...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

equinócio de Primavera, 2014, hemisfério Sul

equinócio de Primavera 2014
"Ninguém ouviu falar de Alexandre, o Médio" 
(anônimo)

Hoje, dia 22/09, segunda-feira, 23:29h, o Sol entra em Libra, marcando o equinócio de Primavera para nós do hemisfério Sul, e o de Outono para o hemisfério Norte.

Primavera, sua linda, seja Bem Vinda !!!

Sol e Lua na casa 4, Lua em Virgem e nos últimos graus da fase Minguante, a terra desperta aos poucos; na casa 4, os luminares mostram que ainda vamos querer mais um pouco de aconchego e permanência na concha.

Sol em conjunção com Vênus e sextil com Marte, mostra alegria, bom humor, boa vontade.
Marte em Sagitário lhe puxa a atenção para o futuro, enchendo o astral de otimismo.

E ela chega na hora de Marte, dia da Lua, mostrando que a calmaria é só na superfície.

Lua em conjunção com Vênus, sextil com Saturno, trígono com Plutão e oposição com Kíron reforça a boa vontade, a disposição para trabalhar e curar.

Reforça a vontade de permanecer na concha, pois Kíron no Meio do Céu em oposição à Lua é como se nossa ferida estivesse exposta.
Frágeis, mas não fracos.
Ferida aberta é consciência de onde dói, e por quê.

Essa Primavera traz a oportunidade de curar nossas feridas.

Lua em sextil com Saturno em Escorpião na casa 6 é a oportunidade de conseguir fazer por nós próprios o que de melhor poderíamos.

O acesso ao nosso Sábio Curador, à Velha Bruxa, aos conhecimentos ancestrais que, enraizados por dentro, brotam para serem agora usados.

Ascendente Gêmeos, regente Mercúrio em Libra na casa 5, indica interesse em pessoas e conhecimentos.
Mas Mercúrio, solitário, sem aspectos com os planetas (aspectos apenas com pontos) pode estar tão refinado e exigente que se torne um solitário na multidão.

Sentimos que temos uma mensagem para transmitir, mas é como se estivéssemos em um palco falando para surdos sem saber a linguagem de sinais.

Mercúrio está em Recepção Mútua com Vênus, o que lhe leva de volta para a casa 4, reforçando a ideia de intimidade, concha, proteção e aconchego.

Busca-se aprofundar vínculos já existentes, preferindo a companhia de pessoas conhecidas e confiáveis, ao invés de novidades e aventuras.

Família, tradição, raízes, origens, vínculos já estabelecidos, é o que se busca primeiro.

A Terra em Áries, trígono com Marte e sextil com o Ascendente está renascendo, e busca se unir em grupos afins (casa 11), cheia de planos e novidades para o futuro (trígono com Marte), visualizando mil oportunidades à frente (sextil com o Ascendente).

Nos próximos meses, estaremos mais preocupados em construir alicerces sólidos, bases seguras, manter unido o grupo familiar (seja família de sangue ou não), do que com a visão cósmica do mundo.
Primeiro o clã, depois a comunidade toda.

Nossa viagem é mais interior, os caminhos nos levam para dentro.

A ideia é melhorar o ambiente em que vivemos o cotidiano, nosso ambiente mais próximo e mais íntimo.

Queremos ser úteis, prestar e receber favores, viver em harmonia com a vizinhança e ter uma vida saudável.

As melhores oportunidades estão no nosso ambiente mais próximo, com pessoas conhecidas.

A grande ênfase da casa 4 mostra que, embora a vida não fique limitada ao nosso mundo íntimo, ao clã, é a partir daí que as coisas acontecerão.

Nossas motivações principais devem ser a busca por estabilidade, laços sólidos com pessoas confiáveis, segurança financeira e afetiva, forte sentimento de patriotismo, busca das próprias origens, busca dos ancestrais, das raízes, e também a investigação profunda das causas que originaram os problemas que passamos atualmente.

É uma casa relacionada também à infância e à criação de nossos hábitos, além de estar profundamente relacionada com a figura dos pais (pai e/ou mãe).

Então, está muito bom para trabalhar em nós mesmos o perdão do passado, o resgate daquilo que for possível, o deixar ir daquilo que não conseguimos lidar.

Só uma pessoa madura consegue fazer as pazes com seu passado e perceber as coisas de uma nova perspectiva, a criança ou o adulto infantil não é capaz disso.

A oposição de Kíron a esse ponto abre nossas feridas, para que possamos cura-las.

Bom também para se livrar de hábitos não tão saudáveis, mas que já caíram no modo automático e não vem sido questionados.

Tradições também: algumas nos levam para nossas raízes e nos renovam as forças, mas outras não nos levam a nada e nem sabemos porque ainda as praticamos.

Essa casa também fala da parte final da vida, não necessariamente a morte, mas a velhice, e está ligada além dos ancestrais, às pessoas idosas.

Assuntos que serão importantes nos próximos meses: a família, maternidade, crianças, idosos, tradições, saúde, alimentação, moradia, imóveis, agricultura, pátria, genética, restaurantes e indústria alimentícia, hotéis, construções, imigração/emigração.

Financeiramente existe progresso, mas com um passo de cada vez.

O trabalho e o esforço próprio são valorizados e importantes, mas principalmente as coisas feitas em conjunto, em grupo, mais do que de forma independente.

Os estudos, descobertas científicas e atividades mentais estão muito favorecidos.

A Saúde Pública deve receber mais incentivos financeiros, mas não está livre de escândalos mesmo assim.

Continuam os escândalos financeiros.

É possível que os escândalos continuem avançando e levando junto parte do governo e do Poder Judiciário também.

Com Kíron no Meio do Céu, o governo está ferido.

Os trabalhadores em geral conseguem algum pequeno progresso, mas empacam aí, não é muito.

Os aposentados e as pessoas que dependem da caridade pública não avançam nem progridem muito, mas continuam sendo auxiliados.

A entrada da Primavera com a Lua minguando em Virgem mostra que, mais do que grandes coisas, é necessário trabalhar as pequenas, e há muita coisa pendente pedindo solução, principalmente no setor de saúde e do emprego.

O trígono de Urano na 11 com Júpter na 3 mostra possibilidade de novas fontes de energia, mas (quadrado de Plutão vindo da 8) que o acesso está dificultado ou atrasado. Não impossibilitado, mas (seja por conflito de interesse, pouco preparo técnico, ou falta de suporte financeiro para investir) deve ser atrasado na prática.

Possíveis problemas com abastecimento de água.

Marte sagitariano, co-regendo a casa 6, posicionado na 7 em quadrado com Netuno em Peixes na 9, mostra problemas com epidemias e contaminações, talvez vindas de estrangeiros ou de longe; e Saturno em Escorpião, na 6 e regendo a 8, em trígono com Kíron e sextil com a Lua, mostra que é possível a cura.

No trânsito, acidentes com veículos grandes e aviões.
Estradas, ruas, aveninas e aeroportos continuam exigindo mais investimento financeiro também.

Urano no grau que se dará o eclipse de 08/10 anuncia que teremos muita mudança, romperemos com o passado e abriremos novas portas, e isso talvez não seja de maneira suave. Será um eclipse da Lua, deixando o passado para trás.

Mas o que penso seja o fator mais difícil de se lidar é a quadratura de Netuno, regente do Meio do Céu, direcionada a Marte principalmente, mas também ao Ascendente. Isso traz confusão, ilusões, desorientação.

Se por um lado a temida quadratura causa obstáculos, sem ela é quase impossível materializar alguma coisa.
Mas se tratando de Netuno, vai desde nossas mais profundas emoções até grandes movimentos nos oceanos.

O Deus dos Mares lança suas brumas e suas tempestades, enchendo nossas mentes racionais de presságios, alucinações, delírios e insights, todos num mesmo caldo, enquanto nos lança um sorriso cheio de piedade. É cruel.

Penso que esse aspecto tanto pode se manifestar sob a forma de naufrágios, enchentes, acidentes climáticos com vítimas desabrigadas, como aumento da criminalidade, fraudes, mentiras lançadas na forma de notícias, confusão com polícia ou forças armadas (principalmente nas fronteiras, por Marte estar na casa 7).

A nível pessoal, deixa as ações desorientadas (Marte) levando a pessoa a correr em círculos, se auto sabotar, desperdiçar energia com coisas inúteis, gastar seu dinheiro e ficar endividado com bobagens, entrar em pânico delirante, ou ainda entrar numa maratona sexual desenfreada.

Mas como os deuses ainda não nos abandonaram, essa quadratura também pode servir para materializar ações espirituais, suavizando a agressividade de Marte e direcionando essa energia para uma distribuição de mais tolerância, compreensão, enfim, um salto quântico no nosso nível de compreensão humana.
Afinal, estamos mesmo todos no mesmo barco, a nave Terra.

Além disso Plutão, o mal falado Deus dos Infernos, oh, quem diria, está dando assistência a Netuno, Kíron e à Lua no sentido de curar, renascer das cinzas, acessar nossas forças desconhecidas no sentido de minimizar os danos ou, no mínimo, aprender coisas muito importantes.

Com a Lua vindo atrás do Sol na entrada do equinócio, corremos o risco de querer prolongar demais a estadia dentro da concha, buscando um refúgio no útero ou no passado para assim evitarmos de enfrentar o futuro, seguindo o medo do desconhecido.

Afinal, é quase Lua Nova, o renascer do ciclo de lunação, e todo o nascimento dá um frio na barriga.

A armadilha a evitar é cair na tentação de pensar que nunca estamos suficientemente prontos para enfrentar o que vier.

Então, vamos aproveitar esses dias de entrada do equinócio de Primavera (aqui no h. Sul) até a Lua Nova em 24/09, para nos "aprontar" como pudermos.. e damos o salto.

Pois Primavera é recomeço, nascimento, a volta da luz, cheiro de promessas no ar.
No xamanismo norte americano, é o início do vôo da Águia.

astrometeorologia: chuva, umidade, vento, tendência ao frio. Dias nublados. Possibilidade de tempestades com ventos fortes e enchentes.

Namastê.

Nenhum comentário: