...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

domingo, 29 de junho de 2014

Solstício de Inverno, 2014 no hemisfério Sul


Em 21/06/2014, sábado, às 7:51h, o Sol ingressou em Câncer, marcando o solstício de inverno aqui no hemisfério Sul.
Porém, desde o dia 16/06 às 19:17h, o Sol alcançava sua declinação Norte máxima, ou seja, o ponto mais distante do Sul, a 26° Gêmeos.

Pessoalmente, preferi ir para as cavernas no dia 16, mas isso fica a critério de cada pessoa, já que é um acontecimento real e subjetivo ao mesmo tempo, e além disso os cálculos são "quase" exatos, apresentam pequenas variações conforme o software que foi usado.

Atualmente a ciência é algo super desenvolvido, faria "babar" de inveja nossos antepassados ancestrais, mas devido à arrogância humana que ainda persiste, muitas vezes pensamos que estamos com a Verdade na mão, quando o que temos é algo excelente, mas que SEMPRE poderá ser melhorado (lembre que, para a ciência, a Terra já foi plana, e isso não impede que futuramente ela possa ser triangular ou de alguma outra forma hoje inimaginável).

Mas vamos analisar os dois mapas.

MAPA DA DISTÂNCIA MÁXIMA do hemisfério Sul

16/06/2014, segunda-feira, 19:17h.
Sol a 25°40' Gêmeos na casa 7 e Lua a 17° Aquário na casa 2 (fase Cheia em direção à Minguante)
Ascendente a 20° Capricórnio e Meio do Céu a 8°55 Libra.

Júpter e Vênus são os planetas mais fortes, embora o regente do mapa seja Saturno.

Saturno regendo o mapa (e retrógrado) fala de solucionar o passado. Em Escorpião, pede desapego.
Não é uma tarefa fácil, como nada envolvendo Saturno ou Capricórnio o seja.
Porque se refere a assuntos que não foram solucionados, e por isso podem incomodar.

Mas aí tem o perigo daquela atitude de refúgio no passado, seja para se lamentar, para fugir de um presente desagradável, ou para reviver mágoas e raivas de uma forma masoquista de ser, não importa; o perigo está em estacionar e, pior, regredir.
Não confunda refazer e corrigir com regredir, pois Saturno trabalha sempre, e busca progresso e não regresso.

Às vezes precisamos dar um passo para trás, ou parar um pouco, para depois retormar a caminhada, seja porque descobrimos correções a fazer, seja porque a vida nos cobra isso.

Saturno se opõe à Vênus, regente do Meio do Céu, indicando conflitos com autoridades, hierarquias, pessoas mais velhas, tradições, ou contra o sistema.

Saturno se opondo à Vênus e à Lua, quer dizer que a energia feminina sofrerá bloqueios para se manifestar (embora Lua e Vênus participem de aspectos harmoniosos, também se quadram entre si).

Chama-me a atenção o Grande Trígono envolvendo Sol, Lua e Nodo Norte nas casas 6, 2 e 10 respectivamente.
Grande Trígono não elimina miraculosamente nenhum obstáculo, mas é sinal de proteção, apoio e facilidade para chegar ao objetivo.
As casas envolvidas são casas materiais, e isso mostra progresso material, financeiro e físico, conquistas profissionais e práticas, avanço e progresso.

Saturno não dá nada de graça, em troca exige trabalho e esforço.
Em Escorpião, e retrógrado, o trabalho é interior, ou em si mesmo, ou em segredo.

O trígono com Kíron favorece os trabalhos de cura física ou emocional, principalmente se tiverem raízes no passado.

Saturno está na casa 11, onde é forte, e em Recepção Mútua por signo com Plutão, que está na 12, também retrógrado. Traduzo:

Durante o inverno, a energia regente será de trabalho interior ou oculto, com repercussão importante no seu grupo.

Ao mesmo tempo que é recomendável filtrar bem seu círculo de "pessoas em quem confiar", por causa da presença de traições e falsidades vindas da casa 12, essa mesma casa 12 também aponta para atuação forte de assistência social, muita atividade no inconsciente coletivo, rica vida interior, espiritual, insights, conhecimento e aprendizado importantes, caridade, sentimento de comunhão com a Vida e transformações pessoais profundas.

Embora sem se desligar do mundo, nossa natureza pedirá por períodos de descanso, silêncio, contemplação, reflexão.
Enfim, coisas de Inverno, quando a Natureza dorme, descansa e repõe suas energias (enquanto a maioria dos humanos, loucos, continuam trabalhando e vivendo como se fosse sempre Verão, porque nosso sistema de vida é desconectado de nossa Fonte).

A oposição de Marte na 10 com Urano na 4 (reforçada por Plutão na 12 quadrando os dois) mostra que não será um período de calmaria.

Precisaremos da paciência e da persistência saturnina para não chutar o balde, nos momentos mais quentes.
A sensação é de insegurança, e os imprevistos devem fazer parte da rotina.

Quando estamos em sintonia com a natureza, vivendo seus ciclos em harmonia com ela, abastecemos nossas energias a partir do Outono, antes da chegada do Inverno, pois esse é um momento de atividade externa menor, e mais atividade interna.

É o tempo de trabalhar menos, pensar mais em proteção, buscar apoio mútuo na família ou em outro grupo de fortes vínculos, contar consigo mesmo.
Estando com as defesas fortes, viveremos os momentos de aconchego e intimidade com segurança e alegria.

Porém nosso sistema de vida não permite atividade e repouso conforme o ritmo natural.
É um sistema que privilegia o masculino, estimula demais o yang, coloca o lucro, a produtividade e a conquista em primeiro lugar.

Então, embora a Mãe me indique o repouco, a louca aqui continua trabalhando bastante, porque ainda não ficou milionária. Questão de sobrevivência, acho que os deuses são capazes de compreender..

Importante também salientar que Mercúrio está retrógrado e combusto, confundindo a lógica e transtornando as comunicações, o trânsito e a burocracia.
Até o dia 01/07 seria bom evitar iniciar coisas importantes que envolvam sociedades, assinaturas, contratos, comprar automóvel, computador, viajar, ou outra coisa que envolva os assuntos de comunicação, deslocamentos e burocracia.

Ao contrário, esse é um bom momento para fazer correções e melhorar o desempenho nesses assuntos, achar o defeito, consertar ou concluir algo.

Mercúrio volta ao movimento direto em 01/07, mas só em 15/07 é que volta ao grau que começou a retrogradar. A partir dessa data, estaremos mais práticos e objetivos.

O Sol em Gêmeos no ponto mais distante do hemisfério Sul pede frieza e distanciamento para conseguir pensar claramente.
É bom manter o pensamento calminho, fazer uma coisa de cada vez e não se deixar poluir pelo astral negativo atual, ou contaminar sua parte lógica e racional pelas emoções do momento.

O Nodo Norte em Libra, participando no Grande Trígono, mostra que a melhor direção de desenvolvimento e evolução atualmente é a busca por equilíbrio e justiça.

Não radicalizar nada, mas também não ser omisso.
Procurar ser imparcial, e imparcial não quer dizer frio.
Muitas pessoas usam essa palavra para justificar uma frieza de sentimentos, mas ser imparcial significa não pender mais para qualquer lado, estar equilibrado no centro.
Para estarmos equilibrados no centro, precisamos da asa direita e da asa esquerda, ou ainda do yang e do yin, do masculino e do feminino, da razão e do sentimento.

Politicamente, o período favorece os acordos, e sugere negociatas e atividades ocultas.
O governo se fortalece e faz aliança com seus inimigos.
O povo está dividido entre revoltas e manifestações populares, insatisfação, greves e protestos, e a insegurança da situação, a vontade de encontrar um local tranquilo e seguro.
As pessoas estão cansadas, e querem paz.

astrometeorologia: bastante chuva e dias gelados. Há possibilidade de catástrofes e fenômenos climáticos fortes, mas a presença do Grande Trígono aponta para ajuda e apoio aos mais prejudicados, além de diminuir um pouco esses efeitos.

MAPA DA ENTRADA DO SOL em CÂNCER

21/06/2014, sábado, 7:51h
Sol a 0° Câncer na casa 12conj.1 e Lua a 21° Áries na casa 9 conj.10 (fase Minguante).
Ascendente 6° Câncer e Meio do Céu a 22° Áries.

Mesmo tendo optado por me recolher no momento de máxima distância do Sol, em 16/07, também festejei esse momento importante de mudança de signo do Sol.

Sol entrando em Câncer lembra o pensamento semente desse signo: "CONSTRUO UMA CASA ILUMINADA E LÁ HABITO" e sua oitava inferior "que o isolamento seja a regra, embora haja a multidão". (mais sobre isso no texto "O Mês de Câncer)

Momento de acumular, buscar proteção e aconchego, fazer contato com suas raízes e seus ancestrais, fortalecer os vínculos familiares e afetivos, cuidar de seu mundo interior, deixar sua morada física e emocional mais agradável.

A entrada do Sol nos signos cardinais marcam abertura de portas.

No caso de Câncer, é uma porta material, a encarnação do Ser, a entrada do espírito na matéria.
O movimento da energia é para baixo e para dentro, em direção às raízes de sua árvore pessoal.
É o melhor momento para mais descobertas a respeito de nós mesmos, quando a luz se manifesta no escuro, o espírito, as intuições e os insights de manifestam no silêncio, na solidão, nos sonhos e nos momentos de mais passividade, tranquilidade, repouso ou contemplação.

Em 2014, o Sol ingressa nesse signo na casa 12, bem próximo ao Ascendente, indicando tanto a diminuição da atividade externa quanto a necessidade de assumir o comando de sua própria vida.

Os trígonos envolvendo as casas 4 e 8 mostram intensa atividade interior ou oculta.

Atividade interior quer dizer o caminho dentro de si mesmo, a busca das causas e origens, o contato com a ancestralidade e a Fonte, o fortalecimento de vínculos afetivos e familiares, a organização pessoal interna.

Atividade oculta pode ser tanto o inconsciente pessoal e coletivo que estarão a mil por hora nesse período como também que muita gente estará dissimulada e não tão sincera (isso é reforçado pela presença de Mercúrio retrógrado em Gêmeos na casa 12, e ele ainda regendo as casas 12 e 3), ou até mesmo paranóica pois acentua a insegurança, medos e a desconfiança).

É preciso usar a sensibilidade em seu próprio benefício nesse período.

A maioria das pessoas estará mais sensível e com tendência a explodir por motivos fúteis (Lua em Áries bastante desafiada e na casa 10).
As explosões arianas costumam ser fortes, mas passageiras.

Então, com o Sol acentuando a subjetividade, Mercúrio confundindo a lógica e Lua com tendência a explodir, seria bom aguçar o faro e acalmar as emoções.

Esse tipo de energia "panela de pressão" costuma explodir inesperadamente e, conforme a situação, gera inimigos e complicações desnecessárias, que poderão ser cobradas num futuro próximo.
Podemos evitar o transtorno de ter que consertar e juntar cacos silenciando um pouco, ouvindo mais do que falando, "processando a informação" antes de nos manifestar externamente.

As quatro direções Cardinais reforçadas pela Lua lá em cima participando de uma quadratura em T quase fechada mostram que o período do Inverno será bastante ativo.

Muitas vezes teremos o sossego e o repouso perturbados por imprevistos.
Aí entra a nossa capacidade de transformar limões em limonadas, capirinhas, tortas de limão, remédios prá gripe, etc

Vênus domiciliada e Júpter exaltado são os planetas mais fortes, mas o regente é a Lua.
O Ascendente Câncer leva nossa atenção para o relacionamentos íntimos, o fortalecimento dos vínculos e o contato consigo mesmo, mas também nos torna mais defensivos e desconfiados de tudo.

O Meio do Céu em Áries com a presença da Lua e Urano e suas quadraturas e oposições diz claramente que não teremos sossego no dia a dia. Portanto, se organize bem.

A Lua recebe uma assistência de Mercúrio retrógrado em Áries, vinda da casa 12, o que sugere que novos caminhos se apresentarão.

Aguce os instintos, mas se abra às novidades.

Uma nova maneira de ser, uma nova maneira de solucionar algum velho assunto, uma postura diferente, um insight, aquela alternativa que você ainda não havia tentado, podem se mostrar mais eficientes do que a maneira mais conhecida, tradicional ou lógica de
resolver seus problemas.

Politicamente, mostra a população bastante insatisfeita, e o governo atuando com força na mídia e comunicações.
Os protestos e as polêmicas na mídia confundem o pensamento das pessoas, não é um momento bom para avaliar nada com clareza.

São bem possíveis os problemas com abastecimento de água e energia, explosões, incêndios, acidentes de trânsito.

astrometeorologia: tempestades com raios, dias gelados, mas com extremos de temperatura oscilando. Estragos causados por raios, incêndios ou ventos fortes são possíveis também.

Bem, após a entrada da Primavera e talvez até o solstício de Verão, veremos qual do dois mapas teve maior influência.

Namastê.

Nenhum comentário: