...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

terça-feira, 21 de maio de 2013

eclipse da Lua, penumbral, 25/05/2013

"O Profeta, chocado, pede à Sacerdotisa que não revele a sua Visão nesse momento"

Em 25/05/2013, sábado, a 1:24':55"h, passaremos por um eclipse penumbral da Lua, por ocasião da Lua Cheia (Sol a 4°08'05" Gêmeos na casa 3 e Lua a 4°08'05" Sagitário na casa 9). Ascendendo 19° Peixes e Meio do Céu 18° Sagitário.

Será visível nas Américas, África e parte da Europa.
No Rio Grande do Sul, o eclipse inicia a 00:53h e termina a 1:27h, com seu auge a 1:10h, e será visível, mas não será de grandes efeitos luminosos.

O efeito desse eclipse será de 1 a 2 meses.

A Lua parcialmente oculta em Sagitário nos deixa perdidos e com os objetivos confusos, tanto por estar em Sagitário, signo das nossas metas e ideais, como pela quadratura de Netuno.
A tendência é se refugiar no caminho mais fácil: o Sol em Gêmeos. Um mergulhar no mar de informações e estímulos que se sucedem rapidamente, sem aprofundar muita coisa. Achar tudo muito interessante, se encantar com a Vida e pular de galho em galho tal qual uma borboleta.
Mesmo assim, deve ser um período maravilhoso para qualquer tipo de aprendizado, seja ele técnico, profissional ou pessoal.

Netuno quadra tanto o Sol como a Lua, e além disso é um dos regentes dessa lunação.
Sua influência é de confundir, nublar e iludir nesse momento, as nossas percepções e nossos objetivos.

No eclipse da Lua, a tendência é desprezar o passado e focar apenas no futuro, desprezar a emoção e ficar apenas com a razão, desprezar o outro e pensar apenas em si.
É bom ter cuidado com o orgulho intelectual, a arrogância, ter um pouco mais de consideração com a sensibilidade alheia, e com a sua própria também.

O eixo Gêmeos x Sagitário se refere ao pensamento Individual x Pensamento Coletivo, ao ambiente próximo x ambiente desconhecido (mais detalhes no texto "O Mês de Gêmeos").

A Lua Cheia de Gêmeos/Sagitário é chamada de Festival da Boa Vontade, onde as energias positivas recebidas e acumuladas desde que o Sol entrou em Áries são distribuídas generosamente para a humanidade.
Quando acontece um eclipse da Lua nesse eixo as energias não circulam como deveriam.
Mas podemos melhorar isso em nós mesmos não retendo nem mágoas nem alegrias, permitindo que nossa energia mental flua leve, como é da natureza do Ar.
Podemos distribuir Boa Vontade em qualquer lugar.
Aderir à bela campanha do Gentileza Gera Gentileza.

O momento pede capacidade de se adaptar às pequenas mudanças, obstruções e surpresas que acontecem em grande quantidade no dia a dia, desviando o pensamento e a atenção.

Essa capacidade de adaptação sugere que a pessoa consiga manter a concentração (ou pelo menos a lembrança) de seus objetivos mais importantes.
É como sair para comprar pão, encontrar 30 pessoas no caminho e conversar um pouco com cada uma delas, enquanto continua sua caminhada desviando vários quilômetros da padaria: além de atrasar bastante, corre o risco de voltar sem o pão. Em contrapartida a pessoa vive momentos agradáveis, recebe e passa informações importantes, discute a relação, combina as próximas férias, ri um bocado, participa de algum evento (que vai desde chá com bolinhos a uma rodada de cerveja).. mas continua correndo um sério risco de chegar em casa sem o pão que saiu para buscar.

Estamos com tendência a gastar dinheiro impulsivamente e sem nenhum planejamento, exagerar nos sentimentos, nas palavras e principalmente nas expectativas. Isso é um convite a se iludir, e depois dizer que foi iludido.

É muito bom cuidar com a pressa, os impulsos, os pensamentos, as palavras e a interpretação daquilo que pensamos ter escutado do outro.

Com nossa percepção um tanto confusa, interpretamos palavras e expressões faciais do outro misturando sentimentos e emoções nossos, e isso não dá certo: acabamos respondendo com palavras ou atitudes que mais adiante gostaríamos de deletar.

A sobrecarga mental estimula a estudar muito, conversar bastante, se mexer, interagir, mas com o pensamento carregado de emoção, pode trazer no mínimo muito stress, prá não dizer cansaço mesmo, a sensação de correr muito e não estar fazendo nada.

A tendência da pressa também não é uma boa, tanto por causa dos acidentes e esquecimentos que ela provoca, como por decisões e atitudes precipitadas - tudo coisas que precisam de correção ou conserto mais tarde.

Por isso, se lhe for possível, diminua o ritmo.
Pare.
Faça as coisas mais devagar.
Pense, reflita, acalme seus pensamentos.
Acalme seus sentimentos também.

A mente acelerada dá a impressão de que temos que passar nossas mensagens rapidamente, mas nesse momento é melhor que, antes de falar e comunicar o que estamos pensando, sentindo ou percebendo, é melhor acalmar o nosso interior primeiro.

A Lua em Sagitário dá uma capacidade de prever o futuro, uma visão ampla da situação, a vontade de distribuir energias generosamente.
Mas eclipsada, oculta pela Terra, nossa mensagem pode sair distorcida ou incompleta, ou ainda dispersar essa visão com distrações do cotidiano.

Por isso, esse é mais um momento para observar bastante antes de se jogar.

As estrelas que fazem conjunção com o Sol (Menkib, o pé esquerdo de Perseu), 
com a Lua (Jabbah, a cabeça do escorpião), 
e com o Meio do Céu (Sabik, a perna esquerda do encantador de serpentes, Ophiucus e Maasym, o braço esquerdo de Hércules) 
aumentam a paixão, o desejo, a sedução, as aventuras, as mentiras, as brigas ou guerras e ardem de desejos, embora não sejam de imensa grandeza.
Essa influência somada à percepção nublada pode trazer resultados perigosos ou, no mínimo, complicados.

Netuno na 12ᵃ casa quadra o Sol e a Lua, faz trígono com Saturno (que está em Escorpião e na 8ᵃ casa), sugere que o caminho para não se iludir é o de Saturno em Escorpião (veja o texto de "Saturno em Escorpião" e "Saturno nas Casas Natais") :
aprender a compartilhar recursos financeiros e emocionais com justiça e equilíbrio,
assumir a responsabilidade por suas escolhas (e se elas não forem as melhores ter a capacidade de mudá-las),
enfrentar nossos medos, enfrentar os fantasmas do passado e deixá-los partir (se possível perdoar, mas se isso não for possível, deixar ir embora assim mesmo)
e o mais importante de todos, encarar a si mesmo, tanto para consertar os defeitos como para fortalecer as qualidades.
Esse aspecto ainda fortalece todas as ações voltadas para a saúde e a cura, física e psíquica (isso também é reforçado pela presença de Kíron em Peixes, no Ascendente).
Saturno, em sua passagem por Escorpião, nos fará sair disso com o título de Doutores em Resolver Crises.

Urano em Áries, o primeiro planeta a nascer no horizonte após o eclipse, lança um belo Trigono para a Lua eclipsada, trazendo intuições e coincidências inexplicáveis, numa tentativa de alargar os horizontes, impulsionar para a frente, sugerindo que o tempo que gastamos julgando o outro seria melhor ocupado planejando nosso futuro e investindo em nossas próprias possibilidades.

Já Marte, em conjunção com Algol, a cabeça da Medusa, representa os perigos, agressividade, roubos, mentiras, grandes problemas ou acidentes em ruas ou estradas com meios de transporte diversos (está na casa 3), complicações nos meios de comunicação sejam eles de massa ou individuais (telefones, inernet, grande mídia, etc), brigas ou guerras, convulsões no planeta com direito a terremotos, furacões e desastres climáticos e ecológicos (tomara que eu erre essa). Está desafiando, mesmo em aspectos menores, a grande briga entre Urano e Plutão, por isso é um bom momento para tomar mais cuidado em geral e fugir de confusões.

Em nível coletivo, oscilação e instabilidade nos governos, mentiras, boatos, semi verdades (muitos problemas de comunicação), lutas de poder políticas e financeiras, crise energética com sobrecarga e faltas, brigas (desde incidentes diplomáticos a guerras), complicações no clima (destruição por ventos fortes, fogo, raios, tremores ou desabamentos).
Estarão em melhores condições os governos que fizerem alianças com seus aliados estrangeiros (Saturno e Plutão em Recepção Mútua regendo as casas 11 e 9 e Netuno, regendo o Ascendente em trígono com Saturno).
Muitas classes de trabalhadores insatisfeitos não descartam greves e protestos, mas os resultados serão quase nulos ou serão traídos, por causa do quadrado de Netuno.
Além disso as conquistas e os problemas atingem tanto o povo quanto os altos dirigentes dos governos (os regentes dos dois estão muito desafiados).
Ainda tem poluição e/ou contaminação por água ou ar, mas como há uma boa energia de cura disponível, nesse setor o prejuízo não deve ser tão grande.

Por fim, voltando à Netuno na 12ᵃ casa, que é regida por Urano em Áries, os tempos difíceis despertam a espiritualidade porque me parece que nossa querida raça humana só transcende se for mais que estimulada, provocada a isso.

Alguns buscam outras dimensões, contatos ou esclarecimentos como uma fuga para o Paraíso Perdido, numa ânsia que os anjos ou espíritos resolvam os problemas enquanto nos deleitamos sonhando, comendo, bebendo, gastando demais, ou qualquer outra compulsão (coisas da casa 12..). 
E depois, presos nas próprias armadilhas, alternamos papéis de vítimas e algozes de nossos familiares ou amigos próximos.

Mas para quem busca em outras esferas uma forma de crescer e não apenas uma fuga, poderá aproveitar esse momento para se refrescar nas águas de sua própria Fonte, a Fonte comum a todos, que, não importa o nome pelo qual a chamamos, está muito acessível a todos via Inconsciente Coletivo (outra coisa da 12ᵃ casa) que está tremendamente aberto, escancarado, com a presença de Netuno em Peixes e Urano em Áries.

Não importa se o seu caminho é religioso (formal ou alternativo), ateu, paranormal, psicológico, em grupo ou solitário, o importante é pegar a sua estrada.

astrometeorologia: Calor e chuva. Instabilidade, mudanças rápidas. Tempestades no mar, ondas fortes. Ventos úmidos e tempestades quentes.

Namastê.

Nenhum comentário: