...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

domingo, 27 de abril de 2014

eclipse anular do Sol, 29/abril, 2014

"A batalha ainda está por vir, ou já fora lutada e perdida?
(Crônicas de Gelo e Fogo, livro 5, A Dança dos Dragões, O Príncipe de Winterfield, George R.R.Martim)

A LUA NOVA de 29/042014, terça-feira, 3:14:21h, formará um eclipse anular do SOL.
Sol e Lua a 8°51'47" Touro, na casa 2, próximos da 3ª, os dois no Nodo Sul.
Ascendente 20°53' Peixes e Meio do Céu a 20°22' Sagitário. (em Porto Alegre)

Em Brasília, será praticamente no mesmo horário, mas com o Sol e a Lua no centro da casa 2, o Ascendente a 23° Peixes e o Meio do Céu a 23° Sagitário.

Será visível apenas na Antártida, na Austrália e algumas ilhas do Oceano Índico ao Sul.
Provavelmente deverá ser transmitido ao vivo também.
A Lua cobrirá o Sol deixando ao redor um anel brilhante, um belo espetáculo.

Os efeitos desse eclipse são de aproximadamente 6 meses.
(Lembre que ainda estamos sob a influência do eclipse da Lua, ocorrido em 15/04/2014)



RESUMO: essa Lua Nova com eclipse pressagia um momento tenso, mas com muita energia disponível para trabalhar, progredir e prosperar.
Há uma tendência ao apego excessivo a bens materiais e pessoas.
As pessoas ficam com humor irritado, sem paciência e com muita pressa; tenha cuidado com isso, por causa da possibilidade de acidentes.
A maioria dos escândalos dos noticiários deve vir falando a respeito de grandes quantias de dinheiro envolvidos (isso não é novidade, né).
Espiritualidade também está super ativada, com possibilidade de viver na vida prática as experiências religiosas pessoais de cada um.
Necessidade de mudar e quebrar padrões, mas hesitação entre se refugiar no passado ou se aventurar no futuro.
Os acidentes podem ser os de trânsito e ainda os de explosões e incêndios.
Cuidado para não tomar decisões impulsivas. Mas favorece o que já estava sendo planejado há mais tempo.
Apesar das tensões, o eclipse desacelera as mudanças, trazendo um momento de parada para refletir, negociar, fazer ajustes.
Cuidado com stress e fraqueza. A sensação de estar sendo "sugado" pode acontecer por causa do stress ou da sobrecarga de trabalho. Busque qualidade de vida.


Os eclipses, tanto do Sol como os da Lua acontecem quando o Sol e a Lua estão alinhados por conjunção (Luas Novas, eclipses do Sol) ou oposição (Luas Cheias, eclipses da Lua) e com órbitas próximas aos Nodos Norte/Sul - quanto mais próximos do grau dos Nodos mais exato e forte é o eclipse.

No eclipse do Sol, a Lua lhe faz sombra e oculta ("eclipsa").

A Terra estará a 8° Escorpião, na casa 8, próxima ao Nodo Norte.

Em Astrologia, o Sol representa o futuro, a Lua o passado, e a Terra o presente.

O Nodo Norte é geralmente mais importante do que o Nodo Sul, pois indica o caminho a seguir, o aprendizado, a entrada de novas energias e uma possível solução,
ao passo que o Nodo Sul representa o passado, a acomodação, o que já é conhecido e mais fácil, e a saída de energias.

Para nós, aqui em Porto Alegre e arredores (em todo o Brasil), esse eclipse não será visível, portanto seus efeitos serão menores, ou sentiremos apenas algumas consequências dos acontecimentos que vem de onde ele é visível (em astrologia mundial).

Os efeitos são importantes para as pessoas com Sol, Lua, Ascendente ou outra parte pessoal sensível do mapa pessoal que estejam tocando os signos de Touro (conjunção), Leão (quadratura), Escorpião (oposição) e Aquário (quadratura) nos graus 8 (dos 3 aos 13 graus).

Quando a Lua oculta o Sol, ela fica impregnada de energia pura, e traz à superfície o passado, a sensibilidade, as emoções, o coletivo, a energia feminina, tornando aparentemente menos importantes o futuro, a independência e a energia masculina.

Em Touro, temos a Lua em exaltação, aumentando sua força.
Aqui a Lua busca, em primeiro lugar, segurança.

Touro e Escorpião, do eixo da Posse (o Meu e o Nosso).
A Lua Nova/eclipse em Touro e a Terra em Escorpião.

O peso maior irá para o "Meu", mas o caminho para sair do problema é o "Nosso".
Nem precisa explicar muito, os noticiários falam muito disso.

O desejo de acumular posses, ganhar e gastar dinheiro, o desejo de ter, está muito presente, há tendência de grandes investimentos, aquisições e endividamento.
Escândalos financeiros (mais?), falência de grandes empresas, inadimplência, lucros bancários astronômicos, o jogo financeiro está agitadíssimo.

O conflito entre acumular e compartilhar está muito presente.

Os absurdos das desigualdade social estão na primeira página.
Marte em Libra clamando por justiça.
Também é a necessidade de manter o equilíbrio, buscar harmonizar a vida: nem tanto ao mar, nem tanto à terra.

O equilíbrio entre acumular e compartilhar está em obter o que nos é necessário e auxiliar a quem precisa.
Não sentar em cima do dinheiro, mas também não atira-lo pela janela, mas perguntar antes de comprar se isso que estamos adquirindo é realmente importante, necessário, útil, etc

Essa Lua Nova/eclipse leva as pessoas a se refugiarem na sua zona de conforto e fechar portas e janelas para qualquer mudança importante.

Aumenta o medo do futuro e a tendência de acumular bens materiais, para estar forte e prevenido contra qualquer catástrofe ou imprevisto.

Ficamos tremendamente emocionais, com tendência a explodir se nos sentirmos ameaçados ou inseguros quanto à segurança material (principalmente), e também emocional (tendência à possessividade e ao ciúme).

Mas a segurança dessa Lua em Touro não para por aí: é uma Lua muito sensual e apegada à família.
Portanto o amor, a sensualidade, os vínculos afetivos e as raízes familiares virão para a frente.

A tendência é de as pessoas se fecharem um pouco e fixarem sua atenção na vida prática e material, aumentar a ambição, e indo fundo nos relacionamentos pessoais.

Vênus em Peixes é o planeta mais forte do mapa.
Benéfica e protetora, Vênus estará sensualizando e sensibilizando esse período.
Contribui com sua sensibilidade artística e suavidade, deixando as pessoas com aquela vontade de buscar a beleza, enfeitar a vida, colorir, sonhar, apaziguar.

Júpter e Netuno também fortes e regentes do mapa, contribuem para tornar esse momento mais sensível, e com tendência a transcender as condições duras e difíceis que tem se apresentado e ainda estão aí, ativadas pela Grande Cruz.

A espiritualidade e a grande atividade sub e inconsciente nos levam a buscar valores, significados e percepções além das aparências.

A Grande Cruz Cardinal está forte, com aspectos quase exatos, envolvendo Marte em Libra retrógrado a 11 graus, Plutão em Capricórnio retrógrado a 13 graus, Urano em Áries a 13 graus e Júpter em Câncer a 14 graus nas casas 7, 10, 1 e 4 respectivamente.

O planeta Terra continua em convulsão, exigindo mudanças radicais, mas hesitando se vai para o futuro (Urano) ou para o passado (Júpter e Plutão).

A sensação é a de "panela de pressão" que está para explodir a qualquer momento.
O desafio de Urano a Plutão está no seu clímax, mostrando situações-limite onde não é possível ficar parado, exigindo atitudes firmes e mudanças.

Porém essas atitudes e mudanças, se forem movidas por impulso, podem ser catastróficas.
A grande energia deve ser direcionada de maneira tranquila, para ser bem aproveitada e trazer mudanças que nos beneficiem, que nos libertem de situações difíceis, que nos permitam melhorar a vida.

Essa Grande Cruz Cardinal traz uma crise, é verdade.
É a crise do passado não solucionado, das promessas não cumpridas, dos desvios financeiros, da desigualdade exagerada na distribuição da riqueza (Plutão em Capricórnio sendo desafiado por Urano em Áries).

Plutão em Capricórnio está expondo sem piedade muita sujeira vinda de governos, autoridades, pessoas que detém o poder, a podridão das altas esferas da sociedade (Capricórnio é o alto da montanha), e a crueldade do sistema (Capricórnio representa a organização da sociedade).

Na sua metade "feminina" de Capricórnio, Plutão ainda está passivo, agindo por dentro.
Quando passar dos 15 graus, para a metade "masculina" do signo, é que provavelmente as grandes mudanças (que já estão acontecendo) estarão mais percebíveis aos olhos de todos.

Urano lhe desafia, a partir de Áries, a mudar o futuro, abrir portas, trilhar novos caminhos, mais livres e independentes, desapegar-se e se livrar daquilo que não faz bem, e que não tem sido questionado há muito tempo, plantar novas sementes, ser seu próprio guia e tomar as rédeas de sua vida em suas próprias mãos.

O resultado desse desafio não está escrito nas estrelas, pois apesar de sentirmos a influência de maneira muito forte desses estímulos, temos o conhecido "livre arbítrio" para decidir qual caminho seguiremos.

Nessa Lua Nova/eclipse solar entram nesse desafio (formando a Grande Cruz) os planetas Júpter (em Câncer) e Marte (em Libra, retrógrado).

Júpter nos leva para o passado, o que é seguro, para junto da família e das pessoas com quem tenhamos muita afinidade mental, espiritual ou emocional, situações que nos sintamos confortáveis e à vontade.
Podemos parar aí.

Mas podemos partir para grandes investigações, a nível mundial e a nível pessoal também, a respeito de "causas", origens, raízes.
Isso inclui investigações policiais (Marte em Libra rx) e processos judiciais (Júpter em Câncer), a nível mundial, de uma maneira incansável até chegar-se ao que realmente causou o problema que estamos tentando solucionar.

No nível pessoal, podemos partir para a jornada interior em busca de nossas raízes ancestrais, de nossa centelha divina, de nossos antepassados, árvore genealógica, ou ainda amigos antigos, parentes distantes, retorno à nossa família original, partidas dessa mesma família à procura de nossa família por afinidade, dissolver nós já esquecidos de um tempo distante.

Portanto, balançamos entre o futuro e o passado.

Marte retrógrado em Libra contribui para uma parada estratégica.

Em Libra, Marte nos pede para refletir, e o exagero de Libra é refletir demais e não conseguir ultrapassar a dúvida, ficar em cima do muro sem saber para que lado ir.

Marte, a força individual que nos faz avançar (o antigo deus da Guerra) está fraco individualmente, sua força atual é a força do coletivo.
Então, voltamos à Lua de Touro: nos sentimos inseguros, precisamos de companhia, atuar em grupos.

Retrógrado, Marte se dirige ao passado, àquilo que está pendente, e isso quer dizer, em Libra, muita conversa, negociação incansável, discussões a respeito de leis, daquilo que é correto, perfeccionismo, tendência a ser mais abstrato do que prático, decisões importantes em relacionamentos (casa ou separa).

Essa Grande Cruz traz o questionamento e a crítica ao governo, às leis, à maneira de exercer a autoridade.

É um período de muitos conflitos, com soluções diferentes.

Enquanto as estruturas da civilização humana estão profundamente abaladas, Vênus e Netuno tocam a música em outro ritmo.
Em Peixes, com muita gente despertando espiritualmente, a tendência é de surgirem movimentos pacíficos mas com forte potencial de mudança.

O período favorece a produção, a prosperidade e a espiritualidade, apesar dos tantos conflitos e obstáculos.

Sol e Lua conjuntos a Mercúrio pressagiam muita atividade mental, o momento também favorece os estudos, as melhoras e mudanças na rotina, os cuidados com a saúde, a organização da vida e as comunicações.

A Lua ocultando o Sol no Nodo Sul sugere a sensação de ser "sugado", com baixa vitalidade, fraqueza ou cansaço, ou ainda sobrecarga de trabalho ou atividades.

Como as atividades práticas e materiais estão muito estimuladas, teremos a impressão de que está tudo muito claro em nossa mente (porque a atividade mental também deve ser intensa).
Mas não está tão claro assim, uma vez que o Sol ocultado deixa faltando alguma coisa, a energia masculina.

Não é bom para tomar decisões muito importantes ou radicais nesse momento em que estamos tão emocionais e sensíveis, pesando mais o passado do que o futuro.
Mas para aquilo que já estava sendo planejado, desejado e trabalhado há mais tempo, é muito favorável ir à luta e colocar em prática.

As grandes mudanças estão acontecendo mas não devem se manifestar agora.
A Grande Cruz Cardinal estimula essas mudanças ao ponto de não ser possível de evitar.
Mas o eclipse em Touro atrasa essas mudanças, desacelera as novidades, traz o medo e o ceticismo em relação ao que é diferente.

Os aspectos harmônicos de Júpter e Netuno (regentes do mapa) ao eclipse e a presença de Vênus no Ascendente trazem o componente "sorte" ou uma espécie de "proteção", com tendência a suavizar e encontrar saídas felizes, embora não estejamos livres dos exageros de Júpter e das ilusões de Netuno, coisas que devemos ter cuidado.

As tensões da Cruz Cardinal sugerem excesso de velocidade, acidentes, imprudência, agressividade, stress, explosões, incêndios.
A Lua Nova/eclipse está participando dessas tensões através de aspectos harmoniosos formados com Júpter e Plutão, e isso possibilita que as tensões não cheguem ao seu máximo, encontrando um pouco de serenidade e tranquilidade para lidar com isso e favorecendo os acordos.

As mudanças de humor e as emoções se sobrepõe às obrigações, por isso é bom manter o astral positivo.

astrometeorologia: úmido e frio, com alguns dias secos e claros. Neblina, chuva, tempestades, vento, possibilidade de raios e trovões.

Namastê.

Nenhum comentário: