...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Capricórnio, 2011

"MERGULHADO ESTOU NA LUZ ESPIRITUAL, PORÉM VOLTO AS COSTAS PARA ESSA LUZ."

inferior, ou em desenvolvimento: "e a palavra disse: que governe a ambição e a porta seja larga."

O Sol entrou em Capricórnio hoje, 22/12/2011, quinta-feira, às 3:30h do horário de verão.

Sol na casa 2 conj.3, Lua Minguante em Escorpião na casa 1, Ascendente Escorpião e Meio do Céu no finalzinho de Câncer.

Eixo da individualidade (família x vida profissional).

Décimo Trabalho de Hércules: Cérbero morre.
(Objetivo: abrir a passagem espiritual mas não permanecer aí; usar as novas capacidades para auxiliar a humanidade a evoluir também. Focar a consciência na alma, a matéria é para ser utilizada no objetivo maior, e não para se prender à ela. Desenvolvimento do "serviço", nível mais alto de "trabalho")

(mais em "O Mês de Capricórnio" e o "Décimo Trabalho de Hércules")

Novamente um período de poucas mudanças, pois os signos Fixos se destacam. A energia é mais de manter o que se conquistou e prosseguir com poucas novidades.

O período de Capricórnio mostra as pessoas um pouco complicadas, divididas entre resolver seus problemas materiais e conceder um pouco mais de tempo para sua vida íntima, afetiva ou interior.
O Sol puxa para uma melhor administração financeira e para a melhora na comunicação.

Há uma tendência a confundir segurança emocional com acúmulo financeiro ou grandes aquisições que proporcionem status.
A vontade de descarregar frustrações em compras já é grande nessa época, e mais ainda quando o astral estimula isso.
Mas essa ganância, ou carência mal resolvida encontra um difícil obstáculo: ter que pagar a conta depois.

O uso do dinheiro e dos recursos em geral está em evidência aqui em Capricórnio.
Desfrutar e ter prazer é necessário e faz parte da vida. Mas o prazer vira frustração quando não respeitamos o nosso limite, seja ele físico, emocional, financeiro, etc.
Júpter é a busca do prazer, e Saturno é o limite.

No céu, Júpter buscando por liberdade e expansão confronta com Saturno que busca equilíbrio e moderação. Os dois em signos regidos por Vênus recebem um "pitaco" dela que, em Aquário busca a harmonia do grupo, mais do que a satisfação pessoal.
Vênus e Netuno em Aquário chamam pelo Amor Universal: aquela energia que se alegra com a felicidade do outro, muito contrária à luta de poder, quando um busca subjugar o outro, ou em alguns casos até aniquilá-lo.

Traduzindo: há ainda o conflito entre fazer o que tiver vontade sem pensar no depois x pensar no amanhã e não fazer muita coisa. E Vênus desafiando os dois nos diz que uma forma de equilibrar isso é pensar no grupo antes de pensar em si (o que não exclui pensar em si). Porque se o grupo todo fizer isso, o grupo todo tem o retorno da energia.

A assistência benéfica de Plutão a esse conflito mostra a grande possibilidade de soluções eficientes e práticas, envolvendo principalmente partilhas, redistribuição de recursos e novas maneiras de exercer o poder.

A conjunção aplicativa do Sol a Plutão fala de grandes transformações estruturais, a partir do interior das pessoas ou das hierarquias (sejam elas quais forem as estruturas de poder: família, governo, partidos políticos, igrejas, qualquer estrutura com hierarquias de poder).

Plutão, desde que ingressou em Capricórnio vem mexendo nas estruturas de poder, na organização social e política do planeta, à sua maneira: lentamente, quase invisível, quase sem ser percebido, mostrando as coisas depois de remexidas (os escândalos políticos, religiosos e sociais se relacionam com a passagem de Plutão por Sagitário, mas a derrubada e transformação das estruturas está astrologicamente relacionada com Plutão por Capricórnio).

A passagem do Sol por esse ponto só reforça um pouco mais a situação.
Os aspectos formados mostram sucesso nas negociações que envolvam forças contrárias em confronto.

Por isso, a importância da paciência e da persistência nesse período. Capricórnio é o máximo da matéria, o ponto mais alto, o melhor que conseguimos fazer, colocar na prática. É o momento de sermos mais eficientes, mais concentrados, para alcançar o topo da montanha de Capricórnio (o triângulo espiritual: pureza, beleza e integridade), que só é alcançado quando estamos no nível mais alto do signo, que é o Unicórnio.

Se estamos no nível do Crocodilo ou da Cabra, ainda temos que vencer o apego à matéria, o egoísmo, orgulho, a vingaça, a ambição, o medo da solidão, e ainda manter tudo isso e ter a capacidade de se ajoelhar.

Seja como for, sempre teremos escolha.

E o pensamento semente de Capricórnio fala justamente da generosidade de uma alma evoluída que conseguiu a duras penas o máximo de realização material e principalmente espiritual, mas que, ao "voltar as costas a essa luz" não a retém somente para si, descendo a montanha para partilhar e ajudar a quem ainda não chegou lá.

Por que, pense bem, será que vale a pena conseguir tudo e ficar sozinho?
Ao compartilhar e ajudar estamos possibilitando que outros cresçam e subam a montanha conosco.
Isso me parece bem mais divertido.

Namastê.

Nenhum comentário: