...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

domingo, 16 de dezembro de 2012

2013 no tarô: O Enamorado

Milênio da Sacerdotisa (2)
Século do Louco (0)
Década do Mago (1) e da Morte (13)
Sequência da Imperatriz (3)

Soma 6 : 
Ano do Enamorado

Ano de tomar decisões importantes, deixar o passado para trás, despedir-se daquilo que já tinha terminado mas estávamos apegados.

Um ano para trabalhar muito, lidar com detalhes, situações diversificadas, mas acima de tudo para manter a concentração.

Com tantas situações exigindo atenção, é importante selecionar as prioridades e manter a atenção nas metas.

2013 é um ano de amadurecimento, quando a pouca ou muita experiência de vida fará enorme diferença.
Mas mesmo com decisões e escolhas equivocadas, estaremos aprendendo com elas, ou seja: amadurecendo.

A carta do Enamorado é uma busca do equilíbrio (aquilo que está em cima é como aquilo que está em baixo) e a necessidade de tomar uma decisão.
Se refere ao casamento e parcerias, à união dos opostos complementares.
Para haver uma união harmoniosa é necessário usar de discriminação, no sentido de separar o verdadeiro do falso, e selecionar as diferenças antes de unir. Por isso o Arcano se refere também às separações.
No reino animal essa discriminação é feita pelo olfato, usado para acasalamento, autoproteção e preservação.

Duas figuras aparentemente opostas representam yin e yan, feminino e masculino, consciente e subconsciente, e o anjo representa a mente superconsciente.

No nível físico é a necessidade de separar para unir, ou seja: tomar uma decisão, escolher um caminho e abrir mão de outro.
Um nível acima é a necessidade de unir yin e yang dentro de nós.

As duas coisas não são fáceis.
Aparentemente simples, mas são múltiplos os fatores que influenciam nessa decisão, desde sensações, opinião dos outros, medo de não agradar, optar pelo lado mais fácil e confortável, condicionamentos passados, familiares ou culturais, enfim.. a melhor decisão que podemos tomar é sempre aquela que vem de dentro, do nosso coração, quando "seguimos nosso olfato", e não nos deixamos levar por fatores externos ou por paixões.

É a mensagem da carta do Enamorado, que geralmente sai em uma jogada quando a pessoa está indecisa e necessita tomar uma decisão importante.

Como vibração do Ano, o Enamorado simboliza os casamentos e separações, mudanças e reformas na casa, mais responsabilidades domésticas e/ou comunitárias, enfim, sua ação é centralizada no ambiente próximo da pessoa, principalmente o lar.

O astral é ansioso, inseguro, e com necessidade de agradar a todos, e nesse sentido, exprime provações: todos querem ser agradados, mas nem todos concordam.

O Enamorado também se refere à adolescência e às idealizações, com suas difíceis escolhas.
Na adolescência existe muita paixão e pouca experiência, e nas idealizações buscamos coisas não realizáveis na prática. Por isso, são escolhas difíceis, e por isso aprendemos com nossos erros.

2013 no tarô é portanto um ano de amadurecimento, quando nos confrontamos com as consequências de nossas escolhas.

Existe a vontade de se libertar e tornar-se independente, mas como tudo tem consequências, a liberdade também exige responsabilidade.

Além disso, é um momento de muita liberdade, pois o momento mais livre é o antes da decisão.

Nessa carta, estamos em contato com inúmeras possibilidades, e todas elas parecem muito atraentes e sedutoras.
Quanto mais difícil for de tomar uma decisão, mais significa que a pessoa não se conhece, e nisso o Arcano O Enamorado incita ao autoconhecimento, tomada de consciência e aprender a avaliar situações.

Há uma forte ênfase nos relacionamentos, e nesse setor estaremos encontrando e enfrentando nossas próprias contradições internas.

O maior perigo desse Arcano é o de se deixar levar pelo ambiente, pelos outros, pelas aparências, pelo medo da rejeição. Quando nos baseamos nisso tomamos as piores decisões e temos pouco ou nenhum conhecimento de nós mesmos.
É melhor tomar uma escolha errada e depois assumir as consequências para mudar outra vez do que deixar que outros decidam por nós.
Quando escolhemos um caminho que se revela não tão bom quanto parecia, aprendemos a discriminar melhor, aprendemos sobre nós mesmos. É claro que sofreremos as consequências disso em forma de alguma situação desagradável, mas estaremos aprendendo a tomar melhores decisões no futuro, pois esse tipo de lição é interiorizada e não repetimos mais o mesmo erro.

Portanto, 2013 traz a mensagem de amadurecimento, responsabilidade, liberdade, necessidade de se unir e também de se conhecer profundamente.

A final 13, referente ao Arcano da Morte, se refere às grandes mudanças internas e externas. As coisas não serão mais como antes. Mas essas transformações não vem de fora e sim de dentro de nós.
Porque o Ceifador somos nós mesmos, cortando o que não presta mais, o que está morto e faz parte do passado.
Diferente do Arcano da Torre, quando as mudanças nos são impostas, no Arcano da Morte, nós decidimos as mudanças e transformamos nossas vidas.
Como quando cultivamos um jardim, tiramos inços e pragas para dar lugar ao que plantamos, é a carta da Morte.
Ela se refere ao estado de sofrimento e dor principalmente se estamos apegados. Quanto maior o apego, maior a dor. Mas só vai embora aquilo que já estava pronto para ir.
No momento que deixamos a terra limpa, tudo o que plantarmos dará muitos frutos, por isso a Morte anuncia um sofrimento que passará para dar lugar à prosperidade e abundância.

O Arcano da Morte pressagia o final de um ciclo, geralmente acompanhado pelo medo do desconhecido. Abre uma porta e fecha outra.

Como quando casamos, morremos para o estado de vida anterior.

Portanto, anuncia mudanças marcantes, verdadeiras transformações.
Não há meio termo nesse Arcano. A vida passa por constantes mudanças; quando tudo parece calmo, novas circunstâncias se apresentam e exigem mudança de direção novamente.
Tudo isso é acompanhado de muito trabalho físico e psíquico.
E a mensagem desse Arcano é de que tudo por aqui é transitório.
Além disso o Arcano da Morte nivela todos os seres, acontece para todos, independente de situação financeira, raça, educação, moral, religião, dons psíquicos, vida fácil ou difícil.

A combinação dos Arcanos O Enamorado e A Morte também fortalece os dons psíquicos, já que O Enamorado é um tipo de mediunidade e A Morte o acesso a outra dimensão.

O Arcano do Mago reforça a necessidade de se manter concentrado para que seja possível aprender durante a experiência e tomar a melhor decisão possível.

O milênio pertence à Sacerdotisa e o século ao Louco, que representam a nossa inexperiência no mundo feminino, abstrato e psíquico.
Após tanto tempo vivendo a energia masculina como predominante, muitos ainda nem sabem ao certo o que é a energia feminina.
Por isso a importância de estar em contato consigo mesmo, com seus sentimentos bons e ruins, e com a natureza.

Atualmente, a maioria de nós está desconectada, vivendo um ritmo artificial que não corresponde ao ritmo do planeta.
Sem contato com a terra e a água, isolados em cidades de concreto com luz artificial à noite, água da torneira e comida no supermercado, desconhecemos a sensação de buscar essas coisas, o dia e a noite parecem a mesma coisa pois tudo continua funcionando e trabalhando.
O progresso é uma conquista humana que deveria tornar nossa vida mais fácil.
Vivemos em comunidades para nos proteger de predadores e tornar nossa vida mais cômoda.
Mas essa finalidade se perde no momento que há o acúmulo, a ganância e a ambição desmedida, pois isso nos desconecta primeiro de nossa Mãe, Terra, e depois de nós mesmos. Por isso esses últimos anos tem sido conhecidos como os anos da doença psíquica e das drogas, é o auge do processo.

O milênio da Sacerdotisa nos fará diminuir o ritmo e aproveitar melhor essas conquistas, valorizar mais os sentimentos, a família, as pessoas, a vida no planeta.
Mas isso é um processo longo, e em 2013 os Arcanos combinados prometem uma espécie de limpeza, com despedidas do passado e porta aberta para o futuro, daí a necessidade de autoconhecimento para tomar decisões da melhor forma que nos for possível.


2013 é o 33@ ano do ciclo solar iniciado em 1981, cujos Arcanos Cabalísticos são:

33 - corresponde ao 7 de Paus: favorece o movimento, comércio, trocas, discussões. Temos todos os recursos para triunfar, muita energia está à disposição. Atrai inveja e conflitos, e aconselha a manter-se fiel a seus princípios internos seja qual for a situação e não perder a fé.
Situações especiais abrirão os olhos, permitindo mais introspecção e quem sabe uma chave interna para uma nova direção de vida.
Sete bastões já estão plantados: seis sentidos (incuindo a intuição) já estão bem desenvolvidos e o sétimo (telepatia e habilidade para viajar no astral) está sendo desenvolvido.
Aqui trabalhamos arduamente em um ambiente estéril (a terra é inóspita) e nos vestimos e apresentamos de maneira simples, sem apegos, visando unicamente o desenvolvimento de nossos objetivos.
A energia focada e a força energética que atraimos desperta inveja de quem não consegue isso, mas a figura em posição de vantagem promete vitória.
A oposição e a inveja demonstrada pelos bastões abaixo, vem de seres que ainda não conseguiram chegar a esse nível e estão, portanto, buscando energia na pessoa que está acima. São conflitos que passam porque uma vez desenvolvidas, essas pessoas buscarão energia por conta própria.

13 - corresponde à carta da Morte, que significa transformação, a dor da despedida daquilo que estávamos apegados, a realidade sem ilusões, o trabalho duro e constante, a limpeza, a busca por estabilidade, a consciência de que tudo é transitório e o acesso a outra dimensão, uma promessa de prosperidade. É uma libertação.

46 - corresponde ao 6 de Copas, que significa a volta do passado.
Positivamente, são velhos amigos que reencontramos, esforços passados que colhemos bons frutos.
Simboliza alegria e felicidade, quando o ambiente antigo recebe novas energias, e acúmulo de energia pessoal.
Atitude entusiasmada e um pouco dramática, expressão dos sentimentos e emoções.
A infância e as crianças estão na pauta do dia, e principalmente o amor puro e a humildade.
Negativamente, o fruto de escolhas erradas é mais sentido nos sentimentos e nos relacionamentos.

Enfim, 2013 no tarô é voltado para os relacionamentos e os valores internos, mas não ao ponto de negligenciar o trabalho, que será fundamental para o progresso.
O que acontece aqui é a possível mudança interna que se materializa em grandes transformações externas.

Namastê.

Nenhum comentário: