...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Astrologia e Saúde 2: Triplicidades, Elementos, Quadrantes, Polaridades, Aspectos

Astrologia e Saúde 2 : Triplicidades, Elementos, Quadrantes, Polaridades, Aspectos

A colocação do planeta em um signo e casa fortalecem ou enfraquecem a sua capacidade de atuar (influenciar no resultado).

- importante: todo o estudo de Astrologia relacionada com saúde ou doenças se presta para auxiliar no processo de cura, e jamais substitui qualquer tratamento médico.

Para saber se um planeta está forte ou fraco, usamos as chamadas Dignidades e Debilidades.

Não vou colocar nessa série os Domicílios, Exaltações, Exílios e Quedas porque depende se você vai seguir a linha de pensamento da Astrologia Tradicional ou da Astrologia Moderna.
Embora cada uma delas diga que é melhor do que a outra, na minha opinião as duas são ótimas.

Então, para não confundir, use o que funciona para você.
Recomendo usar também os decanatos e os termos, bem como as regências de grau e qualidades primitivas, bem como amizades/inimizades dos planetas, para quem quiser mais exatidão.

É importante, antes de analisar os aspectos, observar a posição de cada planeta por signo e por casa, levando em conta suas forças e fraquezas.

Lembrando que Sol, Lua e Ascendente são sempre mais importantes.
Na análise da Saúde também Hyleg.
Nessa ordem:
Observar as forças e fraquezas do Sol, Lua, Ascendente e Hyleg.
Observar as forças e fraquezas dos planetas, signos e casas do assunto que estamos procurando respostas.
Observar o que predomina no conjunto do mapa todo (signo, casa, aspecto, triplicidade, elemento, quadrante e polaridade) e o que falta também.

TRIPLICIDADES - causas:

Triplicidades revelam comportamentos e ações dos planetas.

CARDINAIS: efeitos graves, porém rápidos e claros - ação direta, motivação
atitudes independentes, rápidas, úteis, ocupadas.
Picos de energia, onde tem mais atividade.
defeito: ignorar a doença por falta de paciência com o tratamento.
- nível, no corpo: elevado, para fora.

FIXOS: efeitos leves, porém progressivos - ação de acumulação, segurança
atitudes disciplinadas, constantes, rígidas, pensativas, concentradas, criativas (os Fixos criam e os Cardinais executam), independentes.
Resistentes e fortes, hereditariedade.
defeito: não muda e sofre muito tempo com a doença.
- nível, no corpo, profundo, para dentro.

MUTÁVEIS, ou COMUNS: efeitos mistos e variáveis tanto de Cardinais como de Fixos, doenças autoimunes - ações de distribuição, sensibilidade.
atitudes sutis, versáetis, adaptáveis, inconstantes, sem direção firme, superficiais, sensitivas, servis, simpáticas.
Altos e baixos na saúde e na resistência, supersensibilidade.
defeito: convive com a doença não enfrentando diretamente, adapta-se à doença.
- nível no corpo: variável, geralmente próximo da pele, mas se adapta para Cardinal ou Fixo.

ELEMENTOS - sintomas:

Elementos revelam tipos de energia das casas e modos de atuação dos planetas.

FOGO: (energia do corpo) calor, transtornos agudos, imprevistos ou rápidos, reação brutal ou excessiva, alergias, hiperatividade/tensão euforia, irritabilidade, inflamações - ação dos estímulos
temperamento: bilioso, constituição quente e seca

TERRA: (substância, matéria e sensação do corpo) frio, sensações fortes, resistência ou falta dela, envelhecimento precoce, baixa imunidade, depressão/ansiedade - estruturação e estabilização dos estímulos
temperamento: nervoso, constituição fria e seca

AR: (a mente) calor, curta duração e recaídas, baixa vitalidade, ansiedade/preocupação, artrose, dor de cabeça - trocas e circulação dos estímulos
temperamento: sanguíneo, constituição quente e úmida

ÁGUA: (emoção, humor) frio, psicossomáticas, inquietação, prolongadas, infecção respiratória, problemas digestivos ou urinários, cansaço, dorme demais, pessimismo/depressão, reações lentas - distribuição e relacionamento dos estímulos
temperamento: linfático, constituição fria e úmida

Excesso de Fogo: stress - gera muita energia
excessos, abusos, impulsividade, egoísmo

Excesso de Terra: rigidez, lentidão - paralisação, peso
pouca criatividade, visão estreita, ceticismo, frieza

Excesso de Ar: fragilidade das estruturas - desorganização
teórico e pouco prático, utópico, fugas da realidade, problemas mentais, stress

Excesso de Água: infecções, depressão grave, instabilidade emocional - gera pouca energia
impressionável, descontrole, exageros, dependência, insegurança



Falta de Fogo: metabolismo lento, energia baixa, problemas com olhos, locomoção, plexo solar
pessimismo, apatia, falta de confiança em si

Falta de Terra: cansaço, pouca resistência nervosa, pouca força física, descuido com o corpo, dificuldade com sobrevivência e estabilidade, insegurança

Falta de Ar: problemas respiratórios ou circulatórios, falhas de percepção e comunicação,
distração, mente fechada, pouca clareza, desconfiança, se comunica mal

Falta de Água: agitação física, insônia, inquietação, stress,
pouca empatia, frieza, insensibilidade, desprezo, não sabe lidar com emoções

O Elemento dominante mostra aquilo que estamos em contato constante, tendemos a repetir e achamos mais fácil.
O Elemento que falta mostra carência ou experiências/assuntos que evitamos e não compreendemos muito bem.
A falta de um elemento pode ser compensada por algum planeta forte e bem colocado, relacionado com aquele elemento (Sol e Marte para Fogo, Lua para Água, Mercúrio para Ar e Saturno para Terra).

O ideal é buscar o equilíbrio, lembrando que o equilíbrio perfeito é muito raro.
A maioria dos mapas tem ênfase ou falta de algum elemento.
Não adianta ir contra a natureza básica e tentar ser aquilo que jamais será.
Funciona buscar a energia que falta para ter alguma experiência, mesmo mínima, nesse campo.

QUADRANTES

Quadrantes revelam forças e fraquezas, maneiras de atuar e tempo de manifestação.

I Quadrante: casas 1, 2 e 3
Leste
Noite
Privado
Individual
Masculino
Yang
Fogo
Regente: Marte
idade: Infância
no ciclo do tempo: Adolescência e Juventude
Afirmação do Eu
Independente
Ação subjetiva

II Quadrante: casas 4, 5 e 6
Norte
Noite
Íntimo
Coletivo
Feminino
Yin
Água
Regente: Lua
Dependente
idade: Adolescência e Juventude
no ciclo do tempo: Infância e Velhice
Reconhecimento do Meio Ambiente, Reação ambiental

III Quadrante: casas 7, 8 e 9
Oeste
Dia
Social
Coletivo
Masculino
Yang
Ar
Regente: Vênus
Dependente
idade: Juventude e Adulto
no ciclo do tempo: Adulto e Maduro
Reação da civilização/sociedade

IV Quadrante: casas 10, 11 e 12
Sul
Dia
Público
Individual
Feminino
Yin
Terra
Regente: Saturno
Independente
idade: Adulto e Maduro
no ciclo do tempo: Juventude e Adulto
Ação social/universal

Hemisfério Diurno (III e IV Quadrante - casas 7,8,9,10,11 e 12) : Potenciais se desenvolvem rápido e cedo. Direção social e material da vida.

Hemisfério Noturno (I e II Quadrante - casas 1,2,4,4,5 e 6) : Potenciais demoram a se desenvolver. Direção subjetiva e intuitiva da vida.

Hemisfério Leste (casas 1,2,3,10,11 e 12): Independência, automotivado, não espera
Hemisfério Oeste (casas 4,5,6,7,8 e 9) : Dependência, precisa de apoio e motivação


POLARIDADE:

Polaridades revelam introversão ou extroversão.

- SIGNOS MASCULINOS (positivos, YANG): ação direta, expansão, duros, inflexíveis, ataque
Signos ímpares (Áries, Gêmeos, Leão, Libra, Sagitário, Aquário)

- SIGNOS FEMININOS (negativos, YIN): passividade, introversão, flexibilidade, defesa
Signos pares (Touro, Câncer, Virgem, Escorpião, Capricórnio, Peixes)

As duas polaridades são importantes.
Com o masculino/positivo/yang tomamos providências para erradicar as doenças, e
com o feminino/negativo/ying defendemos o corpo.

Os dois equilibrados são sinônimo de boa saúde.

ASPECTOS:

Aspectos não são significadores de doenças ou saúde.
Aspectos representam o relacionamento entre os planetas (que são significadores) que estão em algum signo (significadores) e em determinada casa (também significadoras).

Embora os aspectos tensos favoreçam a manifestação de doenças mais do que os harmônicos, geralmente eles não causam.
Porém são importantes.
Eles causam stress e obstáculos - fatores que desencadeiam potenciais já existentes no mapa.

- O aspecto de 150° - (quincuce ou inconjunto) é o mais usado para verificar problemas de saúde. Frustrações e problemas crônicos.
Suas linhas não passam pelo centro do círculo.
É um aspecto tenso e rígido, inflexível e frustrador.
As energias dos planetas participantes não conseguem se expressar e tendem a se manifestar como doenças.
Aumenta a sensibilidade para nutrição, onde geralmente se manifesta primeiro.
- natureza de Netuno.
- natureza das casas 6 e 8.

Aspectos considerados difíceis para a saúde, causadores de desequilíbrios ou bolqueios:

- 0° (conjunção) - conforme os planetas e configurações envolvidos. Os planetas atuam unidos, como um corpo só.
- natureza de Mercúrio.
- natureza da casa 1.

- 45° (semi quadratura) - entre a conjunção e o sextil, mas de natureza da quadratura, aspecto que revela irritações emocionais, desorientação entre os planetas/signos participantes. (aspecto menor)
- natureza mista das casas 2/3 e 12/11

- 90° (quadratura) - conecta planetas cuja tensão ou pressão para o centro do círculo tem a possibilidade de trazer mudanças.
É motivada e pode ser muito criativa.
É comum dizer que a Quadratura pode ser uma pedra no caminho ou um bloco de construção.
Os planetas participantes lutam entre si por uma supremacia e devem ser equilibrados - são portas que podem fechar e tornar crônico, mas também abrir para curar.
Associados aos quadrantes e às estações (abrem e fecham) e à matéria física.
- natureza de Marte.
- natureza das casas cardinais 1, 4, 7, 10

- 135° (sesquiquadratura) - entre a quadratura e a oposição, esse aspecto irrita e provoca, mas suas tensões são menos críticas ou duras. Os planetas participantes se irritam entre si. (aspecto menor)
- natureza mista das casas 5/6 e 9/10

- 180° (oposição) - cria a tensão máxima, quando a corda pode arrebentar.
Os dois pólos exercem forte atração um sobre o outro.
A energia flui de um para o outro.
Se não for harmonizada e permanecer irreconciliável, um lado pode puxar a energia toda para si.
Relacionada com a psiquê e seus mecanismos.
No positivo, traz a percepção do outro, cria empatia.
Revela a psiquê.
Os planetas participantes lutam pela supremacia tentando aniquilar um ao outro - quando equilibrados atuam em cooperação se assemelhando à conjunção positiva.
A oposição traz a capacidade de perceber o outro - a falta de oposições revela pouca empatia.
Associada às polaridades e contradições, reúne feminino e masculino mas conflita dia/noite, quente/frio, etc
É o aspecto que percorre maior distância de um ponto ao outro, portanto é o que exige mais esforço.
- natureza de Saturno.
- natureza da casa 7.

- sem aspecto - planetas sem aspecto são solitários.
Muitas vezes são ignorados, desprezados, subestimados, e agem isoladamente.
Sujeitos a extremos de fraqueza ou força.
Sua participação pode ser fraca e nula, ou muito forte e subterrânea/oculta.
Não se expressam, ou se expressam obsessivamente anulando outros.
É importante encontrar um canal para a sua manifestação, trazer à consciência e equilibrar.
- natureza de Plutão.

- 30° semi-sextil - une dois signos vizinhos, associado com a passagem de uma fronteira.
Os signos envolvidos tem menos afinidade entre si do que em uma oposição ou quadratura (elemento, polaridade, triplicidade, etc diferentes).
Une bases totalmente diferentes e opostas, forçando a se ajustar ao que é novo, diferente, estranho.
Dificuldade de se conscientizar e perceber, ou unir e adaptar.
Tendência a desconsiderar, por comodismo, ou viver em conflito. (aspecto menor)
- natureza de Urano.
- natureza das casas 2 e 12.

Os aspectos fortes passam pelo centro do círculo, e o revelam.
É o nosso centro de poder, que pode ser contatado em qualquer momento da vida mas está disponível principalmente em momentos de crise.

Esses aspectos estão envolvidos quando existem bloqueios.
Considerados difíceis e dolorosos, ao mesmo tempo possuem a chave para o desenvolvimento mais elevado.
A doença mostra períodos da vida em que são necessárias mudanças, às vezes drásticas.
Essas mudanças trazem consigo aprendizados.

Aspectos harmoniosos, a energia flui facilmente:

- 0° (conjunção) - conforme os planetas e configurações envolvidas. Os planetas atuam unidos, como um corpo só.
- natureza de Mercúrio.
- natureza da casa 1.

- 60° (sextil) - Une dois elementos diferentes de duas polaridades diferentes.
Se refere à comunicação, mais interna do que externa, e relacionada com o Físico.
Se revela internamente, no plano mental.
Os planetas participantes se comunicam internamente, criam facilidades que não são aproveitadas sem uma ação direta, é preciso algum esforço.
Assim como muitas ideias, que se permanecerem apenas na mente, não são colocadas em prática.
- natureza de Vênus.
- natureza das casas 3 e 11.

- 120° (trígono) - Une 2 signos de mesmo elemento.
Se refere ao emocional, chegando perto do mental.
Revela-se no plano mental, mas principalmente nas emoções.
Os planetas participantes colaboram entre si.
Trazem sensação de conforto e bem estar.
- natureza de Júpter.
- natureza das casas 5 e 9.

TODOS OS ASPECTOS LEVAM AO SOL ou à LUA, 
ou ambos.

Sol é o único que possui luz própria, e de sua luz e calor depende todo o sistema.
Seu elemento é o Fogo, que influencia na vitalidade, disposição e força.

Lua é um satélite da Terra que representa as emoções.
Por estar tão próximo exerce uma influência forte e direta no planeta, e nos corpos físicos.
Sua influência forte está associada ao seu elemento, Água, que influencia nas emoções e pode aumentar ou baixar a vitalidade do Sol.

O Ascendente, que representa o corpo físico (matéria, tipo de corpo, etc), necessita do calor do Sol e do frio da Lua, equilibrando Fogo/Água.
O Ascendente é o ponto onde o Sol nasce, marcando um limite entre dia e noite.
Nós precisamos tanto do dia quanto da noite para viver.

Planetas que não tem aspecto com Sol e Lua, e nem com Ascendente, são os mais difíceis de trabalhar, exigem mais esforço.
Verifique se há alguma conexão com o Sol e a Lua.
exemplo 1: um planeta que não faz aspecto com Sol nem Lua mas faz aspecto com outro planeta que o faz.
exemplo 2: um planeta que não faz aspecto com Sol nem Lua mas está em algum signo regido por eles, ou em alguma dignidade de um dos dois.

Os aspectos mostram a energia fluindo, suas formações e configurações são importantes para manter a saúde e o equilíbrio.
Indicam onde há obstruções, cristalizações e dificuldades no caminho da energia (aspectos difíceis), e onde ela fui com facilidade (aspectos harmônicos).

A conjunção é sempre o aspecto mais forte.
Onde existe conjunção há uma união de forças.

Positiva: planetas participantes são amigos, participa de outros aspectos positivos.
Negativas: planetas participantes são maléficos, participa de outros aspectos difíceis.

Aspectos são analisados por último porque as posições de força ou fraqueza dos planetas e signos são mais fortes.
exemplo: planetas fracos, bloqueados, mal colocados anunciam problemas e se tiverem aspectos harmoniosos esses problemas podem crescer livremente.
Os aspectos harmoniosos não impedem a doença, mas indicam que o tratamento será mais fácil.

Isso acontece porque os aspectos não indicam doenças por si só.
Em Astrologia da Saúde aspectos se referem aos caminhos das energias, doenças e curas.
Eles dizem se o problema é facilmente exteriorizado ou se fica interno e reprimido, mas não dizem qual o problema.
Doenças, forças, fraquezas e órgãos são indicados principalmente pelos planetas, signos e casas em posições de força ou fraqueza.

Um mapa equilibrado tem aspectos mistos.
Mapas sem aspectos tensos (quadraturas ou oposições) são mapas fracos, que não possuem força suficiente para reagir às doenças.
Mapas sem aspectos harmônicos (trígonos ou sextis) são mapas que desanimam pois perdem as esperanças e se acostumam com os problemas ou, ao contrário, se tornam extremamente agressivos.

Fontes consultadas :
Manual de Astrologia - Sepharial
Astrologia Médica - Juan Trigo
Planetas em zona de stress e crises de transformação (planetas e crises) - Bruno e Louise Huber
Energias e saúde - Carlos Sol e Maria Luna
Astrologia de Saúde Funcional e Ortomolecular - Elizabeth Queiroz-Tibet
Paulo Silva - site de Astrologia Medieval http://www.astrologiamedieval.com/Estudos.htm
Astrologia e Arte de Curar - A.T.Mann

Namastê.

Nenhum comentário: