...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

terça-feira, 31 de julho de 2018

Lilith


Lilith
"O objetivo da prática espiritual é tornar-se livre,
não elaborar correntes douradas de limitação."
(Chogyam Trungpa)

Lilith, em Astrologia, não é um planeta nem asteróide, é um corpo fictício no mapa astral, o ponto calculado como mais distante da Terra na órbita da Lua.

Lilith tem seu contraponto: Príapo, o ponto mais próximo da Lua.

De preferência devem ser interpretados em conjunto no mapa astral: Lilith feminina, Príapo masculino.

É mais conhecida pelo aspecto de sensualidade e sexualidade.

Nesse aspecto, Lilith seria sensual de uma maneira feminina, e Príapo de uma maneira masculina.

No ponto onde se localizam Lilith e Príapo nós costumamos fugir à regra, pois há muita energia envolvida.

Lilith, por ser o ponto mais distante da órbita da Lua, mostra um local onde há carência, frustração, às vezes solidão.
Príapo, ao contrário, mostra onde há excesso, multidão.

A carência de onde está Lilith é preenchida por Príapo.

A carência ou frustração de onde se localiza Lilith no nosso mapa astral gera grande quantidade de energia guardada, por isso representa também um local de repressão, onde somos ou onde nos sentimos reprimidos e frustrados, vazios ou carentes.

As experiências relacionadas com aquele ponto acontecem de maneira diferente do esperado, muitas vezes inversas, reforçando a insatisfação.

Em astropsicologia Lilith se relaciona com frustrações da infância, os conteúdos infantis não vivenciados, frustrados, reprimidos.

É um ponto de grande acúmulo de energia do mapa, mas que oscila entre muito calor ou muito frio, e se equilibra quando harmonizamos com o ponto oposto, Priapo.

Devido ao grande acúmulo nesse ponto do mapa, podemos ali também perder muita energia, é onde liberamos muitas energias e depois ficamos sem forças, é onde vampirizamos ou somos vampirizados.

Esse acúmulo energético no mapa também simboliza características mediúnicas, acesso ao inconsciente.

Lilith também representa a sexualidade e a sensualidade, traz forte magnetismo e carisma ao local do mapa onde estiver situada, e um acesso a libido, que pode se manifestar como super produção de desejo sexual ou ainda de filhos, tanto no ponto de Lilith quanto no de Príapo.

Nesses pontos sensíveis do mapa, Lilith e Príapo, nós atraímos e projetamos muitas energias.

São pontos que precisam ser compreendidos e bem trabalhados para que possam atuar harmoniosamente em nossa vida, pois em Lilith ou em Prípapo tendemos a ser compulsivos ou exagerados e essas compulsões ou exageros conseguem empacar e trancar a vida até serem harmonizadas e satisfeitas.

Lilith e Príapo são como dois amantes apaixonados que estão separados e precisam se encontrar, são energias primordiais e ancestrais que temos acesso.

Para interpretar Lilith e Príapo no seu mapa verifique primeiramente o signo.

O signo, o elemento e a qualidade cardinal, fixa ou mutável mostram a maneira como essas energias se manifestam.
A casa indica em que área da vida.
Os aspectos mostram facilidades ou desafios, as conjunções são fortes.
O planeta regente do signo mostra uma direção.

Diferente de Urano, que tem a necessidade de demonstrar sua rebeldia e excentricidade, o ponto onde está Lilith gera frustração que deve ser trabalhada para não cair em repressão ou em compulsão, mas permitir a expressão do prazer harmoniosamente em sua vida.

Namastê.


Nenhum comentário: