...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

terça-feira, 24 de julho de 2018

eclipse total da Lua 27/07/2018



"Pois quem não tiver para si dois terços do seu dia é um escravo,
seja ele de resto o que quiser - político, comerciante, funcionário ou erudito."
(Friedrich Nietzsche)

No dia 27/07/2018 sexta-feira às 17:20h acontece um eclipse Total da Lua a 4° Aquário.
Em Brasília o eclipse inicia 14:15h e termina às 20:28h, com o máximo às 17:22h.
A Lua nasce no céu a Leste, em um tom alaranjado devido aos raios do Sol, a poluição da Terra e à proximidade de Marte que está em conjunção com a Lua e próximo da Terra.


(para ver os mapas em tamanho grande clique em cima da imagem)

Para ver os efeitos dos eclipses no seu mapa natal o post está aqui: http://veraluciacienciasocultas.blogspot.com/2018/07/eclipses-nas-casas-e-planetas-natais.html

mapa do eclipse na fase máxima às 17:22h:

mapa da Lua Cheia 27/07/2018 17:20h:

Nessa Lua Cheia de eclipse Total em 27/07/2018 a 4° Leão ficam instabilizados e sujeitos a oscilações os graus do mapa astral que estiverem em aspecto com o grau do eclipse, principalmente por conjunção e oposição, com orbe de 3 a 5 graus:

01° a 07° Leão (em orbe estendida 29o Virgem a 09o Leão) - conjunção (influências mais fortes)
01o a 07o Aquário (em orbe estendida 29oPeixes a 09o Aquário) - oposição (influências mais fortes)

01o a 07o Escorpião (em orbe estendida 29oLibra a 09o Escorpião) - quadratura crescente (desafio a mudanças)
01o a 07o Touro (em orbe estendida 29oÁries a 09o Touro) - quadratura minguante (desafio a conclusões importantes)

01 a 07 Gêmeos (em orbe estendida 29°Touro a 09° Gêmeos) - sextil minguante (oportunidades positivas de conclusões)
01 a 07 Libra (em orbe estendida 29°Virgem a 09° Libra) - sextil crescente (oportunidades positivas de coisas novas)
01 a 07 Áries (em orbe estendida 29°Peixes a 09° Áries) - trígono minguante (sorte, proteção, facilidades)
01 a 07 Sagitário (em orbe estendida 29°Escorpião a 09° Sagitário) - trígono crescente (sorte, proteção, facilidades)

01 a 07 Câncer (em orbe estendida 29°Gêmeos a 09° Câncer) - semi sextil minguante (leves perturbações no ambiente externo)
01 a 07 Virgem (em orbe estendida 29°Leão a 09° Virgem) - semi sextil crescente (leves perturbações no ambiente externo)

01 a 07 Peixes (em orbe estendida 29°Aquário a 09° Peixes) - quincuce minguante (perturbação na rotina e necessidade de fazer adaptações)
01 a 07 Capricórnio (em orbe estendida 29°Sagitário a 09° Capricórnio) - quincuce crescente (perturbação na rotina e necessidade de fazer adaptações)

Visibilidade: América do Sul, Europa, África, Ásia, Austrália.

No Brasil, será visível na direção Leste, na fase máxima e no final do eclipse:
- fase total (umbral) : Região Nordeste, Sudeste, Sul, leste da Região Centro Oeste.
- fase parcial: Região Nordeste, Sudeste, Sul, leste da Região Centro Oeste, leste da Região Norte e oeste da Região Centro Oeste.
- fase penumbral: Nordeste, Sudeste, Sul, leste da Região Centro Oeste, leste da Região Norte, oeste da Região Centro Oeste e oeste da Região Norte.


Saros: 38° eclipse da série 129 de 71 eclipses.
Nessa Série todos os eclipses da Lua acontecem no Nodo Sul, com 11 eclipses Totais.
Esse eclipse é esperado ser o mais longo eclipse do ano do século, com diferença de duração de aproximadamente 1 minuto do eclipse anterior dessa série 129, em 16/07/20000).

Duração total do eclipse: 3:55h

Duração da penumbra: 6:13:48h (efeitos astrológicos mais ou menos 1 ano)
Duração da umbra: 3:54:32h (efeitos astrológicos mais ou menos 7 meses)
Duração do eclipse: 1:42h (efeitos astrológicos mais ou menos 3 meses e meio)

Algumas correntes de pensamento consideram os efeitos astrológicos dos eclipses como sendo de um eclipse até o próximo, outras consideram um valor de tempo médio de 6 meses de efeitos astrológicos para cada eclipse.

No cálculo para os efeitos astológicos dos eclipses da considera-se o total do tempo em minutos de tempo divididos por 30, o resultado é o número de meses.
(U3 - U2 = 1:42:57h (103 minutos, dividir por 30 = 3,4 ou 3 meses e 12 dias)

Algumas correntes de pensamento consideram o valor resultante desse cálculo sendo contado a partir do dia do eclipse da Lua, e outras consideram como sendo a metade do tempo fazendo efeito antes e a metade fazendo efeito após o eclipse da Lua.

Eu considero os efeitos antes e após o fenômeno do eclipse.

outro cálculo:
cada grau = 1 dia
1 grau = 4 minutos
tempo total do eclipse 6horas 13 minutos 48 segundos = 373 minutos e 48 segundos
373 minutos ÷ 4 = 93,25 graus = 93 dias, ou aproximadamente 3 meses

ou
373 minutos ÷ 2 = 186,5 minutos
186,5 ÷ 4 = 46,625 dias ou aproximadamente 1 mês e meio antes e 1 mês e meio após o eclipse

fases do eclipse:
P1: 17:14:49 UT (14:14:49h em Brasília) - penumbra entrada
U1: 18:24:27 UT (15:24:27h em Brasília) - umbra entrada
U2: 19:30:15 UT (16:30:15h em Brasília) - umbra grande eclipse entrada

Conjunção eclíptica: 20:20:29.1 UT (17:20:29h em Brasília)
Grande Eclipse: 20.21.43.5 UT (17:21:43h em Brasília)
total do máximo: 2 minutos e 12 segundos

U3: 21:13:12 UT (18:13:12h em Brasília) - umbra grande eclipse saída
U4: 21:19:00 UT (18:19:00h em Brasília) - umbra saída
P4: 23:28:37 UT (20:28:37h em Brasília) - penumbra saída


Estrelas Fixas:

Altair: da constelação de Áquila, representa a Águia, há discordâncias sobre a natureza dessa estrela, alguns atribuindo a Marte e Júpter, outros a Saturno e Mercúrio, e outros a Urano.
Essa estrela prevê ambição, coragem, impulsividade, ganhos financeiros rápidos, dons de comunicação e escrita, dons para astrologia mas também acidentes.

Mirrach: da constelação de Andrômeda, o cinturão de Andrômeda, conjunta a Urano, essa estrela da natureza de Vênus prevê boa sorte, bondade, sorte nos relacionamentos amorosos e no casamento, altruísmo, inspiração, dons artístico, mas em conjunção com Urano prevê violência, desapontamentos, mente perturbada.
Honra, dignidade, porém tendência a brigar por futilidades e desnecessariamente.

Arcturus: da constelação do Pastor, o joelho esquerdo do Pastor, ou o Líder Guardião do Urso, conjunta ao Meio do Céu na fase máxima do eclipse, essa estrela da natureza de Marte e Júpter prevê ação forte da Justiça, tendências guerreiras e de luta ou rivalidades, favorecendo soldados e militares. Traz boa sorte e honras embora muitos problemas e tensões também.

aspectos exatos ao grau da conjunção:
- Marte transita em conjunção nos dias 25, 26, 27 e 28/09/2018.
- Mercúrio conjunção em 12/10/2018.
- Vênus conjunção em 23 e 24/10/2018.
- Sol conjunção em 28/10/2018.
- Mercúrio faz conjunção em 26/01/2019.
- Marte quadratura em 20 e 21/02/2019.
- Vênus conjunção em 05/03/2019.
- Urano quadratura em maio e junho/2019.

astromapa
linhas passam por
(locais onde é visível: América do Sul, Europa, África, Ásia, Austrália

No Brasil passam as linhas do Sol, Lua, Nodo Norte e Marte pela faixa Leste e a linha de Plutão pelo Centro.

Nos eclipses da Lua a sombra daTerra oculta a Lua deixando perceptível apenas a luz do Sol - o futuro esconde o passado, o ego domina sobre a sensibilidade.


explicação do fenômeno de eclipse lunar







Sol representa o futuro e Lua representa o passado.
Um dos efeitos desse eclipse total da Lua é largar o passado e seguir em direção ao futuro.
A falta de clareza causada pelo eclipse anterior (parcial do Sol) busca equilíbrio agora em que há oportunidade para esclarecimentos e novos conhecimentos.

Porém o escurecimento da Lua é total levando não somente a largar o passado como também a desprezá-lo, deixando de aproveitar suas importantes lições.

O Sol em Leão, seu domicílio e próximo ao Nodo Norte fica ainda mais forte podendo levar algumas pessoas a ficarem obsessivamente ambiciosas e também muito impacientes em relação ao futuro.

Essa se torna uma questão complicada porque a Lua que representa o passado está eclipsada em Aquário, um signo que olha para o futuro.

Os eclipses causam desequilíbrio no balanço das energias, por isso é possível também uma sensação de instabilidade, que pode ser equilibrada e harmonizada.
De alguma forma as quadraturas de Urano ao Sol/Nodo Norte e Lua/Nodo Sul/Marte formando um Quadrado em T conseguem fazer esse papel equilibrador, embora os estímulos positivos e negativos se misturem.

A Lua em Aquário conjunta a Marte retrógrado e Nodo Sul, em oposição ao Sol em Leão e Nodo Norte e o Sol está domiciliado em Leão, portanto muito forte, e conjunto ao Nodo Norte mais do que forte: compulsivo.

São tempos em que as características leoninas ficam exacerbadas e até mesmo exageradas, necessitando de cuidado para não cair em extremos negativistas tais como egocentrismo, autoritarismo, megalomania, excesso de vaidade, arrogância, agressividade, dominação, possessividade.

Por outro lado, é tempo de deixar brilhar suas características positivas tais como generosidade, afetividade, organização, clareza, disciplina, beleza, espontaneidade, sensualidade, bom humor.

Sol leonino necessita de aplausos e grandes demonstrações de afeto, muitas vezes se torna dependente da opinião das outras pessoas e se perde num excesso de vaidade tentando agradar.

Estrela do nosso sistema planetário, o Sol está constantemente doando energia e atraindo os planetas para perto de si, mantendo todo o sistema organizado ao mesmo tempo evitando que os planetas se dispersem no cosmos, pois essa forte atração se não tivesse nenhum limite seria fatal para todos os planetas.

Esse constante organizar, atrair para si e manter a distância correta mantém a vida em nosso sistema, uma característica leonina e solar, por isso também o Sol ser conhecido como "doador da vida".

A configuração formada durante esse eclipse mostra uma grande quantidade de energia disponível para nós que, para ser bem aproveitada, é melhor que seja adequadamente canalizada e distribuída em nossas vidas.

Em tempos em que o ego se sobrepõe à sensibilidade precisamos refletir um pouco antes de atitudes, comportamentos ou palavras impulsivas.

Há tendência de dramatizar e exagerar, despejando emoções por onde passa tal qual faz o Sol com seus raios de luz.

Podemos aproveitar a clareza desse momento para perceber aspectos obscuros em nossa vida que necessitam de alguma atenção especial, para esclarecer situações, iluminar o que precisa de crescimento, prosperidade, etc, abastecer o corpo, a mente, o espírito e as emoções com energias extras para tempos difíceis, distribuir boas energias, melhorar nossas vidas.

Ao mesmo tempo, no momento de maior equilíbrio energético do ciclo de lunação, há um desequilíbrio na balança, porque as energias solares se sobrepõe às lunares.

A Lua em Aquário, personagem que teoricamente faria essa distribuição energética, encontra-se pressionada pela conjunção de Marte retrógrado, e devido à proximidade do Nodo Sul, também enfraquecida pela tendência de renunciar e desistir dos seus objetivos e funções.

Então o confronto entre acúmulo e distribuição das energias acontece entre Sol leonino e Marte aquariano - Sol no seu domicílio e Marte em queda, um confronto desigual que tende ao desequilíbrio energético.

O resultado disso pode se materializar como acúmulos energéticos desnecessários, ou em supérfluos, ambições exageradas, desconsiderações por sensibilidades em outras pessoas ou até em si mesmo, má distribuição de finanças, recursos, emoções, atividades, etc

Há possibilidade de quedas ou acúmulos energéticos na vida prática, tais como incêndios, explosões, interrupções, etc em eletricidade, internet, água, etc

A conjunção da Lua com Marte também é agressiva e energética, traz a tendência de sobrecarga psíquica e stress.

É preciso ter responsabilidade e maturidade especialmente nesse período em que há tendência de irresponsabilidade e impulsividade.

Se lhe for possível não deixe que esses acúmulos atrapalhem sua vida e sua saúde, reduzindo o ritmo de vida de vez em quando para equilibrar suas energias, seja pelo caminho do relaxamento ou de mais atividades físicas.

Essa configuração formada no céu durante o eclipse mexe demais com pessoas sensíveis e emocionais, que precisarão de cuidado e atenções extras consigo mesmas para conseguir manter o equilíbrio e o bom senso que o momento exige.

Os pontos do mapa individual das pessoas onde esse eclipse toca tendem a sobrecarregar ou faltar energia.

Portanto, é um período delicado que exige cuidado, tranquilidade, organização, equilíbrio.


38° eclipse da Série Saros 129, de 71 eclipses, início e final no Sul
(mapas para Brasília)

mapa primeiro eclipse 10/06/1351, 5:44h

mapa último eclipse: 23/07/2613, 21:35h

mapa eclipse anterior: 16/07/2000, 10:55h

mapa eclipse seguinte: 06/08/2036, 23:50h

Os eclipses do Sol afetam mais os governos, e os eclipses da Lua afetam mais o povo, embora os dois estejam interligados.

Essa série Saros 129 inicia com um eclipse parcial da Lua a 26° Sagitário no Nodo Sul na casa 7 e Ascendente em Gêmeos, e termina com um elipse penumbral da Lua a 1° Aquário no Nodo Sul casa 11 conjunção com Júpter retrógrado a 27° Capricórnio.

A Lua no Nodo Sul é um fator passivo e de renúncia, ou perdas.
Os signos e casas da Lua eclipsada são relacionados com a vida oficial e pública do país, iniciando em Sagitário na casa 7 e terminando em Aquário na casa 11.

O Sol está mais forte do que a Lua, sugerindo uma certa arrogância e autoritarismo, o poder se sobrepondo a outros fatores.

Os maiores confrontos e desafios acontecem no plano das ideias e diferenças de pensamento.

Júpter, regente do primeiro e do último eclipse da série, inicia em Leão e termina em Capricórnio e retrógrado.

No primeiro eclipse Júpter está em sextil com Marte, quadratura com Urano, oposição com Netuno e trígono com Plutão.

No último eclipse Júpter está em conjunção com a Lua, oposição com Sol e Vênus, sextil com Saturno, contra paralelo com Urano, quadratura com Netuno e trígono com Plutão.

O primeiro e o último eclipse tem em comum os desafios com Urano e Netuno e o apoio de Plutão.

A série favorece os governos, traz tendência de atitudes arrogantes ou autoritárias.

O poder se sobrepõe embora a série de eclipses termine com alguma tentativa de corrigir exageros e autoritarismos.

O apoio de Plutão através dos seus trígonos com Júpter mostra que as mudanças e transformações acontecem de maneira gradual com a maioria dos conflitos se dando entre as elites e os poderosos e com desacordos ou desajustes financeiros, econômicos ou relacionados com recursos, principalmente água e líquidos.
fases do eclipse, em Brasília:

mapa P1, entrada na penumbra (P1) 14:14h

mapa entrada na umbra (U1) 15:24h

mapa umbra (U2) 17:22h

mapa umbra (U3) 18:13h

mapa saída da umbra (U4) 19:19h

mapa saída da penumbra (P4) 20:28h

A Lua é ocultada de 3 a 6 graus de Aquário, nas casas 2, 1 e 12, com a fase máxima na casa 1 a 4° Aquário.

Mostra insatisfação das populações e possibilidade de manifestações públicas dessa insatisfação.

As finanças em desequilíbrio mostram grandes desacordos nesse setor.

As quadraturas de Urano mostram a possibilidade de protestos e fortes manifestações, e também a possibilidade de novos escândalos financeiros ou políticos.

Nas fases finais do eclipse forma-se um Grande Quadrado com Lua/Marte, Sol, Júpter e Urano, uma configuração tensa e conflituosa que testa a paciência, pode trazer imprudência, pressa, impulsividade, acidentes, explosões, incêndios, problemas com aviões e com transportes de veículos grandes ou de cargas, mas também traz iluminação e esclarecimentos, novos conhecimentos e possibilidade de se utilizar dessa grande energia gerada para vencer obstáculos mais difíceis.

Portanto, é um período para cultivar a tranquilidade e serenidade, para refletir bastante antes de se manifestar ou entrar em confrontos, para aprender o que for possível, principalmente para direcionar as energias geradas de uma maneira positiva e produtiva em sua vida.

O Grande Quadrado quando se forma em signos fixos tem a tendência de ser lento e duradouro em seus efeitos.

As energias de Leão, Aquário, Touro e Escorpião são fortes e constantes.
Não favorecem o início de coisas novas, mas a manutenção, estabilidade, sobrevivência, o afeto, a fraternidade, o progresso lento e as conquistas duradouras.
Portanto, para nós, pobres mortais, que haja paciência, disciplina e perseverança.

Também lento no início, tende a causar mudanças mais internas do que externas, pois mantém as bases e estruturas fundamentais.

Com sua tendência de manter as situações mais do que modificá-las, a Grande Quadratura Fixa traz a oportunidade de muito conhecimento e compreensão, abertura para novos conhecimentos e aprendizados.

Porém os signos fixos também se relacionam com recursos (Touro x Escorpião) e poder (Leão x Aquário), mostrando também que as lutas de poder continuam fortes pelo planeta.


Na fase final do eclipse a Lua ocultada passa pela casa 12 do mapa mostrando aí também a busca por espiritualidade e transcendência ou, ao contrário, fugas, drogas, álcool, vícios, etc, a decisão será sempre sua.

Todas as casas de Água ficam ativadas durante esse eclipse: Sol iluminando a casa 8, Urano iluminando a casa 4 e Lua eclipsada conjunta a Marte ativando a casa 12.
Para quem costuma meditar, consultar oráculos, praticar magia, etc é um momento de muita riqueza, iluminação e conhecimentos, respostas, descobertas, etc conforme for o seu caminho pessoal.

Os trígonos de Vênus com Plutão retrógrado, Saturno retrógrado com Urano e Júpter com Netuno retrógrado mostram que o momento também é de rever, consertar ou modificar assuntos relacionados com o passado de maneira suave e harmônica, estimulando positivamente os assuntos relacionados com finanças, sensualidade, novos conhecimentos, inovações, criatividade, novos caminhos de longo prazo, novas ideias realizáveis na vida prática de cada um.

A sugestão desse blog é: equilibre seus chacras.

astrometeorologia: no clima a tendência desse eclipse é de secar e esquentar o tempo, pouca umidade e pouca chuva, tendência ao calor, possibilidade de tempestades com raios e ventos fortes.

Namastê.