...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

sexta-feira, 3 de abril de 2015

eclipse total da Lua, 04/04/2015

"As pessoas criativas estão em contato com o seu coração."

No dia 04 de abril/2015, sábado, teremos eclipse total da Lua, por volta das 9:00h.
Inicia aproximadamente às 7:15 e terminando às 10:44h, com seu máximo entre 9:00 e 9:03h.
A primeira sombra é as 6:01 e o final às 11:59h, aproximadamente.
Lua Cheia com Sol a 14° Áries e Lua a 14° Libra, Ascendente a 22°49' Touro e Meio do Céu a 23°33' Aquário, às 9:05h.

Será visível em grande parte da Ásia, Austrália, grande parte da América do Norte, grande parte da América do Sul, Pacífico, Atlântico, Oceano Índico, Ártico, Antártida.
Em vários locais do Brasil, na fase de penumbra e somente no seu início.
Informações exatas das cidades brasileiras em

É o 30° eclipse da série Saros 132 (total de 71 eclipses, iniciada em 12/04/1492), que caminha do Norte para o Sul (o primeiro no Norte e o último no Sul) e o eclipse total mais curto da série.

Fase máxima do ciclo Sol/Lua, iniciada em 20/03, com a Lua Nova, que foi também um eclipse total, mas do Sol.
De 20/03 até o momento, tem prevalecido o instinto, com as emoções comandando o ritmo.
Nessa Lua Cheia/eclipse o elemento Ar volta a estar presente, embora não totalmente, porque será eclipsado.

A falta do elemento Ar deixou a vida bastante desorganizada, as comunicações confusas com muitos mal entendidos, pouca racionalidade, nossas percepções e julgamentos também parciais e misturados com emoções, de maneira que ficou bem difícil de perceber as coisas com clareza. Isso começa a mudar, aos poucos.
A Lua, mesmo oculta, está forte, conjunta ao Nodo Norte e regida por Vênus domiciliada que também rege o mapa.
Vênus e Netuno são os planetas mais fortes, e Saturno, o Almuten.

Após a Lua ter ocultado o Sol em 20/03, agora a Terra oculta a Lua: tivemos dias onde as emoções e o passado comandaram, e agora lançamos luz às percepções que tivemos: o que vamos fazer com isso?

Apesar de bastante agressividade nos aspectos que se formam, será preciso desacelerar um pouco: Marte, o Guerreiro, foi para Touro, e seu passo fica lento, sua iniciativa diminui e sua raiva fica controlada, reprimida.
Vênus, a dona do mapa, também em Touro, busca a segurança, uma vida pacata e tranquila, com dinheiro suficiente para se enfeitar bastante, comer muita coisa deliciosa e ainda seduzir o Guerreiro.

Mas a briga dos deuses ainda não terminou: Sol unido a Urano furioso, Plutão protestando sozinho, e a Lua não concordando com nenhum deles.. um caldeirão de tensões e ambições.

Felizmente Júpter envia seus aspectos benéficos tanto para o Sol como para a Lua (deixa prá lá, vamos nos entender, aproveitar a vida e ainda rir disso tudo).

A Lua eclipsada tende a reprimir a sensibilidade e deixar falar bem alto o ego, desprezando necessidades emocionais ou até mesmo físicas (descanse um pouco, não trabalhe demais).
Em Áries e conjunto a Urano e Mercúrio, a tendência é olhar somente para o futuro e desprezar o passado e, numa corrida louca, atropelar ensinamentos importantes que não teríamos obtido sem passar por todas as experiências que passamos, inclusive as ditas "erradas", ou frustrantes.

É importante aproveitar essa energia para remover obstáculos e ir para a frente, sim.
Porém as sensibilidades feridas cobrarão os danos, mais tarde. Então é bom equilibrar as coisas.

Essa lunação de Áries/Libra, também é conhecida como o Festival da Ressurreição: a vontade de iniciar e de se expressar, de romper limites, renascer. É aqui onde nascem as ideias.

Para nascer, não podemos estar pensando nem no passado, nem no futuro: é necessário concentrar todas as suas forças no momento presente.

No mapa do Brasil para o dia 02, a Lua fica oculta na casa 11: as reviravoltas e surpresas acontecem no congresso, com deputados e senadores, os políticos, principalmente os aliados ao governo. Acidentes em estradas, ou com aviões, quebra de acordos ou alianças, perda de apoio.
Mas os aspectos do Sol e da Lua são benéficos ao mapa do país, simbolizam a possibilidade de construir uma solução criativa aos problemas que possam aparecer. Os desafios vem de Saturno e Netuno ao Sol, e Marte consigo mesmo, mas apoia o Sol: grandes desafios e abacaxis para o governo descascar, conflitos internos e instabilidade - necessidade de construir união.

No mapa para o dia 07, a Lua fica oculta na casa 9: os transtornos estão ligados à Justiça, decretos, fronteiras, política internacional, imigrantes, e ainda há possibilidade de brigas religiosas. Perseguições e prejuízos financeiros internacionais.
No Brasil esse eclipse não será visível em sua forma total, só uma sombra, no início, e em algumas partes nem isso.
Os aspectos do Sol e da Lua também são benéficos, sinalizando soluções criativas e inovadoras. Os desafios vem de Saturno e Netuno à Lua e Vênus consigo mesma, indicando sofrimento e complicações para a população e impopularidade do governo.
Principalmente onde for visível, esse eclipse está representando fenômenos climáticos fortes, tremores de terra, incêndios ou explosões, vulcões, desabamentos, prejuízos, acidentes em terra ou ar, falta de energia, falha em comunicações.


O mapa do eclipse para Brasília indica conflitos entre governo e população que, dividida, uma parte protesta e outra parte aplaude o governo. Vênus, regente do mapa, desafia o Meio do Céu, e Plutão de mau humor na casa 8 indicam que o maior desafio do momento é financeiro (nenhuma novidade..).
Os principais acontecimentos estão mesmo com os políticos, o governo, as finanças, problemas com energia elétrica, trânsitos, acidentes por descuido ou pressa (carros ou aviões), necessidade de gerenciar a crise.

Voltando a nós, pobres mortais, é tempo de concentrar energias para ousar progredir e romper obstáculos, se possível mantendo a elegância.
O trabalho e os esforços estão favorecidos e estimulados, e o perigo é a impaciência, arrogância e pressa.

Lua em Libra conjunta ao Nodo Norte também em Libra apontam para o caminho da moderação e do equilíbrio, diálogo e boa convivência, que não deve ser abandonado em troca da ilusão de poder tudo sozinho: um precisa do outro, e respeito também é muito bom.
Namastê.



Nenhum comentário: