...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

sábado, 31 de dezembro de 2011

Brasil em 2012


As mudanças acontecem, e vem de cima para baixo, numa tentativa de reorganizar e criar uma nova ordem.

As finanças continuam merecendo atenção especial.
Novas fontes de recursos a serem descobertas, mais dinheiro direcionado para a saúde , educação e serviços públicos.
Mas continua a dificuldade para quitar dívidas e o protesto pelos altos impostos. Falta dinheiro para as crises, as catástrofes e a fome.

A tecnologia e informática estão em alta. Está favorecido o comércio com países vizinhos ou próximos, as comunicações e o trânsito (terra, ar ou água).

A assistência social e filantrópica está em alta e são foco de muita atenção por parte do governo, e isso ameniza bastante as condições precárias do povo.
As prisões e os hospitais passam por mudanças e melhoras, mas ainda com muitos obstáculos a vencer.

O governo se projeta internacionalmente e, mesmo ainda com muitos escândalos chama a atenção por uma postura austera, disciplinada, inovadora, ousada e que busca a harmonia do conjunto. Mesmo assim, nem todas as relações internacionais são suaves e há bastante oposição declarada.

Retorno Solar

No último aniversário do país, 07/09/2011, o Ascendente é Escorpião e o Meio do Céu é Leão, que vale até 07/09/2012.
Mostra o ano de muitos conflitos, escândalos e mudanças, mas o governo com seus aliados políticos consegue manter sua estrutura.

O povo bastante dividido, uma parte satisfeita e outra nem tanto. Mal entendidos, fofocas e intrigas pedem uma melhora considerável nas comunicações e negociações, principalmente com o povo. A atitude de imposição não será bem aceita, e há necessidade de muita clareza.

Mesmo agitado, o Retorno Solar não indica mudanças. As transformações acontecem no interior, ainda invisíveis. Mas em geral a situação permance com pouca alteração visível para nós, da plebe.

No aniversário de 2012, em o Ascendente passa a ser Aquário e o Meio do Céu passa para Escorpião.

O governo mantém uma postura firme.

Os conflitos diminuem, mas não desaparecem.

O dinheiro flui um pouco melhor, mas ainda há a busca do equilíbrio, o que significa que ainda não será suficiente para harmonizar a distribuição de renda.

Falta investimentos para saúde e educação, e o povo fica muito insatisfeito por isso.

A dificuldade de emprego faz com que muita gente trabalhe por conta própria, e aqueles que podem, vão embora.

Os maiores problemas climáticos acontecem no Nordeste, Sudeste e Leste do país.

A assistência social continua em alta, mas apenas suaviza os problemas.

A agricultura, outro assunto que terá bastante atenção, continua sofrendo com os imprevistos climáticos e perdas, o que deve gerar alguma tensão.

Os impostos continuam altos.

A nível internacional, o país continua se projetando e aparecendo mais.

Não há mudanças grandes, mas uma tendência a administrar um pouco melhor as carências da nação, embora ainda estejamos muito longe de uma partilha justa das nossas imensas riquezas.


2012 numerológico para o Brasil

2012 é um Ano Universal 5.
Para o Brasil, um Ano 3.

Estão favorecidos: comunicação, estudos e transportes.
O público em evidência são os adolescentes, estudantes e professores.

Em destaque: as artes e a projeção social do governo.
Problemas: extravagância e gastos excessivos.

Os meses mais agitados e imprevisíveis são fevereiro e novembro.
Os mais parados são janeiro e outubro.

Novamente as finanças estão em destaque, o mínimo detalhe fará diferença entre ganhar ou perder muito.

A popularidade do governo aumenta e há mais comunicação com a população.

O início do ano será mais de planejamento e organização, e talvez reflexão sobre problemas passados.

O meio do ano é mais movimentado, com articulações, viagens e muita comunicação. Talvez algum investimento a mais em educação.

O final do ano é de inovação e implantação de novidades, o país exercerá um papel de liderança importante.

A virada do calendário

Na virada do calendário, à meia noite de 31/12 para 01/01/2012, o Sol está na casa 4 conjunto a Plutão, e a Lua em Áries na casa 7, crescendo e conjunta a Urano.

Mostra conflitos, competições, oposições, protestos e escândalos. Algumas intervenções muito benéficas propiciam "pausas", mas em geral é um ano cheio de obstáculos a vencer, que vai exigir bastante persitência, força de vontade e trabalho de todos.
Há conflitos com terras, propriedades, problemas com a agricultura e o ramo imobiliário durante o ano todo, mas também uma boa possibilidade de haver diálogo.

A distribuição da renda e das riquezas continua sendo uma das maiores tensões.
Os serviços públicos, principalmente a Saúde e a Educação devem melhorar um pouco.
As mulheres se mobilizam bastante e fazem muitos protestos e oposição ao governo e ao sistema.
Os esportes e as artes trazem algum benefício. O povo continua jogando muito na loteria.

No clima a tendência é de muita seca, grandes oscilações de frio e calor e possibilidade de tempestades, catástrofes, raios e ventos fortes (para nós, pois para a Natureza isso é uma limpeza e um reequilíbrio).

Os únicos bons aspectos envolvem o Meio do Céu e planetas sociais (Júpter e Saturno) e transpessoais (Netuno).
Interpreto isso como a necessidade de focar a energia mais no grupo do que no indivíduo. A saída para as dificuldades desse mapa está na fraternidade, cooperação, boa vontade. Aquela sensação de pertencer todos a uma única família, a consciência de que as mínimas ações repercutem em todos.
 
Sem a necessidade de se tornar um Buda em termos de desapego, a consciência de que a riqueza deve fluir, assim como o sangue deve circular, para que o conjunto esteja em harmonia.
A riqueza material e a outra também.

Afinal, aquelas palavras tão conhecidas "gentileza gera gentileza" farão a diferença.

Namastê.

Nenhum comentário: