...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

eclipse penumbral da lua em 18 outubro, 2013

" Não chore. Voe."
(Crônicas de Gelo e Fogo/A Guerra dos Tronos/Bran, George R.R.Martin)

O eclipse acontece na Lua Cheia do dia 18/10, sexta-feira, 20:37'41"h (em Porto Alegre).
Sol a 25°45' Libra na casa 5/6 e Lua a 25°45' Áries na casa 11/12.
Ascendendo 22°13' Touro e Meio do Céu a 28°41' Aquário.

O fenômeno do eclipse inicia às 18:53h e termina às 22:53h, com seu auge previsto para 20:50h.

Será visível na Europa, Oeste da Ásia, África, Leste da América do Norte e Leste da América do Sul, na maior parte do Brasil.
Eclipse penumbral é feito de poucos "efeitos especiais" (como o eclipse total), escurecendo a Lua apenas em parte, e será sucedido por um eclipse total do Sol no dia 03/11/2013, que não será totalmente visível no Brasil.
O próximo eclipse da Lua acontecerá em 2014, em abril, dia 15.
A parte em branco da figura mostra onde o eclipse será visível.

O efeito desse eclipse é de, no máximo, 4 meses.


Sol no Nodo Norte e Lua no Nodo Sul: o Sol está mais forte.

Eclipses da Lua ocultam o passado, a sensibilidade, a memória e a intuição, e levam as atenções para o futuro e para a razão.

O eixo de Áries/Libra é o Eu/Você, o Individual/Social.

Nesse caso o Você/Social prevalecendo sobre o Eu/Individual.
A razão sobre a emoção.
O futuro sobre o passado.
A lógica sobre a intuição.

Primeiro, o momento pode ser muito bem aproveitado para melhorar todos os relacionamentos, seja para unir, seja para romper.

Essa Lua Cheia eclipsada nos puxará a atenção para o futuro, para a vida prática, a aparência externa, as realizações práticas e o comportamento social elegante, reprimindo as emoções, a sensibilidade e as necessidades individuais.

Sol e Lua participam de um quadrado em T separativo, cuja ponta é Júpter em Câncer.
As sensibilidades à flor da pele contrastam com os exageros pessoais e a frieza em relação às consequências emocionais no outro.
A tendência é de ter muita gente magoada, enraivecida e com dificuldade em digerir os "sapos" que serão engolidos.

A sensação é de "posso tudo se estiver bem apoiado".

Certamente os apoios e o diálogo serão fundamentais nesses dias, mas em novembro teremos o eclipse do Sol, quando as emoções represadas ou machucadas aqui, serão soltas.

Portanto, aproveite a tendência de focar no futuro para pensar nas consequências (futuras) de seu comportamento e palavras sobre os outros.

Os tantos aspectos de facilidade e oportunidade dão a impressão de que as portas se abrem suavemente aos nossos desejos, melhoram o humor., estimulam as festas e as diversões e fazem imaginar que o dinheiro não tem fim.

Se, por um lado, esse bom astral ajuda e solucionar problemas com mais criatividade e torna a vida mais leve, também contribui para alienar o Ser da situação total, concentrando-o na parte mais fácil da sua vida.

O Sol forte, e ocultando a Lua, nos enche de energias e alegrias, leva a atenção para o futuro e sacode a poeira sem se deter em melindres.
Fica com a sensação de que está tudo muito claro e lógico.

Mas Netuno, o Sonhador, se opõe a Marte no Fundo do Céu.
Sonha de cima prá baixo, confunde nossas ações enquanto curtimos a delícia do momento (trígono com o Sol).

O elemento Água predomina.
É um eclipse "encharcado" de emoções.
Ironicamente, a Lua eclipsada, nossa parte mais sensível obscurecida, em Áries, se traduz como a dificuldade em perceber nossas reais necessidades (que, em Áries, gritam por satisfação!).
Com as emoções à flor da pele e a inconsciência das necessidades emocionais, o resultado é um flutuar instável e inseguro entre amores, ódios, impulsos que não compreendemos, confundindo sensações com sentimentos.

Embora o momento continue tenso e desafiador - com Plutão (deus dos Infernos) e Urano (deus do Antigo Céu) a se engalfinharem numa luta que ainda vai até 2015, e Marte (o deus da Guerra) tentando fazer frente à oposição de Netuno (o Sonhador) -  o Guerreiro luta contra o que não vê claramente, em forte desvantagem.
Mas ainda assim é um momento muito aproveitável - se não cairmos na armadilha da ilusão.

Um mapa cheio de facilidades traz sorte, prosperidade e bem estar.
Contato que não fiquemos parados, esperando.

O estímulo para a ação é justamente a presença dos contratempos e obstáculos.
"Tudo o que está em repouso tende a permanecer em repouso".
E, "a menos que uma força de igual intensidade se oponha", a tendência é de se acomodar nos períodos tranquilos, e nada conquistar.

Embora eu não seja da opinião que devamos permanecer o tempo todo lutando, trabalhando e nos estressando,
embora eu pense que o repouso, o equilíbrio e a diversão são imprescindíveis,
penso que nesse momento as facilidades podem encobrir problemas importantes, caso usemos esses dias apenas para aproveitar e curtir o momento.

Prefiro um mapa com facilidades do que um mapa muito tenso.

Mas a armadilha daqui é a ilusão de que não há problema nenhum, e que as sensibilidades magoadas não trarão consequência nenhuma.

Marte presta assistência ao eclipse, com trígono à Lua e sêxtil ao Sol, aplicativos.
Em Virgem, no Fundo do Céu, a mensagem do Guerreiro é a de continuar seu trabalho e nunca descuidar dos detalhes.

Dessa forma, a aparente insignificância da sensibilidade alheia passa a ser um detalhe importante, e não necessitamos cair na armadilha de nos iludir, pensando que tudo é inconsequência.

Claro, isso se conseguirmos acessar o Guerreiro, se lhe salvarmos do afogamento no mar dos Sonhos netunianos, ou seja: trabalhar e realizar apesar dos temores, sensações estranhas ou incompreensíveis, não se perder num emaranhado de detalhes, não desprezar os detalhes, nao se auto sabotar, não se sobrecarregar tanto que no fim não consigamos levar nada nem até a metade.

O Ascendente Touro, que busca conforto, prazer, segurança e prefere o que é tradicional, está regido por Vênus em Sagitário, que busca novidade, aventura, conhecimento e diversão. O foco está dividido, e fica difícil de traçar objetivos.

O Meio do Céu em Aquário, que busca progresso, fraternidade e justiça social, é focado no futuro, e não tem medo de romper padrões, está regido por Urano e Saturno.
Urano, em Áries, concordando com o Meio do Céu, se atreve, vai à luta.
Saturno, em Escorpião, mostra os medos, e exige que, antes de avançar, estejamos em ótimo relacionamento interno conosco mesmos e livres de bloqueios emocionais.
Os dois em signos de Marte indicam que, apesar de um pouco lentas, devem acontecer mudanças importantes.

As casas de Água estão cheias de presenças importantes (Lua, conjunção de Júpter, Marte e Plutão) indicando que a vida interior estará agitadíssima.

O inconsciente e o subconsciente derramam suas mensagens generosamente sobre nossas cabeças – mas será que lhes daremos atenção? (afinal, o eclipse nos leva para o futuro)

O período favorece todas as atividades abstratas, a espiritualidade, esoterismo, magia, oráculos, parapsicologia, sonhos, telepatia, paranormalidade, enfim, toda essa área.

Mas como toda moeda tem o seu reverso, também estimula o consumo de drogas, o descontrole, o alcoolismo, as paranóias, neuras, compulsões, reações inconscientes.

Isso vai depender tanto do livre arbítrio (parar para refletir) quanto do nível de desenvolvimento pessoal de cada um.

Mercúrio em Escorpião aprofunda os pensamentos e percepções, mas também tem desconfiança, rancor, calculismo.
O trígono com Júpter em Câncer abre a intuição e a mente, principalmente para quem optar por tirar sua atenção do passado, de eventuais mágoas e ódios.
Também favorece os estudos e a pesquisa profunda, as descobertas de causas, defeitos, talentos e tesouros.

Para quem conhece seu mapa astral de nascimento, vale lembrar que a área tocada pelo eclipse é aquela que reflete seu significado em sua vida.

A Lua eclipsada a 25° Áries, caindo na sua

CASA 1: Necessidade de autoconsciência, vontade de mudar aparência ou comportameno para agradar alguém, ilusão de que a aparência lhe trará mais progresso do que o conteúdo.
Problemas de comportamento, dificuldade em se assumir, se posicionar. Submissão.

CASA 2: Teste de valores. Deixe decisões financeiras para daqui a alguns meses. Exageros sensuais. Tendência ao isolamento, fugas de alguma realidade incômoda através de drogas ou da imaginação.
Problemas financeiros, insegurança. Descobrir o que é realmente importante para você e contar consigo próprio. Organizar sua vida financeira.

CASA 3: Comunicação confusa, necessidade de refletir antes de falar e de tirar conclusões. O raciocínio lógico misturado com memórias e a impressão de ser o portador da verdade pode custar algumas correções e pedidos de desculpas mais tarde. Mesmo assim, os estudos estão estimulados.
Problemas com carro, celular, computador, transporte.

CASA 4: Dificuldade de conectar consigo mesmo e perceber suas reais necessidades. Priorizando trabalho e vida social e desprezando a intimidade, família e amigos antigos.
Problemas domésticos, com o local que mora, a família ou pessoas íntimas.

CASA 5: Exageros em atividades sociais, tendência a se despersonalizar em função daquilo que a sociedade ou algum grupo específico espera de você.
Dificuldade em se divertir e relaxar, problemas com filhos ou crianças.
Romance instável. Aposte mais em você, use sua criatividade na sua própria vida.

CASA 6: Rotina desorganizada, descuido com a saúde, desprezo pelas tarefas maçantes e obrigações cotidianas, cansaço, indisciplina. Tendência a se refugiar em sonhos e realizar pouco.
Problemas com consertos, organização prática da vida, burocracia ou com colegas de trabalho. Precisa cuidar mais da saúde.

CASA 7: Tendência a gastar muito com aparência, quer mudar visual, mudar a vida toda em poucos dias, pouca paciência com as outras pessoas.
Problemas de relacionamento, dificuldade em dialogar e perceber a necessidade da outra pessoa, pensando mais em si mesmo.

CASA 8: Impressão de que o dinheiro não termina nunca, que o crédito é ilimitado, que você pode comprar tudo. Tendência ao ciúme, gula, exageros, busca exagerada por sensações.
Problemas sexuais, dificuldade em resolver problemas. Necessidade de repensar a vida e descobrir o que realmente é importante para você, enfrentar os fantasmas do passado e seus medos. Morte e renascimentos. Desapegar.

CASA 9: Superficialidade, dificuldade de estabelecer ou seguir seus próprios objetivos. Tendência a não terminar nada. Desperdício, tagarelice.
Problemas com viagens, questionamento de suas crenças, ideiais e ambições pessoais.
Precisa mudar a rotina, seguir novas direções, explorar algo novo.

CASA 10: Tendência a fugir do mundo, buscar um porto seguro, medo de conseguir aquilo que desejou. Dificuldade em exercer seu papel no mundo, seja profissional, social ou familiar (caso não trabalhe).
Problemas no trabalho, na sua principal atividade do momento. Necessita lembrar seus objetivos e persistir, ter paciência com autoridades, hierarquias e pessoas mais velhas. Não fuja da vida. Assuma suas responsabilidades.

CASA 11: Tendência a exagerar nas festas, diversões e prazeres. Comportamento infantil e egocêntrico. Indisciplinado, faz suas próprias regras. Convivência difícil.
Problemas de relacionamento com grupos, sejam eles de trabalho ou grupos sociais. Precisa se integrar e se sentir pertencendo a algum grupo e assumir responsabilidades coletivas, não pensando somente em si mesmo.

CASA 12: Fuga para o trabalho. Sobrecarregado de tarefas e responsabilidades. Perfeccionismo, nada está bom. Preocupações com trabalho, saúde, stress. Cansado de tantas obrigações, se sente escravo mas não consegue parar.
Problemas se resolvem mais facilmente quando se abre para a espiritualidade ou a vida interior (caso não creia em nada).
Permita-se alguns momentos de férias e relaxamento durante alguns momentos do dia.
Permita-se rir mais ou chorar, se estiver precisando.
Não procure explicações para tudo, a humanidade ainda conhece muito pouco de si mesma, do universo e da vida.

Para complementar, copio parte do texto do mês de outubro/2013, correspondente à Lua Cheia:

18/10, sexta-feira, 20:37'h : LUA CHEIA.
ECLIPSE PENUMBRAL DA LUA.
Sol a 25°45' Libra na casa 5 conj. 6 e Lua a 25°45' Áries na casa 11 conj.12.
Ascendendo 22°13' Touro e Meio do Céu a 28°42' Aquário.
"A Rainha, sorridente, contempla escondida a felicidade do povo enquanto o Rei assina acordos de paz. Ela recebeu um recado do mundo superior, mas o Rei não lhe deu importância."

20/10, domingo, 00:00h: início do horário de verão por aqui (odeio!)

21/10, segunda-feira, 7:28':37" : MERCÚRIO RETRÓGRADO a 18°23'39" Escorpião (até 10/11)

Lua Cheia, o auge do ciclo, quando tudo fica muito claro, acontece no eixo do Encontro (Aries/Libra = eu/você).
Nesse caso, o Você encontrando o Eu.
O Eu Social (Libra) negociando com o Eu Individual (Áries).

Impulsiva e idealista, a energia dessa lua cheia estimula o romance e a sensualidade.
Mas os exageros emocionais também.

Difícil discriminar e raciocinar logicamente quando a imaginação corre solta e toma as rédeas.

Voltados para o futuro, a tendência é ir atropelando sensibilidades.

As sensações falam mais alto que os sentimentos, e as impressões que colhemos ficam parciais.
Junte a isso a certeza de estar fazendo o melhor, e o resultado é a possibilidade de revisões, correções e consertos no futuro.

Mas a sensação de alegria e otimismo é muito boa.
Há tensões, mas elas devem acabar com uma bela pizza, ao som de risadas e música.

O Ascendente é Touro, que quer segurança, conforto, praticidade, e tem os pés no chão. Mas não estamos muito práticos, embora tenhamos certeza que sim, estamos intuitivos e visionários.

Está muito bom para atividades abstratas, mas não lógicas.
Espiritualidade, ocultismo, magia, parapsicologia e afins estão em alta.

O inconsciente, o subconsciente, o interior estarão super ativos, mas o eclipse da Lua traz uma tendência de desprezar isso e correr aceleradamente para o futuro (o ano já está quase no fim!).

É um momento bom para suavizar rivalidades e fazer as pazes.

Mas, principalmente a partir de Mercúrio retrógrado (entre 21/10 e 10/11) redobre a atenção com burocracia, detalhes, papéis, trânsito, comunicações, e tudo o que você assina.
Não é bom para iniciar ou decidir coisas, pois a tendência é que elas sofram modificações e tenham que ser consertadas depois.
Nem para fazer compras grandes.
Mercúrio retrógrado nos deixa distraídos, esquecidos, desatentos.
A rotina, as atividades mentais e o trânsito parece que "andam para trás" junto com o movimento retrógrado de Mercúrio.

Por outro lado, durante a retroagradação de Mercúrio, entre 21/10 e 10/11, o momento favorece a solução de pendências, os consertos, as revisões, o toque final naquilo que estivemos empurrando com a barriga.
É nesse momento que os defeitos aparecem.

Os dias ficam mais tensos a medida que Mercúrio retroage, pois os aspectos desafiadores que a Lua fará deixarão as emoções muito instáveis, e as pessoas em geral com pouca paciência.
Os dois últimos dias antes da Lua Minguante são os mais tensos, pois a oposição com Plutão traz a possibilidade de perdas e o quadrado com Urano deixa os mais geniosos quase irracionais.

Essa tensão pode ser descarregada no primeiro que cruza seu caminho, ou ser usada para remover grandes obstáculos. A escolha, como sempre é sua.

astrometeorologia: Umidade, tempestades. Ventos fortes. Raios e trovões. Tempo muito instável, com calorões e choques de ar gelado que geram temporais.

Namastê.

Nenhum comentário: