sol passa por esse signo é bem fácil ter mais percepção de nosso verdadeiro campo de serviço, nossa vocação.

Em Capricórnio aprendemos a realizar coisas materiais sem ser escravizados ou dependentes disso, e abrimos a porta para espiritualidade, a transformação, um novo estágio de consciência.


O planeta regente, Saturno, simboliza um velho sábio, que caminha lentamente, e com muita paciência vai ensinando o que aprendeu pela vida. 

Após muitas lutas, tem em sua bagagem apenas o essencial; após ter lutado muito por coisas materiais, ficou com sua essência, e essa leveza adquirida com a própria experiência é que lhe abre a consciência. 
Em Sagitário, com suas inúmeras possibilidades, formou sua própria visão do mundo. 
Em Capricórnio, coloca à prova suas convicções e vive na prática sua filosofia de vida. 
Formou um Eu resistente, concentrado e centralizado.

Quando o Eu é supervalorizado, ele é fraco, não é seguro, pois precisa demais do reconhecimento do mundo e da confirmação da sociedade (por isso a busca do status e do poder financeiro). 

O Eu bem desenvolvido não precisa desse egoísmo. 
A autoconsciência é flexível, e precisa de pouca confirmação externa. 
O Eu fraco está sempre na defensiva , se sentindo ameaçado e procurando ampliar mais e mais seu território e seu poder. 
A autoridade madura é uma autoridade interior, desperta, sincera, alegre e bondosa. 
Não manipula, não tiraniza, não dita as regras de vida dos outros, não precisa disso.

No pensamento semente,, “voltar as costas para a luz” quer dizer que primeiro saiu do padrão coletivo para desenvolver o individual e depois voltou ao coletivo novamente. 

No eixo de Câncer e Capricórnio, temos o nascimento físico (Câncer ) e o nascimento espiritual (Capricórnio).

A Festa do Natal simboliza o nascimento espiritual, interior, a iniciação nos mistérios. 

Na experiência do frio e da solidão desperta a vontade de união e amor, e por isso as pessoas se reúnem. 
Sem o amor, seriamos apenas robôs inteligentes. 
Para chegar a essa compreensão é preciso passar várias vezes pela experiência da solidão e do frio da montanha de Capricórnio.

A crise acontece quando precisamos descer a montanha e voltar ao mundo para levar essa luz para os outros que ainda estão subindo. 

Antes da iniciação, a pessoa passa por uma crise, quando não lhe resta outra escolha senão prosseguir. Se viveu impensadamente seu dia a dia poderá levar um golpe do destino para cair na realidade. 
Na experiência da solidão descobrimos que precisamos uns dos outros. 
E que para viver em comunidades, precisamos ser humildes, educados, descer do trono. 
Ao descer, humildes, lançamos nossas raízes no solo, e desse solo nos chegam novas energias, que nos fazem felizes também. 
A pessoa que viver egoisticamente apenas para si mesma, se quiser endurecer e se fechar nesse teimosa auto-ilusão de não precisar de ninguém, está seriamente ameaçada de perceber algum dia que o sucesso conquistado no mundo não lhe ajuda a superar alguns sofrimentos e nem sua solidão. 
O sucesso material é bom, mas é transitório.

Durante o período em que o Sol ilumina o signo de Capricórnio algumas pessoas pensam apenas nas contas a pagar e em suas próximas compras, planejam como ganhar mais dinheiro e trabalham loucamente. 

Algumas pessoas têm percepções bem claras a respeito de sua vocação, de seu destino, de suas responsabilidades também.

A persistência de Capricórnio ensina que não existe fracasso, apenas aprendizado.


A capacidade de se organizar, planejar, calcular e trabalhar estão muito presentes em Capricórnio. Para alguns, o medo de fracassar e o pessimismo também. 

Esse é um lado meio azedo do signo, que ainda acrescenta uma aparente frieza de sentimentos (na realidade é mais o medo de mostrá-los, de ser rejeitado, mas se for alimentado, esse medo acaba até mesmo negando os próprios sentimentos e necessidades mais importantes da vida).
A mania de perfeição e o nível alto de exigência em tudo também tem raízes nesse medo da rejeição.

Por isso, em Capricórnio, precisamos rir e amar. 

Como no Natal. 
A experiência do Natal é capricorniana: o frio, as dificuldades financeiras, as dificuldades para encontrar um lugar para descansar, a luta pela sobrevivência, e a importância da família e dos amigos, o calor do aconchego, do carinho, do amor, que nos fazem superar qualquer problema.

Em Capricórnio nós também mudamos de ano, é um novo ciclo, uma nova consciência, um novo nascimento.


A data verdadeira do nascimento de Jesus Cristo não é conhecida. 

Foi estabelecida essa data para retirar da memória do povo da época a semana da festa das Saturnálias (do deus Saturno), quando o rei e toda sua corte se recolhiam para dentro do castelo e o povo escolhia um dos escravos para reinar na cidade. Durante aqueles 7 dias, o escravo reinava e levava uma vida de rei (fora do castelo), fazia tudo o que tinha vontade, e o povo vivia uma espécie de Carnaval muito mais louco do que é o nosso atualmente. No sétimo dia, esse escravo era morto, sacrificado, e tudo voltava a ser como antes.

Vamos lembrar que em Capricórnio nos alcançamos o máximo, e que esse máximo não precisa ser ostensivo, pode ser em essência, algo muito forte, imaterial e íntimo, que quando compartilhado se torna ainda mais forte.


Aí vão algumas sugestões para desenvolver Capricórnio e nós mesmos:


1) Suba uma montanha, um morro, ou olhe na sacada e observe o mundo lá de cima. Lembre da subida, pense na descida.

2) Tenha contato com a terra ou com as pedras.
3) Construa algo material que exija paciência. Pode ser um vaso de argila, um castelo na areia da praia, uma torre de dominós, use sua imaginação.
4) Como tem sido sua escalada na vida? Você consegue se divertir com coisas simples do dia a dia e saboreia os momentos ou está correndo uma maratona em círculos? Você tem objetivos? E o que está fazendo para alcança-los?

Visualização de Capricórnio

Você está numa floresta de pinheiros, caminhando em direção a uma montanha. 
Você a vê de longe e quer chegar ao topo. 
Enquanto caminha, tente ouvir as árvores, o barulho das folhas, dos pássaros, das águas de um rio ou riacho, e continue caminhando. 
A escalada da montanha é difícil, mas você olha para o topo, e vê uma linda luz, ou um anjo, ou seu Guia. 
Você continua, persistente. 
Quando chega, todo iluminado, você se enche de alegria. 
Olhando lá de cima, nessa solidão silenciosa, você vê os penhascos, de pedra ou com neve, os precipícios ou geleiras, banhados pelo sol, que brilha num céu lindo e azul. 
O ar é frio e você respira profundamente enquanto olha a vegetação lá embaixo. 
Você reflete sobre a vida e depois desce, tranquilamente, ao mundo real.

Em Capricórnio, podemos usar nossa experiência adquirida até agora para de alguma maneira melhorar o mundo em que vivemos, vamos ser flexíveis e não achar que já aprendemos tudo, vamos nos dar a chance de aprender mais, vamos ser práticos, objetivos, organizados, mas nos lembrar das coisas simples e essenciais. 

Em Capricórnio nós naturalmente trabalhamos bem e mais. 
Mas precisamos lembrar mais de rir, de amar e de compartilhar.

Namastê!

Hércules em CAPRICÓRNIO: Cérbero morre


Objetivo: Abrir a passagem para o reino espiritual

Depois de ter trabalhado tanto, ter cumprido tantas tarefas, Hércules já é um Iniciado, está quase pronto, e nesse Trabalho já encontrou a sabedoria e está consciente de sua força interior.

Hércules pode contar consigo mesmo. 

Então, vai agora usar esses poderes adquiridos para ajudar ou salvar alguém que esteja em agonia, uma vítima de grande sofrimento.

Para lhe dar mais segurança, o Instrutor toca a testa de Hércules (a testa de Hércules se tornou muito sensível após o Quinto Trabalho, o Leão de Neméia). 

Com o toque do Instrutor, o sexto chacra de Hércules se abre, e ele consegue usar a Visão (vê a partir do seu interior também, não apenas com os olhos).

Ele vê uma cena terrível e fica impressionado: um homem caído sobre uma pedra, com as mãos e os pés acorrentados, gemendo de dor, as vezes gritando, enquanto um abutre lhe bica o fígado. De sua pele aberta, escorre um fio de sangue, que sai dele sem parar, e cai do seu lado. O homem suplica por ajuda, tentando elevar em uma prece as mãos acorrentadas, mas suas palavras só causam eco naquela paisagem deserta, estéril, afastada e silenciosa.

O Instrutor diz a Hércules que aquele homem se chama Prometeu, e está assim há muitos anos, por várias Eras inteiras (uma Era tem aproximadamente 2.500 anos!) e nunca vai morrer, porque é um imortal. 

Ele está em uma das regiões do Inferno, sob o domínio de um senhor muito poderoso. 
Ele só poderá ser libertado se alguém descer até as profundezas daquele local do Inferno. “Vai lá” diz o Instrutor, “faça o que deve ser feito, e depois volta para casa, para esse plano externo da vida”.

Hércules sai em direção ao Décimo Portal.

Ele vai penetrando para o fundo, como se estivesse caindo. 

E a medida que vai mais para baixo, mais denso e material é o local, e ele continua descendo como se estivesse chegando a algo parecido com o subconsciente do planeta.

Hércules está decidido e seguro como nunca esteve até aqui. 

Sabe que essa é uma tarefa muito importante. 
E a partir da conclusão desse Décimo Trabalho, ele estará totalmente à disposição de algo superior à sua compreensão do momento, talvez até superior às suas capacidades só humanas. 
Mas mesmo assim, totalmente lúcido, consciente e fincado na realidade, ele tem certeza, segurança dentro de si mesmo, uma tranquila autoconfiança.

Ele para de frente para uma decida íngreme, longa e muito difícil. 

Embora pareça estar sozinho naquele Trabalho, Hércules se sente acompanhado, muito bem acompanhado. 
Fica andando por lá, vagueia, se sentindo como se estivesse sendo guiado.

É uma situação totalmente diferente, nova, para ele, que não está mais ouvindo a voz do Instrutor, mas sente sua presença de alguma maneira diferente, através de uma energia e de coisas que acontecem em volta dele. 

Tudo é muito misterioso, e não dá para prever nada do que virá a partir disso.

Hércules precisa atravessar um rio muito escuro, que está envenenado (esse rio representa o subconsciente do planeta). 

Todas as almas desencarnadas devem passar por esse rio sem saber o que lhes espera na outra margem. 
E para isso, precisam pagar uma quantia em dinheiro, para pagar a barca que está sempre lhes esperando. 
Não é possível ir sem a barca, o rio está envenenado, não dá para nadar nele. 
Mas quando Hércules entra na barca, nada lhe é cobrado, pois o barqueiro sente medo diante de Hércules. 
Assim ele consegue chegar a Hades, o Inferno, um local escuro onde as almas dos falecidos vagueiam, algumas desesperadas, algumas desnorteadas outras entorpecidas.

Hércules percebe a presença da Medusa, em cuja cabeça tem serpentes emaranhadas em vez de cabelos. 

Tentando acerta-la, ele se espanta porque a espada não a atinge, mas se move no vazio. 
A Medusa desaparece. 
Ele percebe claramente que está em uma dimensão estranha, que julgava não existir.

Ele segue, atravessa um monte de labirintos, até que enfim chega à corte do Rei daquele mundo horroroso, que está sentando em um trono negro. “O que veio buscar no meu reino?”, lhe pergunta a criatura. 

Ele responde que veio libertar Prometeu.

O caminho até o centro de Hades (onde está Prometeu) é vigiado por um cão de 3 cabeças, nas quais se enroscam muitas serpentes, monstruosas. 

Seu nome é Cérbero. 
O rei dos Infernos lhe promete que, se ele conseguir dominar o cão Cérbero somente com as mãos, sem usar nenhuma arma, Prometeu será libertado. 
Mas aquele rei só promete isso porque não acredita que Hércules consiga, isso é uma tarefa impossível, ninguém jamais conseguiu, nem com armas.

Hércules acredita em si mesmo e vai até o encontro do cão Cérbero de 2 cabeças. 

O latido é terrível e penetra nos seres. 
O cão rosna e corre em direção do herói que, com uma incrível rapidez dá um salto. 
Antes que o cão consiga reagir, o herói agarra Cérbero com a mão, pelo pescoço da sua cabeça central. 
Com sua enorme força, Hécules aperta a garganta do cão que se debate, preso em suas mãos. 
Aos poucos, enfraquecido, o cão se deixa dominar. 
Pela garganta passam alimentação e ar (para dentro) e comunicação (para fora). 
Hércules interrompe essa passagem e o cão morre.

O herói segue adiante, ao encontro de Prometeu, que agoniza e nunca morre. 

Tira-lhe as correntes, e Prometeu está livre daquele sofrimento.

Com a tarefa terminada, ele volta para a vida material, ao encontro do seu Instrutor, que lhe diz (sem usar as palavras) que uma luz começou a brilhar na escuridão do subconsciente da Terra, e que aquele foi seu primeiro Trabalho para uma dimensão maior. “Repouse agora, meu filho”, diz o Instrutor.

Nos Trabalhos anteriores, Hércules passou pelo seu próprio subconsciente, pessoal, através de muitos pântanos. 

Nesse, ele vai até o subconsciente coletivo, um inferno. 
Como já aprendeu a lidar com seu próprio subconsciente, iluminou sua própria Sombra, encarou de frente as partes mais renegadas e nojentas do seu próprio ser, agora sua capacidade de prestar algum serviço está muito ampliada. 
Nada se aprende apenas ouvindo, observando, lendo, copiando, mas somente a experiência, a própria vivência e o tempo é que ensinam prá valer.

As 3 cabeças do cão Cérbero representam 

- a sensação, 
- o desejo e 
- as boas intenções. 

A cabeça do centro, o desejo, é atacada logo por Hércules, porque é essa a mais forte, que comanda as outras. 

As sensações deixam a mente ocupada, quando ela deveria estar livre. 
As boas intenções (de boas intenções o inferno está cheio, lembra?) da humanidade quase nunca correspondem às reais necessidades da própria pessoa ou de outras. 
As boas intenções são meras ilusões que lutam contra o vento, pois são controladas pelos desejos.

As serpentes enroscadas e emaranhadas representam as ilusões que impedem a evolução interior, principalmente o materialismo com seu excesso de consumo, luxo, apego a objetos, situações ou pessoas. 

Essa ilusão e materialismo não são coisas do nosso século, o consumo exagerado causado pelo desejo egoísta de poder sempre existiu, desde a época em que não havia shoppings. 
E tudo o que era considerado luxo, conforto, status em períodos anteriores hoje não passa de lixo, para nós, nesse século. 
Por isso é mesmo uma ilusão. 
Outra ilusão que atrapalha muito, uma ilusão psíquica e também antiga, é o medo, que paralisa as ações do ser. 
O medo é um resíduo da pré história. 
As condições difíceis de sobrevivência deixaram marcas profundas no inconsciente coletivo. Desastres ecológicos, lutas com animais ferozes, climas hostis, tudo isso deixou marcado o subconsciente do planeta todo, e a humanidade carrega essas feridas até hoje.

O medo somente será desalojado do planeta na medida em que a humanidade se der conta de sua imortalidade, quando conseguir construir uma ponte entre sua consciência pensante (a mente) e a sua consciência superior, experimentando a vida em outras dimensões, lembrando que não nasceu no mundo físico nem ali morrerá. 


A vontade, não o desejo, de conhecer outras dimensões vai construindo passo a passo essa ponte.


Esse trabalho é inconsciente, e não pode ser controlado pela mente que analisa. 


- No nível físico, pode ser estimulada a construção dessa ponte através da autodisciplina tranquila (não matar a parte animal). 

- No nível emocional, pela transformação do egoísmo em vontade de servir e fazer a sua parte e se tornar um elo positivo na corrente da evolução. 
- E no nível mental essa construção é feita de maneira automática, quando se mantém a concentração e a vontade firmes e inalteradas, o que só é possível quando se tem e se cultiva a energia da Fé.

A partir desse Trabalho, Hércules vai se voltar cada vez mais para o coletivo e o altruísmo.

- Em Áries, Touro, Gêmeos e Câncer foi a fase de preparação, e as energias estavam voltadas exclusivamente para si mesmo, para conseguir iniciar e continuar os Trabalhos.


- Em Leão, Virgem, Libra e Escorpião foi a fase de transformação pessoal com suas crises, lutas e esforços para melhorar como pessoa.


- Em Sagitário, Capricórnio, Aquário e Peixes a fase de desenvolvimento continua e vai chegar até sua realização completa. 


Nesse último estágio, cada vez mais se voltará para o coletivo, pois o individual aqui já está pronto.

No Décimo Trabalho, de Capricórnio, Hércules está começando a ficar altruísta, pois enfrenta o Inferno para libertar a humanidade de si mesma, passando por aquele rio horrível, escuro e envenenado com total convicção e segurança, porque já aprendeu que não estará totalmente livre enquanto ainda houver uma só alma aprisionada. 


Hércules está começando a aprender que todos estamos unidos, e o bem e o mal que fazemos aos outros, estamos fazendo em primeiro lugar a nós mesmos.

Para chegar a esse nível, o caminho não é mais percorrido com os exercícios de antigos tempos. 

Em nosso momento atual, podemos erguer nossa Hidra (Oitavo Trabalho, Escorpião) até a luz do Sol e dos ventos curadores apenas mantendo a mente elevada e firme no mais alto que sua consciência puder alcançar, até transcender a escuridão da ignorância e as prisões do medo e da dúvida.

No Trabalho de Gêmeos, Colhendo as Maçãs de Ouro, Prometeu também estava presente, e simbolizava o próprio Eu Superior de Hércules, que estava aprisionado e enraizado ainda somente na matéria. 


No Trabalho de Capricórnio, Hércules encontra Prometeu novamente, mas aqui Prometeu simboliza a escravidão da humanidade aprisionada por seu negativismo, vindo do desejo egoísta. 


E a humanidade só pode ser ajudada por Hércules depois que ele próprio se ajudou e se tornou livre. 


Quando começaram os Trabalhos, Hércules também era prisioneiro, mas não sabia disso.

Capricórnio, signo da matéria dura e pura, por mais contraditório que seja isso, é uma porta para a “iluminação” espiritual. 


Por ser um signo cardinal (os 4 cardinais abrem portas: Áries, Câncer, Libra e Capricórnio) que chega ao máximo da matéria, abre uma porta para o coletivo, que virá nos dois signos seguintes: Aquário e Peixes.

A mensagem desse Trabalho é que a medida em que nos libertamos de nossas prisões, além de viver mais felizes, estaremos aptos a ajudar as pessoas e seremos mais úteis na evolução do planeta todo. 


Ao mesmo tempo em que continuaremos cuidando e pensando em nós mesmos, pois tudo que sai de nós volta para nós e, quase sempre aumentado.

Namastê!