...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

quinta-feira, 6 de maio de 2010

A mãe numerológica


Tipos de mãe, conforme a numerologia.
Aqui vale o número do NOME e/ou apelido da mãe.
MÃE número 1:
Cheia de energia, põe disciplina nos filhos desde cedo, porque quer que sejam independentes. Bem humorada, gosta de brincar, mas não tolera desobediência. Seu mau humor passa rápido. Parece que nunca envelhece. Não deixa os filhos desanimarem, e caso isso aconteça, “empurra” eles para fora da crise. Incansável, capaz de grandes sacrifícios por quem ama.
MÃE número 2:
Tem muita paciência, é a psicóloga da família toda. Sabe impor limites sem alterar o tom de voz, adora a família reunida em torno da mesa, enquanto serve a comida quentinha que ela mesma preparou. Não gosta de muito barulho, mas gosta de música e de dançar. Dá colinho pra todos, mesmo que tenham passado da idade.
MÃE número 3:
Alegre, brincalhona, movimentada. Adora ter a casa cheia de novas engenhocas. Está sempre com gente por perto, ou falando ao telefone, inventando alguma coisa (pois é supercriativa). Adora conversar, rir e passear. Ótima contadora de histórias para as crianças, é uma boa professora.
MÃE número 4:
A mãe mais prática de todas, tem tudo organizado em sua casa. Dá disciplina desde cedo, e prepara os filhos para sobreviver no mundo. Detesta desperdício, seja de coisas, dinheiro ou tempo. Mantém os filhos ocupados todo o tempo e nunca é pega desprevenida. Sempre tem tudo à mão, e passa bons hábitos aos seus filhos.
MÃE número 5:
A mãe-criança. Prefere brincar com os filhos do que discipliná-los. Mas desde cedo enfatiza a importância de estudarem e terem muitos amigos. É alegre, adora contar e ouvir piadas, fica zangada mas isso passa logo. Um tanto imprevisível, adora novidades e surpresas. Adora festas.
MÃE número 6:
A mãe mais afetiva. Tem sempre uma palavra gentil, amável e amiga para os filhos, para as outras pessoas da casa e para os vizinhos também. Muito procurada para dar conselhos e apaziguar situações, pois é a rainha do bom senso. Gosta de disciplina, mas não é rígida demais. Busca o equilíbrio e desde cedo enfatiza a necessidade da boa convivência.
MÃE número 7:
A mãe intuitiva. Adivinha as necessidades dos filhos sem que eles precisem lhe pedir as coisas. Em compensação, eles não conseguem mentir para ela, pois ela “lê seus pensamentos”. Sendo mística ou não, é muito sensível, e faz questão que seus filhos estudem bastante e sigam a profissão da sua vocação. Os ensinamentos morais são muito importantes.
MÃE número 8:
A mãe executiva. Desde cedo, estimula os filhos a fazerem sucesso na vida. Muito voltada para os assuntos práticos, não deixa faltar nada dentro de casa, mesmo que a situação fique difícil. Em compensação, exige esforço, disciplina e dedicação. Quer que os filhos brilhem, façam sucesso, se destaquem.
MÃE número 9:
A mãe abnegada. Vive mais para os outros do que para si mesma. Generosa, emocional, caridosa. Perdoa as traquinagens com facilidade. Adora ensinar tudo o que sabe para os filhos. É comum encher a casa de gente e misturar outras pessoas com a família. Os filhos aprendem cedo a ter muita convivência social e ajudar os necessitados.

Namastê.

Nenhum comentário: