...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

sábado, 13 de abril de 2013

eclipse parcial da Lua, 25/04/2013


"É a nossa luz, não nossa escuridão, que mais nos amedronta" (Nelson Mandela)

No dia 25/04/2013, quinta-feira, 16:57h, LUA CHEIA, teremos um eclipse parcial da Lua, que será visível na Europa, África, Ásia e Austrália. Sol a 5° Touro e Lua a 5° Escorpião.
Não será visível no Brasil, aqui o fenômeno acontecerá durante o dia.

Para maiores informações a respeito do que é um eclipse, acesse o texto "Eclipse, o que é isso?".

A Lua no Nodo Norte está mais forte do que o Sol, mesmo em signo de queda e eclipsada.
O passado aqui tem um destaque muito especial.
É o início de um grande rompimento, de mudanças importantes, que se mostrarão um pouco já no próximo eclipse do Sol, mas mais claramente no próximo ano, quando os Nodos estiverem em Áries/Libra.

Nesse momento em que o passado vai para baixo do tapete (a Lua fica oculta), ele não perde sua força (a Lua está no Nodo Norte), significa que ficará "cozinhando" internamente, para aparecer depois.

A Lua em Escorpião por si só já é bem apegada ao passado, que cultiva mágoas e raivas mas também não esquece os bons momentos e os amigos leais;
em conjunção com Saturno, tende a lembrar mais do que foi ruim do que aquilo que foi bom, e ficar cobrando isso da vida eternamente, num martírio sem fim. Mas tem a seu favor um espírito prático e trabalhador, realizador.
Ambos são materialistas, ambiciosos e buscam segurança material, muitas vezes confundindo a segurança material com a emocional.

Sol em Touro também gosta do passado, é prático, materialista e embora não tão ambicioso quanto a Lua, está no Nodo Sul (passado) e em conjunção com Vênus e Marte em Touro, o que torna essa configuração extremamente sensual e ansiosa por prazeres vários.

A primeira tendência é soltar o que está no Nodo Sul: o Sol, conjunto a Vênus e Marte.
Então a primeira característica desse eclipse é buscar mais dinheiro, mais segurança, mais sexo, e querer fazer valer sua própria vontade a qualquer custo, porque isso é o que vai aparecer mais (não estará eclipsado).
Esse é o caminho mais fácil da energia, o que a maioria das pessoas que não se conhecem e não se questionam fará: agir com mais agressividade na busca de seus objetivos financeiros e/ou sensuais e principalmente na busca de uma segurança financeira e emocional.

A segunda tendência é buscar o que está no Nodo Norte: Lua, conjunta a Saturno.
Então a segunda característica será buscar transformações no nosso sentimento de segurança, na vida financeira e na sexualidade, porque esse é o caminho que no Nodo Norte nos leva.
Esse geralmente é o caminho mais difícil da energia, o aprendizado, o Nodo Norte.

Touro/Escorpião é o eixo da Posse : o meu x o nosso. Seu objetivo é conseguir recursos e depois compartilha-los. São signos que se apegam muito. Mesmo Escorpião, considerado o signo da "morte" tem muita dificuldade em soltar, desapegar, deixar ir.

Por isso, fortes lutas de poder à vista. O ego furioso (Sol conj. Marte) se impõe sobre a alma gelada (Lua conj. Saturno) e parece vencer, no primeiro momento, mas estando a Lua na posição mais forte trará de volta todas as suas feridas e mágoas passadas nos próximo eclipse do Sol.

A oposição de Saturno e Marte torna esse eclipse bastante agressivo, contribuindo para muita falta de paciência, frieza, insensibilidade e egocentrismo como tendências fortes.
Marte próximo a estrela Sheratan (no chifre esquerdo do Carneiro) que tem a má fama de trazer injúria, guerra, incêndio e terremotos.

Plutão, deus dos infernos e já envolvido em sua luta de poder com Urano, deus do antigo céu e dos raios, presta uma assistência de bons aspectos ao eclipse, com um sêxtil à Lua e um trígono ao Sol, enfatizando a necessidade de transformação interna e profunda (pois vem do Fundo do Céu, das raízes, das origens, do íntimo do Ser).
Mas em sua Recepção Mútua com Saturno, não é imparcial, favorecendo mais ao passado do que ao futuro, ou seja: lutando para que não haja mudanças reais (nesse contexto, não no seu trânsito).
Ao mesmo tempo, contribui para uma maior profundidade e lucidez nas percepções emocionais (e astrais), na intuição, nas funções da Lua.

Ou seja: as percepções ficam mais profundas, certeiras, a imensa atividade interna favorece as transformações pessoais invisíveis para os outros mas muito importantes para a pessoa, só que as mudanças externas demorarão a se manifestar porque se manifesta o medo do novo, o conforto de ficar com aquilo que não é tão bom, mas é conhecido.

Netuno também presta uma boa assistência ao eclipse. Forte em seu próprio signo, mesmo numa casa fraca envia um trígono à Lua e um sêxtil ao Sol, como se fosse para lembrar que mesmo as mais acirradas disputas acabam se dissolvendo no oceano da vida, que no fim viramos o mesmo caldo, o mesmo petróleo, estamos no mesmo barco..

O regente do eclipse é Vênus, domiciliada em Touro, que gosta de ter dinheiro mas também gosta de gastar com prazeres, guloseimas, beleza, sensualidade, roupas lindas, casa bonita.. enfim.. adora o shopping e a feirinha do bairro também.

Os valores que prevalecem aqui são os mais tradicionais e conhecidos, o medo das mudanças, o apego ao que já se conhece, a vontade de ter mais, e principalmente a necessidade de se sentir seguro.

Por isso, ninguém pediu, mas um bom conselho seria cuidar bem do seu dinheiro, planejar seus gastos e investimentos, curtir a sensualidade sem exageros, não se apegar demais às coisas, pessoas ou situações, compartilhar recursos, compartilhar alegrias, compartilhar carinho, soltar o passado para viver no presente e ainda, para não entrar em lutas de poder, respeitar a si mesmo para conseguir respeitar o seu próximo.

No texto do mês de abril/2013, na semana da LUA CHEIA DE 25/04, cito uma vida emocional bem resolvida para ter uma base firme e isso continuará sendo-nos cobrado principalmente enquanto Saturno estiver transitando por Escorpião (veja mais no texto "Saturno em Escorpião: o chumbo guardando uma bomba nuclear").

Felizmente os tantos trígonos e sêxtis mostram as muitas alternativas e soluções para os problemas, além de algumas facilidades e benefícios também.

Mercúrio e Urano em Áries, motivo pelo qual falei no texto de abril da energia mental carregada, aceleram o pensamento, as palavras, o trânsito e a falta de paciência. Mas Júpter em Gêmeos suaviza um pouco abrindo novas perspectivas, mudando o foco, deixando as coisas mais leves, embora com seus exageros possa distrair e dispersar demais a atenção. Mesmo assim, Júpter, mesmo exilado, ainda estimula a conversa , o diálogo e as explicações.

Não será um eclipse visível no Brasil, provavelmente os acontecimentos mais fortes estarão onde ele estiver visível (Europa, Ásia, África e Austrália).
Mas deve trazer algo marcante para as pessoas que possuem no mapa Sol, Lua, Ascendente, Mercúrio ou Vênus próximos ao 5° grau principalmente de Escorpião e Touro, mas também de Aquário e Leão.

E, para terminar, explico as figuras de linguagem que usei para a Lua Cheia do texto de abril/2013: "O Mago da Floresta (Saturno) ajuda (conjunção) a Rainha (Lua) a se esconder (eclipsada) no pântano (Escorpião) enquanto o Rei (Sol) e sua comitiva (Vênus e Marte em conjunção) a procuram nas montanhas floridas (Touro)".

Namastê.

Nenhum comentário: