...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

sábado, 19 de maio de 2012

eclipse anular do Sol, 20/05/2012


Seremos brindados com mais um espetáculo natural : o eclipse anular do Sol a 0 grau de Gêmeos no dia 20/05/2012, domingo (amanhã) às 20:54 (horário de Brasília).
O fenômeno Lua Nova com eclipse anular estará em conjunção não exata com Alcyone, uma estrela da constelação das Plêiades, situada a 28' Touro.
De acordo com a maioria dos esotéricos, Alcyone seria o nosso Sol Central, daí esse eclipse estar sendo tão "badalado".
Mas o centro da nossa Galáxia está entre 28 e 29 graus de Sagitário, no extremo oposto.
Eclipses do SOL acontecem na LUA NOVA e
eclipses da LUA acontecem na LUA CHEIA.

Não será visível no Brasil, mas na costa da China, Sul do Japão, Norte do Oceano Pacífico e Oeste dos Estados Unidos.
Sua visibilidade começa em Hong Kong, na China, depois vai para Tokyo, a capital do Japão, depois para o Alaska, Califórnia, Nevada, Arizona e Texas. Conforme os cientistas, o espetáculo será mais exato na Rússia (meus ancestrais), Coréia do Sul, Filipinas, Canadá e México.
Fora desse espaço, o eclipse será apenas parcial.

Um eclipse anular (ou anelar) não é um eclipse Total e, como já diz o nome, a Lua encobrirá o Sol (da perspectiva da Terra, é claro) deixando à mostra um anel que, para quem assiste, se assemelha a ver a Lua rodeada por um anel de fogo, dourado.

Mais detalhes sobre eclipses em geral no post "Eclipse, o que é isso", nesse blog.

Todos os ecllpses do Sol devem ser observados com a proteção de lentes especiais, e esse também, para quem tiver o privilégio de estar por perto.

Do ponto de vista astrológico, os eclipses são partes do ciclo Sol e Lua.

Sua influência é forte principalmente nos locais onde é visível, e, individualmente, se tocar alguma parte importante do mapa natal.

Nos eclipses do Sol, a Lua o encobre.
O Sol é o futuro, a Lua é o passado, então teremos o passado encobrindo o futuro.
O Sol é racional, a Lua é emocional, teremos também o emocional encobrindo o racional.

Nos eclipses totais o Sol e a Lua estão em "guerra", mas como esse é parcial, estão apenas em uma "pequena discussão": Passado x Futuro, Emocional x Racional.

A energia principal desse eclipse é justamente o confronto entre Passado e Futuro, Emocional e Racional, Família e Ego.

Em Gêmeos, perturba a mente, os 5 sentidos, as comunicações, as palavras, o movimento.
Recebe uma quadratura quase exata vinda de Netuno em Peixes, sua própria casa, o que perturba ainda um pouco mais, trazendo devaneios, ilusões, percepções erradas, delírio, pressentimentos falsos, etc. O efeito de Netuno mal humorado é como uma nuvem que tapa a paisagem, uma névoa tão forte que você não consegue distinguir claramente o contorno das coisas. O contorno é uma espécie de limite entre uma coisa e outra, e entre uma coisa e o espaço.
Portanto, há uma tendência a sair dos limites, seja por não percebê-los, seja porque a pessoa já tem problema com limites mesmo.

Nem tudo está perdido: o eclipse está em conjunção a Júpter, o Grande Benéfico, que me parece bem humorado nessa configuração. E Mercúrio, o dispositor do eclipse, está em recepção mútua com Vênus, o Pequeno Benéfico. Além disso está em Trígono com o Meio do Céu, onde repousa Saturno em exaltação.
Traduzindo: há uma tendência ao descontrole e percepções falsas, delírios, enganos, ilusões, confusão mental, etc, mas também estamos bem assistidos.

Sua posição na casa 5 promete que, ainda assim, deve ser uma semana de alegrias que favorece a diversão e os relacionamentos, pelo menos para nós aqui de Porto Alegre e arredores, nessa latitude e longitude. Mas não é bom para pedir favores nem tomar decisões ou atitudes radicais.

A "maré não está prá peixe", como dizem, pois os planetas lentos continuam se estranhando no céu, e como o nome diz (planetas lentos) seu movimento é lento: demora para passar.

Os planetas ditos "lentos" são transpessoais, e sua influência se dá a nível de massa, não individual. Eles estão em crise no momento, desde 2010, e nós, pobres mortais, refletimos essa crise aqui.
Não escapamos da crise, a influência deles é muito forte, mas a astrologia não nos nega o livre arbítrio de decidir COMO viveremos os fatos.
Não raro, é justamente nas crises que evoluímos, crescemos, porque somos obrigados a trabalhar mais e melhorar espiritualmente.

Eclipses sempre anunciam mudanças.

Quem sabe se não está na hora de rir mais (eclipse na casa 5) e buscar mais qualidade nos nossos relacionamentos em geral (Gêmeos) ?

Que tal preocupar-se menos (Gêmeos), fluir com mais naturalidade (Gêmeos), adaptar-se mais ao invés de impor sua vontade (Gêmeos) ?

Como o Passado estará se sobrepondo ao Futuro, é ele que vai "aparecer" mais. E é justamente aí que a energia de Gêmeos pode nos ajudar: o momento não é de "reviver" o passado, mas pode ser muito útil para analisar (Gêmeos) e descartar o que não nos tem ajudado além de assimilar o que adquirimos de experiência. Ou seja: APRENDER (Gêmeos) !
Aprender a partir do que aconteceu ou daquilo que fizemos no passado.

Um momento que deixamos de focar no futuro, mas que não precisamos "estacionar".
Muito bom para REFLETIR, APRENDER e FLUIR COM MAIS NATURALIDADE (Gêmeos).

O Sol também representa a vitalidade, a luz, e o eclipse pode diminuir temporariamente a energia física. Isso se reflete tanto no nosso corpo físico como na natureza, nas plantas, animais, etc.

Mantendo a tranquilidade conseguiremos perceber melhor quais os padrões emocionais negativos vindos de nosso passado que ainda nos atrapalham, e, posteriormente, fazer algo a respeito disso.

A esse eclipse estão ligadas interpretações das Profecias Maias e das Profecias de Nostradamus.
Edgar Cayce previu, em 1941, que Nova York seria inundada ("o agora litoral de uma terra de muitos será o leito do oceano. New York, Connecticut e afins. Muitas partes da costa leste serão perturbados, bem como muitas porções da costa ocidental, bem como a porção central dos Estados Unidos. Los Angeles, San Francisco, a maior de todas elas estarão entre aquelas que serão destruídos antes de Nova York, ou Nova York em si, será no principal a desaparecer. Esta será uma outra geração, porém, aqui, ao passo que as porções do sul de Carolina, Georgia, essas desaparecerão. Isso será muito mais cedo. As águas dos Grandes Lagos vão desaguar no Golfo do México.
Haverá os levantes no Ártico e na Antártida onde haverá a erupção dos vulcões nas áreas tórridas, e haverá o deslocamento dos pólos.").

Mantendo a linha puramente astrológica, penso que extremos climáticos são uma forte possibilidade, não somente agora, mas desde que Plutão ingressou em Capricórnio e Urano em Áries, e principalmente nas épocas que a quadratura fica mais próxima.
O eclipse do Sol afeta mais o governo do que o povo. É possível fortes acontecimentos envolvendo governantes, principalmente de onde o eclipse for visível.
Sua influência é de mais ou menos um ano (6 meses antes e 6 meses depois), e fica bem mais forte 15 dias antes e 15 dias depois.

Não estudei a cultura dos Maias, e nem li suficientemente Nostradamus para interpretar as Centúrias. Penso que tudo é possível, mas nem tudo é provável.

Que estamos passando por uma forte crise envolvendo mudança de valores e alterações de consciência e percepção eu concordo.
Que o planeta está respondendo às agressões da humanidade eu também concordo.
Que não estamos aqui por acaso eu também acho.
E, principalmente, que temos uma boa porcentagem de livre arbítrio, ah, isso eu tenho certeza.
Os astros não comandam ninguém, eles criam um "meio ambiente astral", assim como o meio ambiente do planeta, nós reagimos como queremos e depois colhemos as consequências (agradáveis ou não).

Penso que esse evento é maravilhoso para meditar, mergulhar em si mesmo, e voltar melhor.

Namastê.







video

Nenhum comentário: