...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

2011 astrológico: ano de Escorpião, Plutão e Marte


Em astrologia, o ano inicia em 20-03-2010, domingo, 20:20h em Porto Alegre, RS, quando o Sol ingressa no signo de Áries.

Diferente da regência cabalística, o Ano Astrológico é analisado conforme o mapa formado no ingresso do Sol em Áries.
 
O Ascendente é Escorpião, Meio do Céu em Câncer, Sol na casa 6 com um stellium aí formado por Mercúrio, Júpter, Urano, e Marte por conjunção.

Regentes do ano: Plutão e Marte, principalmente Plutão.

Um ano bastante voltado ao trabalho (Sol na 6 e seu stellium), com necessidade de muitos ajustes, esforço e disciplina.

Precisamos combater a tendência ao pessimismo e melancolia (Saturno em conj. com a Lua na casa 12).

Parece ser um ano difícil.
Vai precisar de muita persistência.
A ambição e a vontade de gastar é grande, mas não há tanto dinheiro..

Os trabalhadores e os hospitais devem ser assuntos constantes.

Apesar de as mulheres, crianças e a família estarem em evidência, o feminino estará reprimido, triste e com muitos problemas.

Os cursos técnicos, práticos e de formação média estarão mais favorecidos do que o ensino básico e as universidades.

Durante o ano, os planetas lentos farão os seguintes movimentos:

Júpter: inicia o ano em Peixes, ainda em conjunção com Urano, passa por Áries e Touro, e termina o ano em Áries.

Indica a vontade de iniciar, acontecer, aumenta a pressa, o bom humor, a vontade de viajar. Favorece as crianças e os jovens. Em sua passagem por Touro, traz prosperidade e crescimento econômico, mas muita impulsividade nos gastos.

Saturno: passa o ano todo em Libra.

Mostra a maior necessidade e a maior dificuldade: o equilíbrio, o entendimento, a justiça e os acordos.
Saturno, o Mestre, aponta as nossas fraquezas e, uma vez vencidas, suas conquistas são duradouras.
Traduzindo, estamos desequilibrados, sem justiça e sem entendimento. Uma vez alcançando essas coisas, nossas conquistas serão duradouras.
É preciso manter a paz, dialogar, não impor sua vontade, evitar autoritarismos, respeitar hierarquias, viver os relacionamentos íntimos com honestidade e ser leal.
Saturno pede que as coisas sejam feitas às claras e assumidas as responsabilidades de cada parte, sempre em busca de benefícios justamente distribuídos.

Urano: em Peixes, ainda em conjunção com Júpter, entra em Áries em abril, onde ficará por aproximadamente 7 anos.

Após alguns anos agitando o inconsciente coletivo e abrindo a percepção sensorial, em Áries Urano estará clareando a mente e buscando novidades.
A paciência é pouca para enfrentar os obstáculos, pois está cheio de idéias e quer tudo rápido.
Favorece as ciências e descobertas, e pede prudência e calma.

Netuno: em Aquário há alguns anos, entra em Peixes, seu próprio signo de domicílio, em abril, e por aí vai ficar até 2025.

Após alguns anos agitando a ciência e quebrando tabus científicos tidos como leis consolidadas (a Física Quântica é um bom exemplo), Netuno em sua própria casa é quase imprevisível: aumenta a imaginação, traz a tendência ao sonho, devaneiro, romantismo, a busca da pessoa perfeita, os altos ideais, o espírito de sacrifício, a espiritualidade, ajuda aos necessitados, a caridade, a energia do coração.
Mas também tem a hipocrisia, a ilusão, delírio, loucura, depressão, vícios do tipo álcool e drogas, busca de sensações que aliviem a tensão do dia a dia, mas que levam a um caminho difícil de voltar atrás.

Netuno pede que permaneçamos abertos para os assuntos desconhecidos, não percamos o senso de realidade e, principalmente, que ouçamos muito o nosso coração.

Plutão: recentemente entrou em Plutão, onde ficará por mais de 10 anos.

Após remexer com a política por alguns anos, Plutão estará exercendo sua influência sobre os governantes e autoridades em geral. Devem vir à tona os assuntos antigos, tanto as mentiras como as verdades.

Plutão em Capricórnio mexe com as entranhas da terra, trazendo os terremotos e a descoberta de tesouros inesperados.

Individualmente, a tendência é remexer com nosso passado, buscar origens, raízes, questionar tabus, hierarquias, aumentar a ambição e a capacidade de trabalho.
Remexendo nossas bases, Plutão busca a segurança da casa própria, de um pedaço de terra, de pessoas unidas por laços sanguíneos.
Plutão em Capricórnio purifica, faz uma faxina geral nas figuras de autoridade, e procura por um líder puro e honesto. Eu não falei santo, falei honesto.


Períodos fortes do ano:

- Em 25/02 Júpter estará em quadratura com Plutão. Em fevereiro e março, tendência a muito atrito, luta de poder, desafio às autoridades e hierarquias. Tendência a dominação, imposição da vontade pessoal, desrespeito.
E ainda, possibilidade de mais escândalos políticos e governamentais a nível mundial.
No clima, essa quadratura mexe com a terra e o fogo: vulcões, desmoronamento, tempestades com raios e ventos fortes.

- Em 28/03 Júpter faz oposição a Saturno. Em março e abril, o desafio entre gastar e poupar, crescer e voltar atrás.
Desrespeito a leis, abusos de autoridade, muitos problemas financeiros (gastos além da conta) e possibilidade de conflitos religiosos também.

- Entre junho e setembro Urano quadra Plutão e os desafios mundiais serão enormes: a política e a religião passarão por muitos escândalos, disputas, altos e baixos.
A individualidade desafia a coletividade, e há uma tendência a sistemas autoritários e tirânicos de governo se acirrarem, bem como a luta por derruba-los.
Os sistemas de pensamento radicais e concentradores de poder lutarão muito entre si. É possível que inicie uma reforma profunda na maneira de governar os países em geral.

Marte: não é um planeta lento, mas é um detonador de acontecimentos. Inicia o ano em Capricórnio. Em 16/01 entra em Aquário, em 24/02 em Peixes, em 03/04 em Áries, em 12/05 em Touro (exílio), em 22/06 em Gêmeos, em 04/08 em Câncer (onde está em queda), em 20/09 em Leão (exaltação) em 12/11 em Virgem, onde fica até o final do ano.
Marte não faz movimento retrógrado em 2011, indicando que o ano será agitado, apressado e com muitas novidades.


Astrometeorologia: Tempo úmido, com muitas oscilações de temperatura com tendência ao frio, e tempestades com raios. Possibilidade de alagamentos e desabamentos. A terra se mexe por baixo de maneira surpreendente e perigosa.

Parece que o final do ano será mais tranquilo e próspero do que o inicio. 
2010 foi um ano de muitas tensões. Algumas delas terminam, mas outras só deram uma pausa no final do ano para retornarem em 2011.
São tensões formadas pelos planetas lentos. E são lentos porque, como o nome diz, andam lentamente. Consequentemente, ficam por longos períodos exercendo a influência do aspecto que formam.
No caso de aspectos difíceis, como está acontecendo, é um período de aprendizado que exige muita luta e esforço, mas também capacidade de se adaptar a novos desafios.
Mas esses aspectos não são totalmente negativos, como nada o é.

Trazem consigo a possibilidade de muita concretização na matéria. Aumentam a carga de trabalho e tensão, mas para aqueles que não desistem trazem também realizações financeiras e conquistas materiais importantes.

Grandes sucessos são possíveis durante esses desafios, pois é justamente nesses momentos que somos obrigados a utilizar de todas as nossas forças.
É comum que no auge de uma crise a gente descubra potenciais que desconhecia. Que saiamos mais fortes e amadurecidos. Que mudemos nossos valores, e passemos a dar mais importância ao que é realmente essencial. E que quando vem o tempo de fartura estejamos mais sábios para desfrutar e compartilhar de suas alegrias.

Afinal não é sempre que entram em atrito Júpter (o grande Benéfico, mas exagerado em tudo), Saturno (o Mestre, o aprendizado pela experiência e o carma), Urano (o Gênio, reformador e impulsivo que quebra o carma) e Plutão (deus dos Infernos, do subterrâneo e do que é oculto). E para apimentar um pouquinho, Netuno (deus do Mar, da espiritualidade e da ilusão) entra em Peixes, sua própria casa, e só Deus sabe o que vai fazer..

Por mais que façamos previsões e estudemos o céu, todos nós temos o velho livre arbítrio.
Poderemos viver essas energias como crises quase intransponíveis, ou como desafios para melhorar em todos os sentidos.
Como sempre, quem escolhe é você.

Namastê.

Nenhum comentário: