...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

eclipse total da Lua, 27/09/2015

Temos eclipse total da Lua em 27/09/2015, domingo.
Será visível no Brasil, em todas as Américas, na África e na Europa.
A Lua Cheia acontece às 23:50h, em Brasília, com Sol a 4° Libra na casa 4 e Lua a 4° Áries na casa 10.
O eclipse inicia às 23:11h e termina a 00:23h do dia 28/09. O máximo do eclipse acontece às 23:47h.
Em astrocartografia, no Brasil, as linhas do Sol e da Lua cruzam o Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Luis do Maranhão, a linha do Nodo Norte cruza São Paulo e Brasília, a linha de Kíron cruza Manaus e a linha de Mercúrio cruza Fortaleza, locais onde seus efeitos tem mais tendência a se materializar.
Para o Brasil, no mapa do dia 02
a Lua oculta faz conjunção com Plutão natal na casa 5, enquanto Sol e Mercúrio lhe fazem oposição. Bons aspectos com Júpter natal na casa 6, enquanto Marte cruza o Meio do Céu. Mudanças de dentro para fora, quase impostas. Atuação forte do congresso, muita polêmica sobre leis, conquistas dos trabalhadores. Marte no Meio do Céu também indica ações fortes tanto vindas por parte do governo, quanto cobradas e/ou quase impostas. Com Plutão sendo tocado é difícil prever, já que Plutão se refere ao que está oculto, e também anuncia acontecimentos marcantes e transformadores, para o bem ou para o mal.
Esse mapa está bem mais difícil do que o outro, nos trânsitos. Com Saturno na casa 12, Plutão na casa 2, Netuno na casa 4, temos instabilidade financeira e insegurança por muito tempo. Urano na casa 5 e regendo a 3 mostra a força da comunicação, da internet e da tecnologia crescendo cada vez mais.

Para o Brasil, no mapa do dia 07:
Lua oculta em conjunção com Plutão natal na casa 2, enquanto Sol e Mercúrio lhe fazem oposição. Bons aspectos a Jupter e Lua natal na casa 4, enquanto quem está na casa 10 é Saturno. Simbolismo semelhante no que se refere aos planetas lentos: mudanças de dentro para fora, quase impostas, e a conjunção com Plutão indicando acontecimentos marcantes e transformadores, para o bem ou para o mal. Mas nesse mapa, ao invés de atuação forte, o congresso está em lutas de poder com a passagem de Plutão aí, enquanto Urano ingressando na casa 3 não deixa nada debaixo do tapete. As casas envolvidas, 2 e 8, levam a atenção principal para a situação financeira, que fica extremamente delicada, com chance de falências e inadimplência, muita briga aí. Os aspectos harmônicos à Lua e Júpter natais indicam conquistas e avanço para a população, apesar da crise. Porém essas conquistas e avanços estão ocultas na casa 8, sendo gestadas, portanto é para o futuro próximo, enquanto que financeiramente, apesar do bom aspecto da Lua, ela oculta na casa 2 simboliza que o dinheiro esperado ainda não vem. Mesmo assim, os aspectos benéficos à casa 4 e à Lua natal "poupam" o nosso povo sofrido de problemas ainda maiores.
A duração dos efeitos desse eclipse é de aproximadamente 1 mês, por 2 meses antes e 2 meses depois.
Para complementar, o simbolismo é o mesmo da Lua Cheia de 27/09, no post de setembro, não vou repetir aqui.

A Lua entra na penumbra às 21:12h, e na sombra às 22:07h. Sai da sombra às 1:27h do dia 28/09 e sai da penumbra às 2:22h.

No eclipse da Lua, ela é coberta (eclipsada) pela Terra que está entre a Lua e o Sol, num ângulo de oposição, próximo dos graus dos Nodos. (para maiores detalhes, veja o texto "Eclipse, o que é isso?")

Temos o passado, os instintos e emoções "soterrados" pelo ego, a visão de futuro, vitalidade e força física, e a vontade de obter sucesso.

Sol libriano ocultando a Lua em Áries desconecta da criança interior.
É possível que novos projetos, novas ideias e novos caminhos sofram atrasos e obstáculos temporariamente, sendo necessária uma profunda revisão antes de serem retomados.

Há tendência a frieza e falta de empatia, focando somente no "politicamente correto", nas aparências, na intenção de agradar, ser aceito, não levando em conta as necessidades internas: seguir a corrente, não importa o que esteja sentindo, sem questionar.

Discussões importantes a respeito de leis também devem dominar esses dias, já que Libra também se refere às leis.

Muita polêmica para provar quem tem mais razão ou menos, possivelmente sem chegar a conclusões ou acordos importantes ou muito inteligentes, pois Mercúrio, regente do mapa, está retrógrado e combusto, desfavorecendo a lógica.

Não é um momento bom para decidir coisas importantes, mas para seguir a maré, ir levando a vida da melhor maneira possível.

Ainda estamos sob efeito do eclipse solar anterior, então as coisas se misturam um pouco.
Os sentimentos e emoções que estavam sendo despejados quase que de maneira irresponsável, agora são duramente reprimidos e recalcados até o fundo do inconsciente.
A consequência disso é uma sensação de frustração, sem saber de onde vem.

A resposta a essa frustração pode vir agressiva, já que Urano, também em Áries, não fica oculto. E, mesmo retrógrado, insiste que é necessário fazer coisas novas e diferentes; retrógrado, parece "cobrar" o por quê isso não foi feito ainda.

A energia ariana não é destruída, mas ocultada, e continua buscando expressão de maneira invisível, enquanto o Sol libriano aponta para a tomada decisões importantes, fazer escolhas, sair "de cima do muro" e seguir o que é correto.

No dia 02/11/2015 os regentes do Sol e da Lua (Vênus e Marte) desse eclipse estarão em conjunção a 22/23° Virgem, próximos ao eclipse anterior, do Sol pela Lua, ocorrido a 20° Virgem.

Durante esse movimento (até início de novembro/2015), teremos os resultados mais importantes desses dois eclipses.

Até a conjunção de Vênus e Marte a 22/23° Virgem, Mercúrio (regente do eclipse anterior a 20° Virgem) fica retrógrado de 15 a 0° Libra e entra em movimento direto a partir de 09 de outubro (11:56h); ainda durante a conjunção Vênus/Marte, Mercúrio ingressa em Escorpião (no dia 02/11 às 4:06h).

Me parece um período bastante tenso, com necessidade de revisar muita coisa, consertar, dialogar e compartilhar também, buscando acordos e consenso com o objetivo principal de fazer a vida funcionar, além de buscar novos caminhos (Virgem, Libra e Áries).

Isso não me parece fácil, principalmente no período de Mercúrio retrógrado (17/09 a 09/10/2015) pois nesse período a comunicação fica muito difícil, tanto por não se expressar adequadamente quanto por não ser bem compreendido, além das intrigas e fofocas que esse movimento costuma causar, principalmente quando as pessoas estão em baixo nível espiritual.

É importante manter em ordem tanto a vida interior, como os papéis e a burocracia, as gavetas e as máquinas, dando um passo de cada vez, para não acumular probleminhas que depois viram problemões.

Isso tende a aliviar a partir do momento em que Mercúrio, já direto, passa do seu ponto de retrogradação, a partir de 24 de outubro, quando a comunicação já está mais clara e a tendência natural passa a ser entrar em acordo com as pessoas, ou pelo menos os acordos estarão mais fáceis, já que depois dessa data Mercúrio também sai da quadratura que fará com Plutão e da oposição com Urano (mais escândalos e agitação).

Então.. obstáculos à vista novamente, principalmente ligados à comunicação.

Decisões importantes deveriam ser deixadas para depois.

Na época da conjunção Vênus/Marte, com Mercúrio entrando em Escorpião, decisões importantes provavelmente serão tomadas, e veremos o resultado mais prático desse período.

Esses dias tensos e confusos servem principalmente para revisar a vida, as decisões que precisamos tomar, as escolhas que queremos, e as opções que temos. São tempos de muito aprendizado (outro assunto de Mercúrio).

Acima de tudo, é preciso ter cuidado com a pressa, aquela vontade de resolver tudo no mesmo dia (passa anos parado e depois sai correndo com pressa.. questione isso).

Também é bom cuidar com as palavras, com a possibilidade de ser mal interpretado e a tendência de falar sem pensar. Mais do que isso, ser coerente.

Durante esse período, em 23 de setembro, teremos o equinócio de Primavera no hemisfério Sul (Outono no hemisfério Norte) que geralmente também marca mudanças, pois inicia e termina ciclos.

Não precisamos temer nenhum eclipse, mas fluir com a energia.

As pessoas com Sol, Lua, Ascendente ou outros pontos pessoais importantes do mapa natal a 20° Virgem, 20° Peixes, 4° Áries e 4° Libra (com orbe de 5° para mais ou para menos) sentem mais a intensidade desses eclipses, de acordo com os planetas tocados e as casas que eles ocupam e regem.
E apesar dos aspectos desafiantes, se o eclipse formar aspectos harmônicos em seu mapa, está indicando boas oportunidades de mudanças e benefícios.

A nível geral, é necessário prestar mais atenção na comunicação, organizar e consertar o que for necessário, descarregar energia física para não se intoxicar com agressividade recalcada, buscar empatia e compreensão nas situações, e equilibrar isso com suas necessidades individuais.

É importante buscar esse equilíbrio entre as necessidades individuais e as necessidades coletivas, assunto do eixo Áries/Libra.

Durante o período do Sol em Virgem é tempo de aparar as arestas do ego leonino, plantar sementes, gestar nossas ideias e usar a poderosa energia virginiana para reequilibrar o caos no planeta.

Quando entra em Libra, o Sol direciona para "passar entre as duas grandes linhas de força" (ver texto do Mês de Libra), quando nascemos como parceiros e precisamos conviver, observamos que não estamos sozinhos, que só sobrevivemos em grupos, e precisamos dar mais atenção à vida social e à atuação conjunta.

Mas em Libra precisamos tomar uma decisão muito importante: vamos para Escorpião ou voltamos para Virgem? Ou vamos ficar perdendo tempo no “olho por olho e dente por dente” da corrida pelo equilíbrio dos pratos da balança?
O eclipse em Libra/Áries reforça essa necessidade de se posicionar perante a vida, tomar decisões.

Temos todo o período da passagem do Sol por Libra para refletir sobre isso, e é importante que tomemos decisões sim, mas com bastante reflexão antes, já que nesse ano as energias estão quase caóticas, como se estivessem testando nossa capacidade de resistência, de bom senso e equilíbrio interno.

No coletivo, isso reflete na imagem de líderes isolados e fortes x governo de união de forças, ou grupos. Confrontos entre governo e população. Questionamento da ordem e das hierarquias. Mudanças nos rumos do governo. Acontecimentos climáticos e políticos fortes.

Além disso, devido a Lua eclipsada reger a casa 2, reflete novamente na situação financeira, com instabilidades, falências, inadimplência, "apagões financeiros", perdas.



Esse eclipse pertence à série Saros 137 de eclipses lunares. O primeiro da série aconteceu em 17/12/1564 no eixo Capricórnio/Câncer, e o último acontecerá em 20/04/2953 no eixo Touro/Escorpião. Se move do Sul para o Norte.
Composta de 78 eclipses, o atual é de número 26.

Na série saros 137 o primeiro eclipse (17/12/1564) ocultou a Lua em Câncer, e o último (20/04/2953) ocultará a Lua em Escorpião, os dois parcialmente visíveis no Brasil, o primeiro no fim do eclipse e o segundo no seu início.

Duas Luas de Água sombreadas por Terra.
Iniciou no Sul , onde as coisas terminam, sombreando os instintos de segurança, aconchego, intimidade e proteção em detrimento da organização social, do status, do dever.
E terminará no Norte, onde as coisas começam, sombreando os instintos mais agressivos do ser individual em detrimento da vida prática e da segurança.

Faz um caminho contrário, do fim para o começo, mostrando um potencial para gerar algo novo e, ironicamente, começa reprimindo a necessidade de segurança para terminar enfatizando essa mesma necessidade.

Saturno, o Senhor do Tempo, é o único planeta a dar uma assistência benéfica nesse eclipse.
Ingressando em Sagitário, o Velho Mestre que é tão apegado ao passado, aponta para o futuro, para a abertura da mente, a busca de conhecimentos.
Chama para o dever, a lei, o respeito às hierarquias e regras da sociedade, além de estimular o crescimento pessoal e o intercâmbio com pessoas de culturas, raças, religiões, ideias ou costumes diferentes dos nossos.

Saturno está em sextil com o Sol e trígono com a Lua contribuindo com um pouco de estabilidade nesses dias turbulentos, estabilidade baseada na capacidade de seguir em frente, se adaptar às mudanças e necessidades atuais e ter esperança no futuro, temas sagitarianos, território que ele está ingressando.

Mostra a opção da paciência, do estudo, da busca de mais conhecimento antes de tomar decisões importantes e principalmente da visão que abrange o conjunto das situações, tomando as responsabilidades futuras pelas consequências de nossas escolhas, sejam elas quais forem.
Namastê.


Um comentário:

Diógenes Lima disse...

Gratidão! Maravilhosa interpretação!